sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Resenha Gatos Sortudos de Juliana Bussab e Susan Yamamoto.


Título: Gatos Sortudos - Histórias emocionantes de bichanos resgatados.
Autoras: Juliana Bussab e Susan Yamamoto.
Editora: Livros de Safra.
Número de Páginas: 226.
Ano de Lançamento: 2011.
Cortesia da Editora.

Sinopse:

Quem não gostaria de ter um gato de botas como aliado? Volte a infância e lembre o que o gato de Charles Perrault, herança do filho mais novo do moleiro, conseguiu a ele em troca de um par de botas e um saco. Ficamos adultos e vai-se longe a possibilidade de casar com uma princesa, ter um castelo, ficar amigo do rei. Mas se gatos de botas não existem de verdade, existem os Gatos sortudos. As histórias deles em vários casos se aproximam de um conto de fadas, tem pelo menos um final feliz e muitas emoções no seu desenrolar. Descubra o que se passou com a Chica, que caiu do sétimo andar e tendo por isso ficado paraplégica e encontrado uma protetora que lhe deu ajuda e carinho e hoje compartilha muitos momentos felizes. Ou então com o Ozzy que teve dificuldades para aprender a andar, comer ou usar a caixinha, mas superou tudo isso, já foi até entrevistado em programa de televisão e está todo bonitão aqui na capa do livro. Além deles têm a Pietra, a Emília, o Romeu e vários outros cujas histórias vão lhe emocionar e fazer rever um pouco da relação dos homens com os felinos e com os animais em geral, entender porque ocupam um papel tão importante na vida contemporânea. Se você já tem um gato, sabe do que estamos falando, vai encontrar aqui um pouco do que vive com seu bichano. Se está apenas pensando em encontrar um companheiro, mas ainda tem dúvidas, melhor não ler este livro. Se continuar a leitura, é certeza que terá em breve um novo habitante na sua casa. Se além de belas histórias de gatos e gente, quiser também conhecer a história de gente que se mobiliza de verdade pelos gatos, é só ler o anexo do livro com o histórico da ONG Adote um gatinho. Ah, todos os direitos autorais se transformarão em recursos para que o trabalho não pare!
Opinião:

Gatos Sortudos - Histórias emocionantes de bichanos resgatados é um livro maravilhoso, e me deixou muito feliz de ele ter vindo parar em minhas mãos. Neste livro Juliana Bussab e Susan Yamamoto contam a história de sofrimento e superação de 15 gatinhos em 12 capítulos, alguns gatinhos dividiram capitulo com outros já que suas histórias eram 'a mesma'.

O livro começa com um prefácio escrito por Teté Ribeiro, amiga jornalista de Juliana e Susan. Logo depois, temos uma introdução escrita especialmente por Ozzy, um dos gatinhos de Susan, ele introduz um pouco da história das duas amigas, de como se conheceram e surgiu o Adote Um Gatinho. Ozzy também nos adianta um pouquinho de sua história que foi contada em um dos últimos capítulos. Após a introdução começam as histórias dos gatinhos narrados por Juliana ou Susan. E na seguinte ordem somos apresentados à: Pietra, Chica, Boludo e Bolota, Paquita, Chico, Emília, Bibi e Bobó, Preferida e Predileta, Ozzy, Magoo, Romeu e Joliet.

No livro tem diversas histórias com situações que muitas vezes nem sequer imaginamos que possa acontecer, mas acontecem e muito mais do que imaginamos. Gatinhos que acabam tendo a patinha amputada como foi o caso de Pietra. Ou a Chica que caiu de um prédio e ficou paraplégica. Bibi e Bobó que também ficaram paraplégicos... Bibi foi atacada por cachorros quando ainda era filhote e Bobó levou uma paulada de um vizinho, ambos acabaram paraplégicos e acabaram se encontrando na casa de Susan e o amor foi instantâneo. Animais que foram pegos por colecionadores... Como Paquita e Romeu. Colecionadores são pessoas com problemas psicológicos e para suprir alguma coisa acabam pegando todo e qualquer animal que vêem na rua, mesmo sem ter condições de se manter e manter os animais, e acaba vivendo em condições precárias e matando os animaizinhos de fome.

Apesar de dizer que gatos não se apegam, não acredite... Se apegam sim e podem morrer (literalmente) de saudades do seu dono. Sabia que uma gripe pode cegar gatinhos muito novos? Foi o que aconteceu com Emília. E crianças brincando com filhotinhos se não tiverem cuidado pode causar danos irreversíveis a eles, causando até a morte. Por isso é preciso educar nossas crianças. São tantas histórias, uma mais emocionante que a outra e eu gostaria de contar todas, mas vocês precisam ler o livro e não seria justo contar.

Este livro foi amor à primeira página, sou suspeita para falar, pois amo gatos e animais em geral. Mas o livro é maravilhoso mesmo. Cada página me prendia mais e mais, eu queria saber o que aconteceu com aquele gatinho e se conseguiu um dono e um final feliz. Eu jurava que todos teriam um final feliz, mas nem todos tiveram... Acontece. E eu chorei, me emocionei muito com essas histórias. E gostaria de fazer muito mais para ajudar os animais, já tenho isso em mim e tenho até alguns propósitos na vida como adotar alguns gatos e cães quando eu tiver minha própria casa. Pensar que muito animais passam pelo abandono, maus tratos e sofrimento me parte o coração. 

No fim do livro tem um anexo contando sobre a ONG Adote Um Gatinho, como surgiu, recapitula algumas histórias e conta novas brevemente... Fala também das conquistas do AUG e de como é importante que as doações sejam feitas para ajudar os gatinhos. O AUG tem uma lojinha e vende produtos com a marca da ONG para arrecadar dinheiro. Costumam também fazer campanhas de castração e além de gatos, castram também cachorros.

Não preciso nem dizer que amei o livro e ele esta guardado no meu coração com os meus favoritos. A capa é linda e fofa, tem a cor da ONG que é o roxo e esse gatinho com a cara mais meiga do mundo que é o Ozzy. Adorei o fato de nas primeiras páginas ter fotos dos gatinhos que tiveram suas histórias contadas no livro e antes de começar os capítulos tem frases inspiradoras sobre gatos. AMEI que junto ao título de cada capitulo tem um desenho do(s) gatinho(s) que tem a história contada ali, e eles se parecem mesmo com os gatinhos. Existem alguns erros de digitação no livro, mas nada muito escandaloso. O livro e capa estão em ótima qualidade, a Livros de Safra nunca decepciona nesse quesito.


Alguns são assim. Depois de uma vida toda de fome e maus tratos, eles ainda encontram forças para amar um ser da mesma espécie daquele que lhe causou tanta dor e sofrimento anteriormente. 
Não havia quem não se derretesse por ela: Emília era charmosa, fazia pose, não tinha autopiedade; pelo contrário, ela era valente e feliz. Parecia sempre estar sorrindo. 
Ás vezes a gatoeira funcionava, e quando íamos ver, adivinhem? Eram gatos machos. Capturamos uns cinco gatos assim, e nenhuma fêmea, o que nos levou a acreditar que realmente as gatas são mais espertas.

4 comentários:

  1. Olá Pamella,
    Tô apaixonadaaa <3, confesso que livros que contam histórias de animais são meus prediletos, sempre quando vou comprar algum livro procuro por esses primeiro hahah, Gatos Sortudos eu não conhecia ainda, mas fiquei babando pra comprar depois desta resenha, colocarei já na minha listinha de metas para 2016.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Historias muito lindas desse gatos adorei bem fofo e inspirador já acho uma boa leitura este livro muito cativante.

    ResponderExcluir
  3. Este não me interessou muito, por isso eu passo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Pamella!
    Livros que contam histórias de animais são sempre comoventes.
    Imagino o que esses gatinhos passaram para receberem destaque no livro.
    É sempre uma boa leitura.
    “ Educação é uma coisa admirável, mas é bom recordar que nada do que vale a pena saber pode ser ensinado.” (Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir