sexta-feira, 27 de abril de 2018

Resenha O Elefante de Caxemira de Julio Teixeira.


Título: O Elefante de Caxemira.
Autor: Julio Teixeira.
Editora: Chiado.
Número de Páginas: 484.
Ano de Lançamento: 2017.
Cortesia.

Sinopse: Um jovem cristão, professor de uma Universidade de Boston, após descobrir um novo planeta, vê-se no dilema entre a fama e uma vida simples. Ao ser recrutado por uma Organização Secreta para trabalhar em um projeto espacial juntamente com uma equipe de novos cientistas, depara-se com a oportunidade com a qual sonhou desde a infância: uma viagem interestelar. Ele conhece um astrofísico indiano do qual se torna amigo, chegando a viajar para a região da Caxemira, onde presencia o conflito entre o Paquistão e a Índia. No oriente, em meio à destruição provocada por ataques terroristas e os assassinatos de cristãos, descobre uma nova amizade e um amor arrebatador que o fará repensar sobre suas escolhas. Uma história regada à tensão, aventura, amizade e amor o cercará continuamente, levando-o, por fim, a uma decisão que mudará o rumo de sua vida para sempre.
Opinião:


Vou iniciar dando um mini spoiler*, mas só para não decepcionar quando vocês forem ler, pois no início do livro, achamos que será uma aventura ligada a viagens interplanetárias, já que nos primeiros capítulos o autor descreve muitos processos de física quântica, mas quando o personagem vai para Caxemira o  livro passa a ser um romance. 

Então vou contar um pouquinho de cada coisa para vocês: Will é professor universitário, apaixonado por física e astronomia, tornando-se um ótimo pesquisador. É solteiro e convive apenas com Hamilton e sua esposa, e as vezes visita seus pais. 

Leva uma vida básica, do trabalho pra casa, pesquisa e jantares solitários no restaurante da esquina. Até que um dia descobre um novo planeta, o que o coloca em contato com uma sociedade secreta que pode financiar seu sonho de infância de realizar uma viagem interestelar. A verdade é que Will escondeu isso até mesmo de seu parceiro de pesquisa. Eu realmente achei nesse momento que iriamos presenciar algumas viagens estilo Star Trek, mas não rolou (como eu disse anteriormente).

Assim a vida de Will muda completamente, pois além de seu trabalho secreto, em uma palestra, ele recebe críticas sobre os valores altos de financiamento dos programas espaciais enquanto há várias necessidades sendo deixadas de lado. Além disso,  ele recebe uma mensagem que o povo de Caxemira precisa ser salvo. Então o indiano Raghavi, que é um dos cientistas da pesquisa secreta, revela a Will que o projeto não é financiado pelo governo, porém não abre o jogo e convida-o para ir para Caxemira.

E a história muda quando Will esta em Caxemira. Os acontecimentos o colocam frente a dilemas: fama ou vida simples, o que fazer depois que ele se envolveu nos conflitos de Caxemira e sobre o amor a primeira vista, quando ele se depara com uma mulher com quem havia tido uma visão.

Existem várias mensagens que o livro quer nos passar, mas ele ficava muito demorado por causa das passagens bíblicas ou citações de sermões religiosos. O autor usa elas para mostrar que era a fé que estava guiando o personagem principal, e ao mesmo tempo apresenta as dificuldades enfrentadas pela religiosidade naquela região. Também, saliento, não há aprofundamento nos outros personagens.

Bom gente, não é uma leitura fácil, mas é muito interessante para quem gosta de livro com alguns questionamentos, que nos deixam refletindo. A capa é linda, as páginas são um pouco menores que os livros que estamos habituados, mas são amarelinhas, ótimas para leitura, assim como o tamanho da fonte.



Ficamos rindo um para o outro no meio daquele salão de embarque. Estava tendo a mesma sensação quando conheci Halmiton. Por um momento não o vi como competente cientista que trabalhava comigo, mas como um pessoa, um cidadão.
O missionário tomou frente ao púlpito, pegou o microfone e leu em Tiago capítulo 4 e versículo 7:  "De onde vem as guerras e contendas que há entre vocês? Não vem das paixões que guerreiam entre vocês?"
Certamente o universo está no controle de Deus. Todas estas coisas estão lá e desde que me conheço são feitas inúmeras perguntas sobre sua origem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário