terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Resenha Memórias de Lua Cheia de Andressa Andrião.


Título: Memórias de Lua Cheia.
Autora: Andressa Andrião.
Editora: Novo Século.
Número de páginas: 552.
Ano de lançamento: 2012.
Cortesia da autora.

Sinopse:
Ela estava sem memória e sozinha, perdida em uma floresta durante uma noite de lua cheia, em que os lobos uivavam perigosamente. A única informação que tinha sobre si mesma estava em um bilhete borrado pela chuva que dizia que seu nome era Alissa. Quando jurara que se tornaria comida de lobos, ele aparece. Um rapaz que em seu primeiro momento parece ter vontade de matá-la, mas logo em seguida resolve misteriosamente salvar sua vida e cuidar dela até que alguém apareça em sua procura. Por mais que ela tivesse expectativas, ninguém nota seu desaparecimento, levando-a a ter que morar com aquele rapaz repleto de segredos, que ela conhece na floresta. Com o tempo um romance começa a surgir entre eles, mas ainda havia um mistério: um homem enigmático e atraente que desenvolve um interesse imediato por ela. Alissa então descobre que sua perda de memória não era exatamente o que ela imaginava e que o mundo era muito mais cheio de mistérios e magia do que ela acreditava ser.

Opinião:

Alissa acorda em uma floresta desconhecida e completamente sem memória, com apenas um bilhete borrado no bolso onde podia ler apenas o seu nome. Confusa e assustada foge até que encontra Seth, que quase a mata de primeira, mas que depois de se acalmar acaba cuidando da garota e lhe dando abrigo. Ela vai então morar com Seth, mesmo estando um pouco apavorada devido a maneira com que se conheceram, mas aos poucos vai conhecendo o verdadeiro Seth. Um garoto solitário, de bom coração, que se importa com os amigos e tem alguns segredos. Ele acaba apresentando ela aos seus amigos Lidi, Clarisse, John e a pequena Laura (filha de Clarisse e John). Na esperança de encontrar sua família Alissa vai com Seth até a delegacia, mas não há nenhum relato de uma Alissa desaparecida. 

Para ajudar em sua perda de memória, Lidi indica que ela converse com Jarret que já cuidou antes de pessoas com problemas neurológicos. Por isso eles passam a se encontrar e realizar sessões para tentar recuperar a memória de Alissa. E acabam se tornando bastante amigos.

Em suas andanças pela cidade, Alissa acaba conhecendo Scorpio que tem grande interesse por ela. Lidi e Seth não gostam dele, mas apesar de tudo Alissa se sente confortável com ele e não se importa de andar com ele. Contanto que nenhuma de suas fãs malucas não a persiga ou tente mata-la como já aconteceu. Além disso sente que os dois possuem uma ligação muito forte. Seth não gosta nada dessa amizade dos dois, pois acredita que Scorpio é mau. Seth e Alissa acabam se apaixonando, mas ele se nega a assumir esse sentimento, pois acha que é um monstro e não merece aquilo. Algumas coisas acontecem e Alissa consegue recuperar algumas memórias, segredos são revelados e coisas grandes que nem ela pode compreender acontecem, podendo mudar tudo.

Confesso que quando comecei a ler o livro, achei que ele iria seguir uma linha bem clichê dos livros de criaturas sobrenaturais atuais. Que belo tapa na cara eu levei. O livro se mostrou original, surpreendente, intrigante, envolvente e de tirar o fôlego. Você começa a ler e já se vê presa ao enredo, tenta até adivinhar como serão as coisas, mas acaba pego de surpresa quando vê tudo acontecer de uma forma diferente. Foi uma leitura ótima, leve e gostosa. Foi bom para relaxar depois da leitura de um livro mais pesado. As 552 páginas não me pareceram tão longas assim. Gostei da escrita da autora e conseguiu me prender. 

Tem personagens bem construídos, com personalidades distintas e cada um tem uma história. Acho que dos personagens secundários Clarisse é minha favorita, ela é uma mãezona e quer cuidar de todo mundo e reclama se não a visitam por 3 dias (hahaha). Confesso que terminei o livro odiando Lidi, e só vai saber o porque quem ler. Até um pouco mais da metade, Seth era a minha escolha ideal para Alissa e um personagem que eu amava. Odiava Scorpio e não conseguia ter muita pena dele. Porém com a chegada do final do livro passei sentir um pouco de raiva de Seth e quis entrar no livro e dar uma balançada nele para ver se ele acordava. E comecei a compreender um pouco melhor Scorpio e me simpatizar com ele.

A capa do livro é muito bonita, mas não achei a garota da capa parecida com a Alissa descrita. O título é totalmente condizente com o livro. A diagramação é simples e organizada. A folha é amarelada e ótima para leitura. Aparentemente, a jornada de Alissa não termina por aqui e teremos mais um livro... Mal posso esperar para ler o próximo!



Havia acabado de derrubar uma criancinha no chão... Eu derrubara uma criança no chão! 


Eu não estou dizendo que isso não é legal; só estou pedindo para que não conte a ninguém. É para seu próprio bem.


- Por favor, não vamos nos preocupar agora. Vamos aproveitar o dia sem pensar em tudo o que está me atormentando. Por favor.

Clique na imagem para aumentá-la.

2 comentários:

  1. Oi Pamella!
    Tenho que admitir que quando comecei a ler a resenha também imaginei se tratar de mais um livro cliché. Mas como você mencionou tive mesmo a impressão de q a história segue outros caminhos. Adoro quando os personagens são bem construídos, é uma qualidade que me faz apreciar ainda mais algumas histórias! Fiquei bem curiosa para saber mais sobre a perda de memória de Alissa. Espero poder ler esse em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Pamela!
    Gosto de livros com lobos e se como diz, esse foge do lugar comum dos livros no estilo, fica ainda mais interessante e muito instigante acompanhar a perda de memória da protagonista e acompanhar a revelação dos segredos escondidos e acompanhar o desenrolar do romance.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir