segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Resenha O Mar Infinito de Rick Yancey.


Título: O Mar Infinito.
Série: A 5ª Onda.
Livro I: Resenha.
Autor: Rick Yancey.
Editora: Fundamento.
Número de páginas: 248.
Ano de lançamento: 2015.
Ganhei do blog Confraria Cultural.

Sinopse:

Cassie Sullivan e seus amigos sobreviveram às quatro ondas de destruição provocadas pelos Outros. Agora, com a raça humana quase exterminada e a 5ª Onda encobrindo a Terra, os sobreviventes devem escolher: encarar o inverno e esperar o retorno de Evan Walker ou partir à procura de abrigo antes que o inimigo os alcance. Porque o próximo ataque é mais do que possível – ele é inevitável. Os homens ainda não viram as profundezas até onde os Outros podem descer nem os Outros viram a que alturas a humanidade pode se erguer. Esta é a derradeira batalha entre vida e morte, esperança e desespero, amor e ódio.

Opinião:

Eu ganhei O Mar Infinito em uma promoção do blog Confraria Cultural e devo admitir que fiquei animada, pois o primeiro livro de série, A 5ª Onda, foi muito bom.
 
O primeiro livro foca principalmente na Cassie tentando resgatar seu irmão, no meio da invasão extraterrestre que dominou a Terra, com ajuda de um silenciador (extraterrestre que deveria matá-la) com o qual se envolveu romanticamente, Evan. No término da obra, Cassie consegue fugir com um grupo, mas teve que deixar Evan para trás, sem saber se este viveu ou morreu.
 
O Mar Infinito começa alguns dias depois de quando terminou A 5ª Onda com todos se escondendo em um hotel velho e cheio de ratos enquanto Cassie espera que Evan tenha sobrevivido e a encontre, conforme prometeu a garota.
 
Especialista, por sua vez, vê que precisam arranjar um novo local para ficar, não só pelo hotel estar infestado de ratos, mas pela necessidade de comida também, então vai fazer uma busca para avisar os outros.
 
Acontece que nada sai como o planejado e, logo, os que ficaram no hotel começam a enfrentar problemas, enquanto Especialista confunde Teacup (membro do seu grupo) com um silenciador e atira nela, tendo que escolher matá-la de vez ou se entregar para o inimigo para poderem salvá-la.
 
O começo da obra é um pouco confuso, só quando entrar a parte de um personagem em especial que você vai conseguir se situar totalmente, mas acaba que essa confusão é necessária para dar a devida ação à obra.
 
Algo muito positivo é que o autor deu abertura há vários personagens nesse livro, desenvolvendo bem cada um deles e dando espaço para aparecerem mais, não só focando na Cassie (embora eu goste do foco na Cassie, pois adoro o romance dela com Evan).
 
Também se descobre mais sobre a Especialista que era uma incógnita, aos poucos se vê que existem motivos por trás do seu temperamento e que ela é uma garota bem forte. Acredito que, as suas maneiras, ela e Cassie conseguem manter a força feminina na história, enquanto os homens, com suas armas, parecem mais impulsivos.
 
O final traz uma surpresa, que obviamente não contarei, abrindo margem para imaginar o que vai se passar no próximo, deixando a sensação de que vai ter muito mais ação e suspense, pois o autor foi interligando cada vez mais os personagens e já dando charadas para como podem salvar o mundo da invasão.
 
Leitura totalmente recomendada por mim para quem gosta de distopia, invasão alienígena e ação, bem como o romance, que embora não seja o foco, é muito bem desenvolvido.


Ele começou como Evan, acordou 14 anos depois para descobrir que não era e me contou que depois acordou novamente quando se viu através de meus olhos. Ele se encontrou em mim e então eu o encontrei em mim e eu estava nele e não havia espaço entre nós. Ele começou me dizendo tudo o que eu queria ouvir e terminou me contando o que eu precisava ouvir: a principal arma para erradicar os humanos parasitas eram os próprios humanos. E, quando o último "infectado" estivesse morto, Vosch e companhia iriam desligar a tomada da 5ª Onda. Expurgar. Casa limpa e pronta para a mudança.

Evan abriu os olhos. Quando pensei em escrever algo sobre o tom quente de chocolate derretido, algo em mim desmontou. Por que ele exercia esse efeito devastador em mim? Aquela não era eu. Por que permiti que ele me beijasse e me acariciasse e ficasse atrás de mim como um cachorrinho alienígena perdido? Quem era essa cara? De que versão distorcida da realidade ele se transportou para entrar na minha versão distorcida? Nada se encaixava. Nada fazia sentido. Apaixonar-se por mim pode ser o mesmo que se apaixonar por uma barata, mas como explicar a minha reação a ele? Que nome dou a ela?

Agora compreendo o jogo dentro do jogo: não há nada secreto, nada sagrado. Não existe parte de mim oculta dele. Sinto-me enjoada. Ele profanou mais do que as minhas lembranças. Ele está molestando a minha alma.
- O jeito com que você faz piadas. como se nem soubesse que é uma piada, e é uma piada sobre você mesma.

16 comentários:

  1. Cath!
    Gosto demais da ficção que tem extra terrestre, é a mais pura e original.
    E claro com o lançamento do filme, quem não quer ler os livros da série?
    Menos confuso no começo, dou uma chance de leitura.
    “Um brinde cheio de entusiasmo e sensibilidade com aquele brilho nos olhos de criança descobrindo o mundo por todos os bons sentimentos que fazem bem a alma ,um brinde exatamente aquelas emoções mágicas que nos tornam melhores,um brinde a beleza de ser um eterno aprendiz .” (Giovanni Dulor Chagas)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  2. Oi Cath eu só leio vários elogios pra essa série eu estou com muita vontade de ler o primeiro livros antes do filme estréa e com certeza vou ler a continuação e você fez uma resenha incrível bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Eu ainda não assisti o filme, estou doida para ver.

      Excluir
  3. Oi Cath, apesar de A 5º Onda está entre os meus desejados, eu ainda não o li, e consequentemente este também não. Mas fico mais do que satisfeita em ver que esta sequência ficou tão boa quanto a outra.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conhecia a série, confesso que não li muitos livros assim, acho que devo conhecer mais esse tipo de estória. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  5. Eu amo disporia, tipo Estilhaca-me, Divergente... O q me deixou receosa com a leitura foi os alienígenas, não gosto muito de ETs rsrs mas daria uma chance ao livro, pq fiquei curiosa lendo a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estilhaça-me <3 Warner <3 ahh, nem fala! Adoro!
      Não é aquela coisa de ET tipo de filmes kk.

      Excluir
  6. Olá.. Conheço o livro A 5ª onda, mas ainda não li e não sinto muito interesse de ler rs, mas sei que o filme vai ser lançado e vou querer assistir pra matar a curiosidade rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não assisti o filme, mas quero ver logo.

      Excluir
  7. Já ouvi vários comentários positivos sobre a série , mas não tive oportunidade de lê-los, fiquei bem interessada, porém quero ler desde o começo,assi que eu tiver oportunidade vou adquiri-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem que ler o primeiro antes, senão vai fica perdida nesse.

      Excluir
  8. Boa noite!
    Gostaria de saber se Evan e cassie vão ficar juntos no mar infinito? Estou ansiosa para saber, pois são os meus personagens preferidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ALERTA DE SPOILER! Sim, eles vão se encontrar. =D

      Excluir