segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Resenha A História Esquecida da Hospedaria na Estrada de C.A. Saltoris.



Título: A História Esquecida da Hospedaria na Estrada
Autor: C.A Saltoris
Ano: 2014
Páginas: 352
Idioma: português
Editora: Chiado Editora
Cortesia Editora


Sinopse: Era uma vez... Uma fria noite de outono, em um país do Hemisfério Norte do terceiro planeta do Sistema Solar da Via Láctea, chamado Terra... Quando Mathew Roberts parte para visitar seu irmão em coma, ele é obrigado por seu estranho e repentino cansaço a hospedar-se em um hotel na beira da estrada. Ao ser recebido por uma jovem mulher com uma vela na mão, ele sente um frio descer-lhe pela espinha, mas não tem forças para voltar; como se ela fosse o imã e ele o metal. Ao pisar na recepção, ele começa a perder a memória. O TEMPO PASSA. INITERRUPTAMENTE. E ELE QUEM NARRA ESTA HISTÓRIA. Este é um Conto de Fadas... da Morte, sobre: criaturas não-humanas, um deus na puberdade, um amor impossível, escolhas e Sonhos Mortos.

Opinião: 

A História Esquecida da Hospedaria na Estrada" já começa surpreendendo, pois quem a conta é nada mais nada menos que Chronos, nosso querido deus do tempo. Ele se apresenta de uma forma maravilhosa, porém nada humilde, o que já era de se esperar. Os fatos do livro são contados através dos tempos, desde o surgimento da hospedaria até os dias de hoje.

A hospedaria é um portal entre mundos o dos humanos e o das fadas, e ele tem uma dona,  uma fada (da morte) encantadora chamada Linu. Ela é tão linda que até o deus Chronos quis se tornar humano para conseguir permanecer na casa com ela. Esse portal serve para manter o mundo das fadas vivo e para isso eles precisam de sonhos mortos. 

Vou explicar rapidinho o que são sonhos mortos, quando uma pessoa independente da idade, deseja muito alguma coisa e com o passar do tempo não a realiza e desiste daquilo que um dia poderia lhe fazer muito feliz, o sonho morre e é atrás disso que a fada está, então ela atrai esse tipo de pessoas para dentro da mansão para capturar esses sonhos.

Um certo dia, Mathew, um jovem loiro, alto, olhos claros e de muita educação, encontra o lugar e imediatamente começa a ficar desorientado e perder a memória sobre fatos da sua vida e  acontece algo que nunca se podia imaginar... Ok, se apaixonar a gente sabia que ia acontecer, o que não imaginávamos é que no momento em que Linumê não roubou o sonho dele e decidiu manter o humano vivo o tempo dentro da hospedaria começou a passar e ela a morrer.

Então ela tinha a difícil decisão de deixar o grande amor da sua vida voltar ao seu mundo ou morrer por esse amor.

Obviamente, tem mais alguns personagens que aparecem ao longo do livro para contar a história e completar perfeitamente as necessidades da autora. A obra conta desde o surgimento da hospedaria, assim como o nascimento de cada personagem e sua história, sendo intercalado com os tempos de hoje e histórias de outros séculos, pois o portal está aberto muito tempo.

A história é simplesmente envolvente, maravilhosa, com um final totalmente inesperado, acreditem em mim, quando parece que nada tem solução acontece uma reviravolta e eu fiquei: OMG!

A capa é linda, é uma pena não dar para ver com todos os detalhes na foto que está na postagem, pois ela nos deixa imaginando como será por dentro da hospedaria. As páginas são próprias para leitura com a letra confortável, porém, encontrei muitos erros de digitação, que não tiram o encanto da história, mas que a editora podia ter dado mais uma revisada.

Quando eu vivi entre os mundos, eu aprendi coisas sobre as pessoas pelas quais eu nunca me interessei saber antes. Eu vi que o amor não é tão fácil quanto deveria ser nem tão difícil como poderia... e descobri que ele é - acima de tudo - feito de escolhas.
Ao deparar-se com o castelo digno de mais rica nobreza, que se encontrava no alto da pequena colina, na beira da estrada, ele sentiu o receio crescer. No entanto, seus pés movimentavam-se para frente, constantemente, atrás da mulher de branco. A magnitude do casarão fez com que Mathew se sentisse pequeno. Menor ainda que sempre.
- O senhor fez uma reserva e disse que chegaria por essas horas da noite, eu deduzi... - disse Linumê, como quem explica a um velho alcoolizado que ele chegou sim vestindo calças ao estabelecimento.

Clique na imagem para aumentá-la.

9 comentários:

  1. Olá.
    Não conhecia esse livro, mas já fiquei encantada! Adoro esse estilo de leitura e a premissa está fascinante. E, lendo sua ótima resenha, fiquei muito mais motivada para fazer a leitura dessa obra. Com certeza na lista de desejados. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse livro, mas esse toque de fantasia me chamou muito a atenção. Além de romance, a capa nos dá uma ideia de suspense, além de o enredo ser maravilhoso pelo que eu percebi. Fico imaginando qual deve ser esse final que você ficou super surpresa, fiquei com a maior vontade de ler esse livro também. Espero que eu tenha a oportunidade em breve.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ahhh, esse livro... Um dos meus livros preferidos da vida <3 Amo essa história, os personagens <3 Sua resenha está excelente!
    Bjão =*

    ResponderExcluir
  4. Pri!
    Gosto de livros que intercalam passado e presente.
    Gosto de livros de ficção/fantasia e quando penso que já tinha lido tudo, me vem uma história inédita e com enredo bem interessante.
    Fiquei com muita vontade de ler.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Amo histórias com Chronos e que mostram também o passado para aumentar o mistério. Fiquei bem curiosa para saber mais sobre este universo da hospedaria e a experiência do personagem no lugar. Não sabia do livro mas agora quero ler

    ResponderExcluir
  6. Uaaaal!! Esse gênero me agrada demais, me surpreendi com a resenha, desde q vi o livro tenho em interessado á conferir, já nao tenho mais dúvidas!
    Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Ao ver a capa, achei que era um livro de terror, mas até que não é né? É bizarro, mas não é terror haha
    Achei a história bem interessante, espero ter a oportunidade de ler e saber quais são essas reviravoltas.

    ResponderExcluir
  8. Oie,assim que VI a capa,pensei que fosse um livro de terror. Mas pela sua resenha,VI que estava enganada!
    Achei a história original e muito instigante. Como adoro tramas diferentes,não tem como não ter vontade de ler.
    Estou louca para descobrir o final que a autora dará para o casal apaixonado Mathew e Linumê

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir