sábado, 26 de agosto de 2017

Resenha O Peso de um Segredo de Isabelle Fochier.


Título: O peso de um segredo.
Autora: Isabelle Fochier.
Editora: Chiado.
Número de páginas: 432.
Ano de lançamento: 2017.

Cortesia da Editora.


Sinopse: Duas vidas, destinadas a se encontrarem. Dois destinos, decididos a separarem. Laura Thompson sente-se prisioneira de uma noite que lhe modificou para sempre o percurso de vida.Numa noite, Christopher Russel vê o percurso da sua vida escapar-lhe perante as circunstâncias e seguir outro rumo, longe daquela que ele escolhera para amar a perder no tempo. Dez anos de sofrimento, de segredos e de erros, irão separar duas pessoas que por medo de enfrentar o destino, se refugiam cada um no seu mundo, edificando muros ao seu redor e comprometendo a felicidade.Mas no coração de alguns a perseverança persiste, o reencontro está iminente, longe de supor que ele os vai mergulhar numa espiral de desentendimentos e dor.Como agir perante um erro colossal que põe em perigo sentimentos verdadeiros? Onde encontrar força e sabedoria para afastar o rancor do amor?

Opinião: 

SIMMM... SIMM... SIM!!! Esse livro é a minha cara, pois adoro romances e esse me pegou de surpresa, foi tão lindo, complicado e fascinante.

A história começa com Laura esperando ansiosamente o próximo verão, quando sabia que seu amor platônico viria para sua cidade aproveitar as férias junto da família. Só que nesse ano Christopher acaba notando ela, uma menina de olhos verdes irresistíveis, e ao fim do verão eles acabam tendo uma noite de amor.

Acontece que no dia em que ele iria embora, Laura está a caminho da sua casa para se despedir e ouve ele e os amigos falando sobre uma aposta, a qual ele ganhou e ela fica desiludida com isso, pois fica achando que os garotos passaram o verão se divertindo a suas custas.

Christopher acaba indo embora, mesmo não conseguindo se despedir e muda-se para outro país para fazer faculdade e acaba por tentar várias vezes o contato. Contudo, Laura não o perdoando acaba por nunca atender seus telefonemas e com o passar das semanas ela acaba descobrindo que está gravida e decide não contar para sua família quem é o pai e nem ao Christopher que será pai.

Longos anos se passam, e Brian cresce, sendo um menino inteligente e clone do seu pai. Por conseguinte, a irmã de Laura descobre quem é o pai devida tamanha semelhança. E quando Laura já com a vida no lugar, trabalhando, com casa própria, tranquila com a criação do seu filho sozinha, descobre que o seu novo vizinho é nada mais nada menos que Christopher e as coisas começam a se complicar devido aos segredos de ambas as partes guardados a tanto tempo.

O livro é lindo demais. Salienta-se que a obra é escrita em português de Portugal, mas isso não interfere na história, mas tem algumas palavras que, para os brasileiros, são incompreensíveis na hora da leitura, sem um tradutor. Realmente indico para quem gosta de um romance bem contado, embora o livro assuste pelo tamanho e quantidade de páginas, eu li ele bem rapidinho.

Espero que vocês gostem da indicação!!!



Repentinamente, ele estendeu o braço na sua direção, mas Laura desviou-se, evitando que ele lhe tocasse o rosto. 
Assim que Christopher agarrou Brian, este rodeou-o pelo pescoço, ensonado, pouco desperto. Mas aquele gesto quase insignificante provocou-lhe surpreendentemente uma sensação agradável dentro do peito.
Christopher levou-a jantar num restaurante sossegado e discreto, num ambiente quase familiar e descontraído. 

Clique na imagem para aumentá-la.

3 comentários:

  1. Pri!
    A Chiado é uma editora portuguesa e acredito que os termos sejam bem regionais mesmo.
    Gostei também, o livro é bem a minha cara e fiquei na maior curiosidade para fazer a leitura e ver como Laura e Christopher vão resolver as coisas nesse reencontro...
    Desejo uma semana mais que tranquilo e abençoado!
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Olá Fantastic Books

    Sou a autora Isabelle Fochier e estou bastante admirada com algumas deduções que fez relativas ao meu romance!
    Como exemplo : "...eu tenha achado muito estranho a linguagem utilizada nele, pois parece que ele foi escrito em português (de Portugal) e depois jogado no google para a tradução. Não interfere na história, mas tem algumas palavras que são incompreensíveis na hora da leitura. Não sei se essa é uma nova proposta da editora, mas eu realmente não entendi os parâmetros da tradução.
    O livro está escrito em PORTUGUÊS DE PORTUGAL, assim como eu, a autora, sou portuguesa, nascida em Portugal e com estudos feitos em Portugal. Não existiu nenhuma tradução em nenhuma parte do livro!
    Depois de ler a sua resenha, eu percebi que a leitora é brasileira, portanto, é muitíssimo normal que ache a escrita estranha, como já me chegou aos ouvidos de amigos brasileiros que lêem o que escrevo.
    Espero ter esclarecido o mal entendido.
    Abraços de Portugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa... que bacana, agora ficou muito bem explicado o porque de eu ter estranhado, pois normalmente recebemos os livros traduzidos... Mas mesmo assim a história e irresistivel e eu li ela muito rapido!

      Excluir