quinta-feira, 18 de abril de 2019

Resenha O Guia do Viajante do Caminho de Santiago - Uma Vida em 30 Dias de Daniel Agrela.


Título: O Guia do Viajante do Caminho de Santiago - Uma Vida em 30 Dias.
Autor: Daniel Alegra.
Editora: Generale.
Número de páginas: 168.
Ano de lançamento: 2013.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Fazer o Caminho de Santiago é realizar um projeto de vida. Ao longo de mais de doze séculos, inúmeros viajantes de diversos países e culturas deixam suas casas a fim de percorrer a pé um trajeto de oitocentos quilômetros pelo norte da Espanha. Mas qual a motivação por trás de todo esse esforço? Muitas! Mas o que a maioria dos viajantes procura mesmo é o autoconhecimento, a fim de se tornar pessoas melhores. Eles querem liberar-se de pesos, sofrimentos, angústias e estresses, assim como buscam refletir muito, para, a partir disso, enxergar a vida de uma maneira diferente. Isso faz o Caminho de Santiago ser um divisor de águas na vida do viajante. Neste guia, você encontrará muitas dicas, mapas topográficos de todas as etapas, orientações sobre em que época ir, o que levar, onde comer, assim como encontrará histórias do caminho e tudo o que é preciso saber para tornar seu sonho de fazer a rota de Compostela uma realidade.
Opinião: 

O livro traz uma visão completa e muito sensitiva do que é passar pelo Caminho de Santiago. O autor detalha de forma bastante fascinante e sincera de como é tomar a decisão de fazer essa jornada tão desafiadora. O Caminho de Santiago atualmente é considerado a maior rota de peregrinação do mundo, praticada por pessoas de todas as idades, religiões ou aventureiros em busca de diversos objetivos. E existem várias rotas possíveis, sendo a mais comum delas a do Caminho Francês, que são em média 800 quilômetros de jornada. São vários os motivos que levam as pessoas a trilharem o Caminho de Santiago de Compostela, seja sair da pressão do cotidiano, um momento sabático, uma aventura nova, a experiência ideal para esquecer uma grande dor ou até um impulso impensado a maioria dos motivos levam geralmente para o mesmo objetivo: uma jornada para o autoconhecimento. Com essa premissa, o guia traz detalhadamente tudo e muito mais do que você poderia precisar de ajuda e de dicas para trilhar nessa experiência.

Com a ajuda de mapas, questões sobre o que te levaria a fazer o caminho e até como lidar nos momentos em que você pensa em desistir de completar essa jornada é abordado de forma bastante envolvente neste guia. A sensação que dá é que o autor é aquele seu melhor amigo extremamente detalhista que deseja que você tenha a melhor experiência possível ao fazer algo que ele já fez. Dá uma sensação de conforto e até começa a te desafiar a ter uma história parecida. 

Dividido em três partes o livro aborda a Orientação - que tem como objetivo apresentar o Caminho de Santiago, abordando histórias do percurso, personagens que chamaram a atenção, o significado da peregrinação, quais as possíveis rotas que podem ser utilizadas, quando fazer o percurso e os custos estimados; a Preparação - onde o autor aborda tudo o que você necessitará planejar e ter para fazer o Caminho, de condicionamento físico, educação alimentar e até o que levar na bagagem; e por fim, a terceira parte traz o Direcionamento - em que o autor traz a parte prática do livro, apresentando um descritivo de todas as etapas para a realização do Caminho, as informações e características de cada local que o peregrino irá passar durante o percurso. 

Particularmente fiquei extremamente fascinada pelo Guia. É encantador, sem dúvidas. Me deu uma vontade desesperadora de fazer a peregrinação, até dá um friozinho na barriga quando você lê! O autor não traz de forma sistemática como um manual de instruções, ele faz com que você sinta como a experiência é tão emocional, espiritual e sensível quanto física e aventureira. Se você está interessado em ter uma experiência incrível, bem excêntrica, original e ter toda a ajuda possível para tal, esse guia com certeza é para você! Juro que nunca havia pensado muito em fazer esse tipo de jornada. Apesar de ver em filmes e seriados algumas histórias semelhantes, nenhuma delas me envolveu tanto quanto o que é relatado e ensinado nesse guia. 

De início o autor relata um pouco do que ele viveu, as pessoas que ele conheceu e até as dificuldades que passou. Nada de fantasia de que tudo vai ser incrível e você só irá ter memórias de contos de fadas quando estiver trilhando esse caminho. O autor traz de forma crua, mas ao mesmo tempo muito apaixonante tudo o que você irá encontrar. Uma das partes que mais me chamou atenção e realmente tive certeza de que esse guia era incrível e desesperadamente útil para cada jornada dessa foi quando ele falou até sobre os calos dos pés e como cuidar deles! Fiquei muito apaixonada, sério. Ele até fala qual o melhor curativo e onde comprar. De que cajado seria o mais ideal para você até a onde a comida é mais barata e como descansar e descobrir como seu corpo reage e o que fazer é relatado de forma bastantes simples e gostosa de entender. Traz também detalhadamente quantos km andar por dia, onde você pode dormir e mapas de todos os dias da jornada.

Além de tudo isso, é relatado muito sobre o que você pode fazer com o seu tempo livre mentalmente. Traz conceitos como "walking meditation" do budismo, como reformular um projeto de vida, como utilizar esse momento como limpeza mental em um ano sabático e até uma reavaliação pessoal e profissional. Além de sua própria história, o guia ainda traz várias histórias diferentes e bastante únicas de todos os tipos de pessoas e suas experiências diferentes de antes, durante e depois de trilharem o Caminho de Santiago. Quase impossível você não se sentir conectado ou se identificar com pelo menos uma das histórias relatadas. No fim você está tão imerso no que pode acontecer que você está quase comprando botas novas e comprando suas passagens para a França com data para o próximo mês!

Sinceramente, não há palavras suficientes que eu possa descrever para vocês o tanto que esse guia é completo e maravilhoso. Ele traz dicas e macetes que talvez você nunca iria pensar. Fora que, na parte Direcionamento existem sempre páginas pautadas onde você pode ir anotando sua própria experiência durante o percurso! Ou seja, além de guia, ele é perfeito para ser usado como diário de bordo da jornada! E até uma parte no final para você anotar seus pensamentos e reflexões que obteve durante o percurso. E ainda mais, o guia ainda possui mapas de todos os locais e de todos os dias e fotos de todos os locais, paisagens e até das comidas oferecidas em determinados locais. Em anexo também contém fotos muito lindas e coloridas do que você vai encontrar e com frases de incentivo para o peregrino.

Resumindo, amei o guia. Passei horas me imaginando fazendo o caminho e até pesquisei como e quando eu poderia fazer essa jornada. Indico com toda a certeza de que você pelo menos poderá viajar junto com o autor ao ler essa obra. 




Essa mudança que ocorre no modo de ser de quem faz o caminho não acontece tão somente quando se chega a Santiago. Trata-se de uma mudança gradativa, que vai acontecendo dia após dia, quilômetro por quilômetro, no decorrer da peregrinação. Pouco a pouco.
Peregrinos com mais idade do que eu apresentavam um melhor desempenho, sentiam menos dores e caminhavam em seu ritmo. Foi então que me dei conta de algo fundamental: o Caminho de Santiago não é uma maratona e concluí-lo não é o objetivo principal. Essa percepção mudou minha forma de realizar as etapas em dois aspectos principais: Passei a caminhar no meu ritmo [...] e parei de pensar nas etapas que estavam por vir e passei a concentrar-me apenas naquela que estava realizando [...]. 
Nas duas vezes em que fiz o Caminho de Santiago, privilegiei três artigos de primeira necessidade para me acompanhar na viagem: mochila, botas e saco de dormir. Não economize nesses itens [...].
Composta por uma vista incrível, a Rota de Napoleão apresenta em grande estilo ao peregrino o Caminho de Santiago. A paisagem bucólica dos Pirineus, o silêncio, por vezes interrompido pelo sons das ovelhas e do vento, e o ar puro são características peculiares dessa região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário