sábado, 27 de fevereiro de 2016

Resenha Diário de um exorcista de Renato Siqueira e Luciano Milici.




Título: Diário de um Exorcista.

Editora: Generale.

Autores: Renato Siqueira e Luciano Milici.

Ano de lançamento: 2013.

Número de páginas: 226.
Cortesia da editora.



Sinopse:



Desde muito jovem, Lucas é atormentado por inimigos sobrenaturais cruéis e impiedosos. Quando uma tragédia familiar inexplicável abala sua família, o menino desperta para a mais importante e desafiadora missão que um ser humano pode enfrentar: uma luta sem fim contra o inimigo maior do homem e de Deus: o próprio Diabo. Passada nas décadas de 1950 e 1960, a história (baseada em fatos reais) do padre Lucas Vidal - um dos maiores exorcistas da América Latina - é contada em seus mais aterrorizantes e inacreditáveis detalhes. Do rigoroso e pouco ortodoxo treinamento às mais difíceis batalhas contra demônios, possessos e outras entidades sobrenaturais, a trajetória de Lucas e dos irmãos Biaggio contra seres profanos aterroriza o mais cético dos leitores que vai perceber, aos poucos, que além de as criaturas das trevas ganharem mais força a cada ataque, as mais perigosas têm um objetivo único: destruir os padres exorcistas.

Opinião:

Diário de um exorcista conta uma história dentro de outra história. Tudo começa com dois colegas de faculdade precisando entregar um documentário no final do curso de cinema. Então eles vão até a casa do padre Lucas e pedem para ele relatar algum de seus casos de exorcismo. No caminho até a casa do padre coisas estranhas já começam a acontecer. Chegando lá dizem que será uma entrevista livre, sem perguntas, que é somente ele ir lembrando dos fatos e contando para a câmera.

Então o livro te transporta para a história do padre, onde ele conta sobre a família dele, que eram muito unidos, mas após um tempo ele notou gradativamente as coisas em casa estavam se transformando, porém devido a ser muito jovem não entendia o porque.

Com o passar dos dias seu pai se suicida, pois estava possuído e esse foi o primeiro contato que o padre teve com o sobrenatural. Logo após Lucas recebe o chamado para entrar na igreja. Quando se forma ele é contactado para começar um treinamento para exorcizar e coisas muito sinistras começam a acontecer...


Eu adorei o livro, tem um conteúdo muito interessante, e o mais impressionante é que é baseado em fatos reais. No inicio do livro o autor avisa que algumas partes podem ter sido "enfeitadas" para dar um acabamento melhor na obra. Ficou muito bom, mas o que me encantou é não foi possível distinguir o que era verídico e o que era fictício

Achei um livro rápido de ler, de linguagem bem acessível, não notei nenhum erro de português e embora seja a história de um padre, ele não tenta implantar uma religião em ninguém.

O gráfico do livro é muito bonito e intenso, caracterizando bem o assunto, inclusive no interior consta algumas fotos do filme que foi feito baseado na obra. Não que eu acredite (muito) nessas coisas, mas é inevitável sentir um pouco de medo enquanto está lendo, pois um dos pontos marcantes do livro é o suspense. Realmente recomendo a leitura, independente da religião ou crença.


Filho, não perca o entusiasmo, o importante não é para onde a alma vai, mas como ela volta.
Um corpo é como um castelo. Imagine que seu pai havia deixado outro rei sentar-se no trono.
Ele se lembra de quase ser destruído, mas a menina era muito nova e não teve forças. Era necessário que ela se doasse à cruz com muita fé. Não é a cruz que destrói, é a entrega do possuído a Deus.
Clique na imagem para aumentá-la.

10 comentários:

  1. Eita, que louco ser tudo baseado em fatos reais! Adoro livros de terror que tenham base na realidade, pois tudo fica muito palpável e a graça do terror é justamente essa: dar medo! hahaha

    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
  2. Oii! Uoool! Que issso! Eu amooo terror, se me fla então q eh baseado em fatos reais, nuuus!! Me agradou dmais viu! Qro ler com toda ctz! Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser mesmo bem macabro, e ainda mais baseado fatos reais, tudo fica ainda mais assustador =D Fiquei bem curioso com a leitura, parece que realmente a devoramos.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu gosto muito de filmes de terror com essa temática, mas nunca cheguei a ler nenhum livro sobre exorcismo. Sou louco pra ler "O Exorcista". Está na fila há bastante tempo. Adorei a resenha. Fiquei interessado no livro e no filme. Beijos!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito a resenha.
    Fiquei com o pé atrás quando comentou que o padre conta a estória, mas gostei de saber que não tem o foco na religião, gostei muito da capa, amo o gênero, espero em breve ter a oportunidade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  6. Pri!
    O livro é bem interessante, principalmente por ser baseado em fatos reais, adoro livro assim.
    “Nada é pequeno no amor. Quem espera as grandes ocasiões para provar a sua ternura não sabe amar.” (Laure Conan)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    O livro legal e interessante mas não é um gênero que gosto de ler terro e assustador por isso normalmente passo longo e não gostei da historia !!

    ResponderExcluir
  8. O livro parece ser muito bom, mas a capa é bem sinistra, da ate um pouco de medo..

    ResponderExcluir
  9. Mesmo o livro sendo bom e tal, esse não é o tipo de leitura que me agrada, no momento eu passo a indicação.

    ResponderExcluir
  10. Só a capa me dá arrepio! Gostei do enredo, mas não pretendo ler agora.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir