terça-feira, 12 de abril de 2016

Lançamentos: Editora Petit.

Olá pessoal.
Trouxe para mostrar hoje os dois lançamentos de abril da Editora Petit. Um dos lançamentos é sobre a importância da família e o outro traz o dia a dia de um colégio em que as crianças começam a falar sobre suas vidas passadas.

É comum ouvirmos a frase: “família não se escolhe; amigos, sim!”. Na contramão desse senso comum, Manolo Quesada nos mostra em Famíla, somos todos espíritos que entes familiares são fundamentais para nosso crescimento intelectual, espiritual e moral, e a eles devemos dedicar nossa atenção e respeito. Considerando que a família carnal é filtro para o encontro de uma maior e mais harmonizada – a espiritual –, o autor nos lembra de como é importante nos harmonizarmos agora, enquanto estamos juntos, encarnados. Existe, então, uma regra para solidificar os relacionamentos familiares? Neste livro veremos que sim, e que a única maneira de trilhar esse caminho é pela lei do Amor, tão maravilhosamente ensinada por Jesus e que ultrapassou a barreira do tempo e das civilizações. Este livro nasceu da necessidade de mostrar maneiras simples e práticas de como viver bem em família. De acordo com Manolo Quesada, pequenas ações podem mudar o clima e o comportamento entre os familiares. Por meio de sugestões simples, o autor nos ajuda a solucionar problemas que, no calor de uma discussão, não conseguimos resolver. Ele sugere táticas para facilitar a compreensão e dá dicas práticas de como lidar com questões como namoro, casamento, relação entre pais e filhos, crianças prodígios, e até diante do sofrimento e da dor. Segundo o autor, os filhos merecem atenção especial, pois vieram à família após passar por processo de grande preparação. Ele também alerta os pais sobre a mediunidade das crianças, para que possam entender que esse dom não é doença, e faz uma importante abordagem sobre o papel da dor em nossas existências corporais e na evolução do espírito. E, fundamentalmente, mostra-nos que comportamentos relacionados ao amor, conforme são descritos na Carta de Paulo aos Coríntios, como paciência, gentileza, humildade, respeito, altruísmo, honestidade, compromisso e perdão, leva-nos ao caminho da evolução espiritual. “Toda a mudança que queremos ver no mundo tem que, em primeiro lugar, ser efetivada em nós mesmos”, explica. 
Valéria é diretora de uma escola e adora trabalhar com crianças. Porém, ela começa a se deparar com situações as mais estranhas possíveis: alguns alunos, de repente, começam a falar sobre assuntos incomuns, como se tivessem vivido em outras épocas e conhecido pessoas do passado. Outros têm reações agressivas e provocam conflitos entre os colegas. É nesse pano de fundo que Paulo Hertz, o autor espiritual deste romance, relata de forma simples as mudanças comportamentais das crianças e mostra por que apenas conhecimentos pedagógicos e psicológicos nos dias de hoje não são suficientes para ajudá-las. O autor espiritual, Paulo Hertz, nos traz uma abordagem diferente sobre a questão educacional atual. Tema de suma importância nos dias de hoje, Um novo dia para amar, psicografia de Célia Xavier de Camargo, trata sobre os comportamentos “diferentes” dos alunos, motivados, na realidade, por questões de envolvimento espiritual - cujo assunto até então a diretora da escola ignorava totalmente. Esta é uma história indispensável àqueles que lidam com crianças e adolescentes e buscam conhecimento sobre a imortalidade da alma e a possibilidade de comunicação de encarnados e desencarnados.

12 comentários:

  1. Oie!
    Fiquei apaixonada pelos livros...Ambos tem mto o q ensinar á nós todos...
    Adorei as sinopes, qro mto ler e me encantar ainda mais com as histórias...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Uma editora que preza a família, o amor, a inteligencia..
    Por isso amo seus lançamentos, inspiradores

    ResponderExcluir
  3. Cath!
    Gosto demais dos lançamentos da Petit.
    Estão ótimos.
    “Devemos aprender durante toda a vida, sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice. ”(Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Achei o livro Família um ótimo tema, mesmo não tendo tanta certeza que leria, porém única coisa que é triste é sabermos que enquanto esse livro ensina a importância da família, tem gente que não da valor, ou até mesmo, não tem uma para dar. Já Um novo dia para Amar gostei bastante do que a sinopse mostra, apesar de nunca ter passado por isso, mas é interessante eles lembrassem de outra época.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou muito apegada a família, gosto deles óbvios, mas não aprecio fica grudada, rsrs. Mas é como fui criada. Provavelmente, quando eu tiver a minha vá ser bem diferente, kk.

      Excluir
  5. A editora Petit não é uma das minhas preferidas, porém acho importante o assunto familia, principalmente nos nossos dias, onde esse bem esta tão desvalorizado.

    ResponderExcluir
  6. Amei as sinopses, os dois livros tem temas bem interessantes, mas nn sei se eu os leria nesse momento, quem sabe futuramente :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada livro tem seu momento. Parece asneira, mas já teve livros que não estava no momento quando li e depois peguei novamente e gostei, kk.

      Excluir