quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Resenha Romance com o Duque de Tessa Dare.



Título: Romance com o Duque.
Autora: Tessa Dare.
Editora: Gutenberg.
Número de Páginas: 256.
Ano de Lançamento: 2016.
Cortesia da editora.

Sinopse:
 
Izzy sempre sonhou em viver um conto de fadas. Mas, por ora, ela teria que se contentar com aquela história dramática. A doce Isolde Ophelia Goodnight, filha de um escritor famoso, cresceu cercada por contos de fadas e histórias com finais felizes. Ela acreditava em destino, em sonhos e, principalmente, no amor verdadeiro. Amor como o de Cressida e Ulric, personagens principais do romance de seu pai. Romântica, ela aguardava ansiosamente pelo clímax de sua vida, quando o seu herói apareceria para salvá-la das injustiças do mundo e ela descobriria que um beijo de amor verdadeiro é capaz de curar qualquer ferida. Mas, à medida que foi crescendo e se tornando uma mulher adulta, Izzy percebeu que nenhum daqueles contos eram reais. Ela era um patinho feio que não se tornou um cisne, sapos não viram príncipes, e ninguém da nobreza veio resgatá-la quando ela ficou órfã de mãe e pai e viu todos os seus bens serem transferidos para outra pessoa. Até que sua história tem uma reviravolta: Izzy descobre que herdou um castelo em ruínas, provavelmente abandonado, em uma cidade distante. O que ela não imaginava é que aquele castelo já vinha com um duque.

Opinião:

Isolde Ophelia Goodnight, mais conhecida como Izzy Goodnight, é filha de um famoso escritor e perdeu tudo após a morte do pai. Sobrevivendo com ajuda dos fãs de Os Contos de Goodnight e em companhia de sua doninha Bola de Neve, ela recebe a notícia que herdou um castelo de seu padrinho. O que ela não contava, era que o castelo estaria em ruínas e que havia um Duque morando neste castelo.

Ela diz que o castelo lhe pertence. Ele insiste que nunca vendeu seu castelo. Ela tem um documento que prova que a propriedade é legalmente sua. Ele uma pilha de cartas de vários meses atrás sem serem lidas. Ela insiste em ficar, e ele aceita apenas porque precisa de uma secretária. Juntos, Izzy Goodnight e Ransom Vane (Duque de Rothbury), irão trabalhar para descobrir o que há de errado naquilo tudo e porque o Castelo Gostley foi vendido sem a permissão do duque.

Izzy nunca enxergou beleza em si mesma, e aos 26 anos nunca tivera nenhum pretendente e ansiava por um dia viver um romance, assim como o das histórias de seu pai. Ransom era um Duque frio e agressivo, com um passado triste e misterioso que não deixava que ninguém soubesse. Estava se isolando em seu castelo e esperando que terminasse os seus dias, levando consigo uma cicatriz enorme no rosto e a cegueira que este golpe lhe causou.

Izzy chega ao castelo e resolve transforma-lo em um lar e junto com a ajuda de Duncan, criado fiel de Ransom, ela vai aos poucos ajeitando as coisas naquele castelo. Apesar de tudo isso incomodar profundamente o Duque, ele não pode evitar de ter sentimentos, que nem ele mesmo entende, por Izzy. E aos poucos ela vai quebrando as barreiras que ele colocou em volta de si.

Uma leitura fascinante, um romance maravilhoso e uma escrita cativante. Não existem palavras melhores para expressar minha opinião sobre esse livro. Apesar de a princípio ter achado que leria o livro de forma lenta, pois achei suas letras pequenas, não tive dificuldade alguma em realizar sua leitura. Tessa Dare pode nos prender de maneira fácil com a sua escrita e confesso que nem me importei com as palavras de baixo calão que foram usadas em alguns momentos na narrativa. Quanto mais eu lia o livro, mais eu queria dele... E foi assim que eu terminei sua leitura em 2 dias.

Amei como o romance foi desenvolvido, apesar de achar que em um momento as coisas aconteceram um pouquinho rápidas. Senti uma referência a estória de A Bela e A Fera, posso estar enganada, mas isso me fez gostar mais ainda do livro. O livro possuí algumas (muitas) cenas hot, mas de qualquer maneira isso não fez parecer que o livro era apenas focado nisso. A história foi muito bem desenvolvida, com um enredo bem construído.

A capa do livro é muito bonita, apesar de não achar que o cabelo da modelo tenha muito a ver com o de Izzy, mas isso é apenas um pequeno detalhe. Término esta resenha recomendando o livro a todos e desejosa de ler mais livros de Tessa Dare.


Quando seu pai gastou mais do que podia e a empregada teve que ser dispensada, ela disse para si mesma que o trabalho duro seria recompensado. Todo mundo sabe que a Cinderela teve que esfregar o chão antes de conquistar o príncipe encantado.
Maldição. De onde as mulheres tiravam todas essas regras? Será que era de algum livro? Às vezes ele se perguntava se todas as mulheres seriam advogadas, e dominavam um extenso Código de Direito Romântico, que escondiam obstinadamente dos homens.
Tudo estava diferente agora. Ele havia acalmado seu tremor na escuridão. Eles dividiram seus pensamentos e suas lembranças mais íntimas. Ele havia ameaçado seu primo idiota com duas mortes sanguinolentas, ainda que imaginárias.
Clique na imagem para aumentá-la.

7 comentários:

  1. Quando um livro tem muitas cenas eróticas me incomoda um pouco, eu sei que o romance é do gênero, mas não precisa exagerar né querida autora?? De qualquer maneira, nunca li o livro, somente resenhas. Ainda assim, eu tenho a sensação de que essa coisa de herdar alguma coisa meio clichê. Acredito que possa sim ser um romance ótimo e de tirar o fôlego, mas só lendo pra eu ter a minha própria opinião. Fora isso, gostei muito da resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie! Fico babando nas obras da Tessa, são perfeitos em detalhes, em história e personagens, não tive a oportunidade ainda de ler, mas assim que possível qro conferir!
    Parabéns pela resenha, é linda!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sou apaixonada por romances de época. Ainda não li nada da autora, mas esse livro já está na minha lista. A premissa me conquistou e sua resenha está muito motivadora. Romances de época são sempre tão envolventes, adoro! Ótima resenha! Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Pamella!
    Como adoro romances e com trechos hots ainda mais, fiquei fascinada por sua resenha e por todo enredo do livro.
    Amei a capa e fiquei interessadíssima por ler.
    “Demore na dúvida...E descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras.”(Padre Fábio de Melo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da autora, mas quero muito ler. Essa parece ser uma história ótima, quero saber o que aconteceu para os dois acharem que são donos do castelo! Aposto que a culpa é do padrinho haha

    ResponderExcluir
  6. Acho que romances de época,podem até ser clichê ,mas mesmo assim não tem como não ter vontade de lê-los.
    E mesmo com as partes mais picantes, quando se tem uma boa história que nos prende do início ao fim,tudo fica muito mais interessante.
    Ler sobre o amor é sempre prazeroso!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir