quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Resenha Mais Uma Chance de Abbi Glines.


Título: Mais uma chance.
Série: Rosemary Beach #8 - Chance #2.
Autora: Abbi Glines.
Editora: Arqueiro.
Número de páginas: 288.
Ano de lançamento: 2016.
Cortesia da editora.

Sinopse:

Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.
Opinião:

Mais uma chance continua contando a história de Grant e Harlow que "começou" (já havia sido referido em livros anteriores da série Rosemary Beach) no livro A primeira chance.

No primeiro livro Grant consegue conquistar Harlow mesmo tendo namorado sua irmã, Nan, mas acabam se separando no final quando ele descobre que ela tem um problema cardíaco e pode morrer.

O segundo livro começa com Grant vendo que cometeu um grande erro e ligando todos os dias para Harlow que não atende, então ele deixa sempre uma mensagem de voz. Harlow se escondeu na casa de seu irmão no Texas enquanto lida com a novidade que está grávida, como sabe que Grant não verá isso com bons olhos, já que ela pode morrer no parto, enrola para contar a ele.

Quando Grant descobre ele vai atrás de Harlow, pois contam para ele o endereço onde ela está, e a traz novamente para Rosemary, os dois tem momentos de romance, mas o foco está em como Grant irá encarar a gravidez de Harlow e o que vai acontecer no parto.

É um livro que mostra como Grant lida com a situação de amar Harlow e colocá-la em primeiro plano, mas acabar amando também o filho deles a medida que vai o vendo crescer em Harlow.

Para quem acabou o relacionamento no livro anterior, pois tinha medo de amar alguém e perder, dessa vez ele tem que encarar a situação e amadurecer.

Aparece durante a obra os personagens já conhecidos de Rosemary, como Rush, Blaire, Woods, Della e Nan, o que é bom já que pode rever e saber como está a vida de personagens sobre os quais já leu.

Os problemas dos livros da Abby, ao meu ver, é que ela mergulha totalmente nos clichês, cada página tem mais clichês que a outra, e as vezes parece que temos personagens semelhantes nas histórias, pois algumas características ela passa de um para o outro.

Nós já tivemos a volta da Blaire por estar grávida e agora temos uma nova gravidez que acaba unindo um casal que estava separado. Sem falar que durante o sexo as falas poderiam ser de qualquer um dos personagens homens, pois todos tem o mesmo jeito de falar durante essas partes. Algo que devo salientar é que esse livro tem menos cenas de sexo, o que eu adorei, pois gosto mais do foque no romance e não no sexo.

É um livro bonitinho, que em certas cenas encheu meus olhos de lágrimas por ser triste, mas sinto que a série podia não ter tantos clichês, podia usar uns básicos, mais aumentar os personagens de maneira que você fique tão cativado pela personalidade de cada um que nem ligue, eu acho que falta isso, individualiza cada personagem, para que não se repita tantos traços dos outros.

A capa é bonita e eu devo ser a única chata que reparou no sinal perto do olho do homem, mas admito que imagino Grant mais bonito que esse modelo.


- Eu sei. Já imaginava isso. Tenho um avião particular esperando por você no aeroporto. Apenas seja inteligente. Saiba que ela defenderá esta criança acima de qualquer outra coisa. Seja sensível, porque agir como se aquela vida dentro dela não significasse nada para você irá feri-la. É uma parte de você que ela está carregando. Isso faz com que ela ame esse filho ainda mais.
- Mas ainda há um risco. Por quê? Por que fazer isso comigo? Você sabe que eu preciso de você. Isto... esta... coisa não é sequer um bebê ainda. É só um feto. e pode matar você, Harlow. Não posso permitir que nada tire você de mim. Sua mão não iria querer isso. Emmy ficaria arrasada. É alguma coisa religiosa? É alguma merda que a sua avó lhe ensinou? Porque é bobagem! Está me ouvindo? Bobagem.
Por mais que não quisesse pensar no pior, precisava me planejar. Eu não podia deixar Grant despreparado.
- [...] Achei que estivesse sentindo falta do meu belo rosto. Não sabia que estava sentindo falta do prazer - continuou ele no tom de voz provocante, enquanto encontrava o botão da minha calça jeans.

Clique na foto para aumentá-la.

11 comentários:

  1. Cath!
    Adoro os clichês...kkkk
    Não imagino nenhum romance sem eles.
    Bem ainda não li nenhum dos livros da série.
    “Saber é compreendermos as coisas que mais nos convêm.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Top Comentarista fevereiro, 4 livros e 3 ganhadores, participe!

    ResponderExcluir
  2. Apesar de gostar de chlichês, confesso que o que me atraiu na história deles dois foi justamente não ter tanta cena de sexo, mas confesso que acho a escrita da autora interessante, o que acaba me prendendo no enredo.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  3. Que pena, eu estava esperando mais desse livro, principalmente por causa da autora, já li um livro dela e adorei, achei que esse tambem seria otimo.

    ResponderExcluir
  4. Esse é um livro que provavelmente eu não leria, e você deu apenas três estrelas. Não gostei muito.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  5. Apesar da capa ser linda, não faz muito meu estilo. Não gostei da história, mesmo a resenha estando perfeita. Infelismente esse livro não vou ler.

    ResponderExcluir
  6. Que pena o livro ser clichê e sem surpresas. Não curto esse tipo de obra com cenas hot e tal, e também acho que podem ter outros melhores. Não gostei da capa. Sua resenha está ótima ^^

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Faz um tempo que quero ler a serie Rosemary Beach, já ouvi falar muito dos livros e achei interessante as historias e também gostei desse mesmo não achando o melhor da serie mas quero ler !!

    ResponderExcluir
  8. Já tinha ouvido flar da autora e de suas séries...De tirar o fôlego esse heim..adoro histórias assim! Parabéns pela resenha! Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente não tenho curiosidade de ler esse livro, pois ja li diversos comentários negativos que acabou que eu perdi o interesse :(

    ResponderExcluir
  10. Quando li o livro "Paixão Sem Limites" o primeiro da série, gostei muito,não conseguia parar de ler, mas aí fui seguindo até chegar no "A Primeira Chance" onde fiquei decepcionada com o Grant :( , ele é bem diferente do que conta nos outros livros,fiquei com muita raiva hahah,mas ainda não cheguei a ler esse,pois é aquele tipo de livro que a gente já sabe o que vai acontecer (mesmo sem ouvir spoiler),ai acabei deixando de lado.
    Confesso que não sou muito de clichês,essa série foi a primeira que eu li e gostei dos primeiros livros hahah
    http://themoon-more.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir