sábado, 16 de janeiro de 2016

Resenha Marianas - A civilização dos sonhos de E. Chérri Filho.


Título: Marianas - A civilização dos sonhos.
Autor: E. Chérri Filho.
Editora: Giostri.
Número de páginas: 260.
Ano de lançamento: 2014.
Cortesia do autor.


Sinopse:

O extraordinário amor entre um homem e uma sereia nasce e enfrenta grandes dificuldades em meio à disputa de poder no fundo dos mares, numa civilização amiga cuja existência é negada ou escondida pelos livros de História. Jeremy e Licia operam um no outro grandes transformações de pensamentos e sentimentos, em razão do que vivem, inusitado, intenso e sincero. Embarque com eles nesta viagem da qual certamente você não voltará o mesmo.

Opinião:

Olá pessoal, não me julguem... nunca li um livro com essa temática, então espero que minha resenha tenha ficado boa. Achei o livro muito legal e espero que vocês também gostem.

Jeremy é um cientista, e desde a sua infância cultivou uma paixão pelo mar. Quando se juntou com Renato Franchi começaram a acreditar que existiam criaturas marinhas (sereianos), e através de muita pesquisa e relatos Jeremy, resolve fazer um estudo científico  nas Ilhas Marianas, pois haviam muitas histórias sobre aparições nessa região. Chegando na ilha ele resolve fazer uma exploração de reconhecimento, muito curioso e ansioso não conseguiria esperar até amanhecer, pega sua roupa de mergulho e começa a descer observando tudo a sua volta. Quando decide voltar a superfície após algum tempo ele sente um toque sutil em seu rosto, algo inexplicável como uma mão humana, seria possível isso?? Ele busca a seu redor, mas esta muito escuro para ter uma visão e decide definitivamente voltar ao barco e esperar amanhecer.

Retornando ele informa ao Renato Franchi, seu patrocinador, sobre o que tinha acontecido e extremamente empolgado acorda cedo pegando o submarino para explorar e conseguir ir mais fundo. Porém nada acontece.

Frustrado com a experiencia, Jeremy resolve voltar ao fundo do oceano com a sua roupa de mergulho. Empolgado ele ultrapassa a barreira que sua roupa de mergulho aguenta, passa mal e tudo escurece. Assustado acorda no fundo do mar, e está sendo observado pela ariata/sereia  Licia, a qual o salvou, ela é parte dos ariatas azuis, eles tem como habito espalhar o amor, e consequência disso foi seu salvamento. Ele fica encantado com sua aparência e deseja muito descobrir tudo sobre sua civilização, mas principalmente sobre ela.


As coisas se complicam quando Gléssios, irmão de Licia, descobre que ela estava escondendo um humano. Era lei  que humanos não eram bem-vindos, em função de antepassados que se envolveram e acabou não dando certo. Após uma reunião entre os lideres Jeremy é aceito pelos ariatas, pois era perigoso demais ele voltar a superfície e mostrar a todos que eles existiam. Licia fica em êxtase pois está encantada e apaixonada por Jeremy, e incrivelmente é correspondida.

Quando as coisas começam a acalmar, embora o romance tenha que ser em segredo, pois é proibido, a história toma um sentido diferente quando os inimigos ariatas vermelhos descobrem que os ariatas azuis estavam com um humano: eles sequestram o cientista. E assim começa uma missão de resgate, só que os ariatas azuis tem que tomar cuidado, pois essa civilização tem como missão espalhar o ódio e  dominar todo o reino, sendo formada por guerreiros.

O enredo é legal, só acho que deveria ter sido mais trabalhado, talvez faltaram páginas para deixar tudo num ritmo mais gostoso, o romance não foi bem desenvolvido, acredito que um bom romance é aquele que você torce para acontecer o primeiro beijo, e o livro narrou isso de uma forma em que não senti essa expectativa, foi muito fácil, rápido, me senti traída.  E não só o beijo, mas tudo aconteceu rápido demais, me senti correndo enquanto lia, pois mal terminava um capitulo e já aparecia outra reviravolta.

Segunda coisa que me incomodou foi a falta de numeração nas páginas, olhei, procurei... não achei, não sei se é só EU, mas isso me deixou um pouco decepcionada. É pouca coisa, mas senti falta... O resto achei muito bom: tamanho de letra, páginas e capa.

Recomendo sim o livro, tem potencial... Ele passa uma incrível lição de amor ao próximo e a qualquer criatura, mostrando que por menor que seja uma ação ela pode tomar grandes proporções.



Desde criança, Jeremy já demonstrava sua paixão pela vida nas profundezas do mar. Muitas vezes fora incompreendido pelos amigose parentes. Na escola, seus professores o consideravam um garoto com sérios problemas de comportamento.
Em suas primeira braçadas de retorno a bordo, Jeremy sentiu um leve toque na face perto dos lábios. Numa reação instintiva da autoproteção, contorceu-se de forma brusca, ao mesmo tempo em que seu coração disparava.
Licia será isca para atrair os demais azuis. Enquanto isso, as fêmeas ouvem Zorguin e ficam totalmente enciumadas, e bolam um plano. Elas querem dar um jeito de soltar Licia para que suma de vez de perto do seu macho. Sabia que ele não mataria Licia; mesmo matando os demais azuis, ele a preservaria como sua preferida.

14 comentários:

  1. Oi Pri, eu nunca li um livro que tem sereias essa coisas achei a sinopse bem interessante já coloquei na minha lista de leitura e você fez uma resenha incrível bjs.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho paixão por qualquer ser sobrenatural mas sereia nunca me chamou muito a atenção. Gostei dessa guerra entre os azuis e os vermelhos e com certeza leria a historia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena a leitura... Recomendo...

      Excluir
  3. Olá, esse livro me interessou bastante, com certeza eu leria, mas isso de não ter numeração nas páginas me deixou triste, e quanto o romance sou daquelas que torce muito pelo primeiro beijo e gosto desse momento todo detalhado rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... Também fiquei chateada com a questão da numeração... Mas é mero detalhe... E o beijo... Ah... Esse sim eu queria mais detalhes, suspense enfim... Obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Oi Pri, relaxa, a resenha ficou muito boa sim. Gostei do livro, até por envolver sereias. Espero ler e comprovar suas palavras.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. ahaha Amei a resenha Pri. Obrigado. Vou usar as dicas p o Marianas ll...
    Só no caso do romance, não podemos esquecer de que não é um amor entre um homem e uma mulher. Vc não encontra uma sereia sempre.(rs) Nem um Tritão...por isso o amor repentino. Mas eu entendi a sua colocacao. No 2 estou detalhando mais e mais e adicionando páginas de amor e acontecimentos com maiores detalhes. Obrigadoooo :) mil bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tu gostou da minha resenha... fico muito honrada com isso... que bom que compreendeu as colocações e espero ter a oportunidade de ler a continuação. ;*

      Excluir
  6. Acho que eu compraria esse livro só pela capa haha, sua resenha ficou ótima,pude entender do que se trata o livro e fique bem curiosa para ler,espero faze-lo em breve.

    ResponderExcluir
  7. Pri!
    As sereias são um mito e daqueles que cremos que existem mesmo de certa forma.
    Interessante ver que tem sereias do bem que espalham amor e sereias do mal que geram ódio e outros sentimentos nefastos.
    “ Educação é uma coisa admirável, mas é bom recordar que nada do que vale a pena saber pode ser ensinado.” (Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é muito legal olhar o mundo pelos olhos de outra pessoa. Eu nunca imaginaria tantas coisas assim para o mundo das sereias.

      Excluir