domingo, 15 de maio de 2016

Resenha As Crônicas de Della Tsang de C. C. Hunter.


Título: As Crônicas de Della Tsang.
Autora: C. C. Hunter.
Editora: Jangada.
Número de páginas: 144.
Ano de lançamento: 2014.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Esta é uma introdução à história de Della Tsang, uma das melhores amigas sobrenaturais de Kylie. Independente e destemida, Della não acredita em fantasmas até que vê seu falecido primo atravessando um beco escuro. Ela também não acredita em vampiros, até que se transforma em um deles! Agora Shadow Falls está enfrentando um problema que pode finalmente expor os sobrenaturais ao resto do mundo! Seres humanos estão sendo assassinados e vampiros criminosos podem ser os culpados. Della é então designada para ajudar a encontrar os responsáveis pelos assassinatos, junto com Steve, um metaformo supergato, e que ela acha atraente demais para ser confiável. Mas ela precisará de sua ajuda, pois se tiver êxito em sua missão, Della talvez até consiga o emprego dos seus sonhos: trabalhar para a UPF o FBI do governo sobrenatural.
Opinião:

As Crônicas de Della Tsang tem dois contos, um chamado Transformada na calada da noite e outro denominado Salva ao nascer do sol que introduz a história de Della Tsang.

Não li a série Acampamento Shadow Falls então fui muito interessante para descobrir o passado da personagem antes de começar a ler o livro Renascida. Della é uma das melhores amigas de Kylie que é a protagonista da série original.

Transformada na calada da noite conta como Della se transformou em vampira. Era uma garota normal, forte, que tinha um pai oriental com mania de cobrança, uma mãe que abaixava a cabeça demais e uma irmã mais fraca que Della acredita precisar cuidar. Della é mestiça, tendo somente o pai oriental. Um dia quando ela está esperando o namorado vir buscá-la em uma festa vê o seu primo morto e resolve ir atrás dele. Só que chegando no local é atacada por um bando de lobisomens, sendo salva pelo seu primo. Porém, Della machucou a mão e quando encosta no primo ativa o gene de vampiro. Assim, começa a conta a transformação dela e como terminou no Acampamento Shadow Falls.

No conto Salva ao nascer do sol Della é estudante do referido Acampamento e recebe uma missão junto com outro estudante, Steve, devendo eles se disfarçarem e tentarem entrar em uma gang de vampiros, para descobrir se é esse grupo que anda matando humanos na iniciação. Ocorre que Della foge de Steve durante a noite para ver como está a família e o ex-namorado e o que descobre não é muito bom. No decorrer do conto começa a rolar um clima entre ela e Steve, que acredito ser explorado durante os livros da série.

Se você tem a oportunidade de começar a leitura por esse livro acho muito proveitoso. Como não li a série, me deixou doida para começar Renascida logo, visto que adorei a personagem, é forte e tem uma boa personalidade. Certamente, promete ser uma série muito boa.

A capa é linda e acho que escolheram perfeitamente a modelo para a capa, é feminina e ao mesmo tempo demonstra poder.

- Merda! - sussurrou Della. - Está acontecendo de novo. - E quando ela olhou para a enfermeira, aquela coisa louca na testa tinha aparecido novamente. Era como se Della pudesse ver dentro da cabeça da enfermeira, como naqueles filmes de terror baratos. Ela podia ver a frente... do cérebro dela! Sim, parecia um cérebro, só que não eram os miolos. Eram linhas estranhas em zigue-zague, como um cruzamento entre arte moderna ruim e hieróglifos antigos.

- Não, você não vai morrer - disse Chan, mas Della viu a dúvida nos olhos dele. - Você é muito teimosa. Della Cabeça-Dura não pode morrer. Está me ouvindo? Você não pode morrer, Della. Precisa aguentar firme.

- Ele saberia que isso não é verdade mesmo que não pudesse ouvir a mentira nas batidas do seu coração. Se você me irritasse, eu não teria parado num olho roxo. Você ficaria com hematomas no corpo todo.

Engolindo um nó na garganta, cheia de arrependimento, ela se forçou a dizer. Parte dela esperava que não tivesse que insistir. Mas isso era para covardes. E Della Tsang não era covarde. Além disso, Steve merecia saber de antemão que o problema não era ele. Era ela.

 Clique na imagem para aumentá-la.

6 comentários:

  1. Uool!
    Eu ameei! Qro mto ler a série e conhecer mais á fundo a história!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Quando vi o livro pensei que teria muitas páginas mas então vi que estava completamente enganada, o que George Martin fez comigo? Hahaha.
    Não leio muito livros de vampiros e lobisomens mas esse livro parece ser bom, além de parecer ter um bom enredo. Gostaria muitoo de saber o que ela vê da sua família e ex que não é tão bom assim.

    ResponderExcluir
  3. A capa é linda mesmo mas já li a minha última experiência com livros de vampiros não foi muito boa. Apesar de amar The Vampire Diaries, o livro não me agradou tanto quanto pensei que adoraria então não me vejo lendo outro livro de vampiro tão cedo. Mas apesar de tudo isso, o livro parece ser bom, principalmenteee para quem gosta desse gênero.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Oi. Ainda não li nada dessa série ou o livro em questão, mas fiquei muito interessada. Gosto muito do tema vampiros, lobisomens, suspense, magia...Obrigada por sua resenha, estava ótima. deixando aquela curiosidade sobre o livro, no ar! Já adicionei a minha interminável lista de desejados. Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Não li nada da série ainda, mas tenho muito vontade, e amei sua resenha, deu pra entender bem do universo da série, personagens e etc.
    Gosto muitoooooo de livros vampirescos e esse parece ser bem escrito e cativante.
    Já quero kkkkk
    bjss

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha está muito boa, como adoro esse estilo de história, sem dúvidas após ler sua resenha, me interessei por esse livro, pretendo ler, e acredito que irei gostar da história.

    ResponderExcluir