sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Resenha Quando é inverno em nosso coração de Américo Simões.


Título: Quando é Inverno em nosso Coração.
Autor: Américo Simões.
Editora: Petit.
Número de páginas: 352.
Ano de lançamento: 2017.
Cortesia da editora.


Sinopse: Clara e Amanda são irmãs que cresceram num lar europeu, do final do século 19, quando os casamentos ainda eram arranjados pelos pais. Clara é apaixonada por Raymond, o jardineiro da família. Por ser a filha mais velha, se vê obrigada a se casar com o rico Raphael. Porém, às vésperas de suas bodas é acometida por uma doença desconhecida que a deixa à beira da morte. Para não interromper o acordo entre as famílias, Amanda se casa no lugar da irmã. Mas a troca das noivas não é bem recebida por Raphael, já que havia se apaixonado por Clara. O rapaz não supera a decisão, alheia à sua vontade, e passa a desconfiar de que a doença repentina da jovem é puro fingimento para evitar o matrimônio. Essa paixão não correspondida e um segredo inviolável marcarão para sempre a vida da jovem Clara e de todos que a rodeiam.

Opinião:

Sabe aquele tipo de livro que não conseguimos parar de ler e que ao mesmo tempo queremos parar de ler, pois são tantas coisas tristes que vão acontecendo ao longo da história que você fica pensando: "Por que tudo isso com só uma pessoa? Será que ela merece tanto sofrimento assim?"

Então a obra vai nos mostrando porque essas coisas estão acontecendo e que cada um tem apenas o que merece, nos fazendo refletir o motivo para determinadas circunstanciais acontecerem conosco.

Esse é mais um livro espírita que veio parar em minhas mãos e estou encantada com eles, pois cada história é mais interessante que a outra. Não sei se vocês acreditam nessas coisas, mas mesmo se não acreditarem, confiem e leiam como apenas uma história, pois é cativante e envolvente.

A história se passa a dois séculos atrás, quando os casamentos eram os arranjados e não interessava o que as partes envolvidas achavam disso, quem decidia e organizava tudo eram os pais. Assim, eram improvável alguém com dinheiro casar com um serviçal. E é ai que começam as complicações na vida de Clara, pois ela desde criança é apaixonada por Raymond, o faz tudo da fazenda onde ela vive, e esse amor é totalmente correspondido e também acobertado e apoiado por sua irmã Amanda.

Os anos vão passando e certo dia Clara descobre que fora prometida para Raphael, mas quando o jovem chega a casa das moças para conhecer sua futura mulher a primeira a encontra-lo é Amanda que fica perdidamente apaixonada por ele, achando injusto a situação de Clara que não nutre esses sentimentos pelo noivo e sim por Raymond. Acontece que esse acordo se firmou em função de uma dívida de família, então se faz gosto que o casamento ocorra o mais rápido possível e por incrível que pareça Raphael quer isso assim que bota os olhos em Clara.

Acontece que Clara adoece misteriosamente e os médicos informam que não sabem o que é e que infelizmente não podem fazer nada para ajuda-la e só resta a família esperar pelo pior. Então o pai das jovens rapidamente propõe a troca das jovens para quitar a dívida, enquanto Amanda fica realizada com essa noticia, Raphael fica inconformado, mas acaba obedecendo o seu pai. 

Ocorre que as coisas tem uma reviravolta. Enquanto o casal está em lua de mel, Clara milagrosamente começa seu processo de cura e volta a ter seu romance com o Raymond. Após, quando o casal retorna para casa, Rapahel começa a ter pensamentos negativos, insinuando que Clara estava fingindo sua doença, bem como descobre que ela tem esse romance secreto e começa a cercar a jovem, até que uma noite ele marca um encontro com a mesma fingindo ser o seu namorado e acaba que uma tragédia acontece, quando ficam cara a cara e ele cobra satisfações dela, enfurecendo-se e estuprando a jovem, dizendo que ela lhe devia isso por não ter cumprido a sua parte do acordo original.

Pouco tempo depois, Clara descobre que por conta dessa noite está grávida, então as coisas vão se complicando cada vez mais em sua vida, não bastando o trauma daquela noite ela está carregando o filho do marido da própria irmã. E nós, leitores, vamos vendo que Clara é sempre colocada a frente de diversos desafios, pois isso que está acontecendo é apenas o início das provações que ela terá que passar.

O livro mostra as várias dificuldades que uma jovem consegue enfrentar e nós vamos acompanhando e torcendo para as coisas irem tomando um caminho melhor para o fim dos sofrimentos e dificuldades.

A capa do livro é linda, mas achei as páginas meio amontadas, não tem o espaçamento que estamos acostumados a ver nos livros. Mas adorei a leitura e espero que vocês também gostem.



- Você me impediu de ser realmente feliz... Também não será feliz totalmente - riu com prazer. - Toda vez q se deitar com um homem vai me ver nos olhos dele. E verá em meus olhos, no mundo deles, o estrago que me fez, a felicidade que me roubou.
"Raphael era ", pensou Clara, "uma figura encantadora". Sim, era dessa forma que ela o via: uma figura. Não para ela, mas para outra mulher. Poderia até, com certeza, vir a se apaixonar por ele, se não tivesse conhecido Ray antes dele. Agora já era tarde. 
... numa cerimônia extravagante, Clara Bellmonte se casou com Octávio Dunfort, trajando um vestido de cetim branco, com buquê de rosas brancas, acompanhada de lindas damas de honra.
Clique na imagem para aumentá-la.


Um comentário:

  1. Pri!
    Gosto muito de ler romances espirtitas, porque sempre trazem grande entendimentos dos porquês sobre nossa vida na atualidade, diante das nossas vidas passadas.
    Mês passado li um livro romance espírita psicografado e gostei muito.
    Gosaria demais de poder acompanhar esse drama.
    Bom final de semana e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir