quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Resenha Magia do Sangue de Nora Roberts.


Título: Magia do Sangue.
Trilogia: Primos O'Dwyer # 3.
Autora: Nora Roberts.
Editora: Arqueiro.
Número de páginas: 288.
Ano de lançamento: 2015.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Há muitos anos, Branna O’Dwyer entregou seu amor a Finbar Burke. No entanto, o romance durou pouco. Uma maldição ligada ao sangue de suas famílias os proibiu de ficar juntos. Branna tentou preencher esse vazio com amigos e familiares, mas sabe que, sem Fin, sua vida nunca estará completa. Ele, por sua vez, passou os últimos doze anos viajando pelo mundo, focado exclusivamente no trabalho. Atormentados pela forte atração que nem a distância pôde aplacar, nenhum dos dois acha que um dia se entregará de novo ao amor. Entretanto, em meio às sombras que ameaçam destruir tudo o que eles consideram mais precioso, esse relacionamento sem futuro pode ser também a última esperança que lhes resta.
Opinião:

Magia do Sangue é o terceiro e último livro da Trilogia dos Primos O´Dwyer que tem a missão de derrotar o bruxo das trevas Cabhan já que sua antepassada Sorcha não conseguiu derrotá-lo.

O primeiro livro, Bruxa da Noite, focou no relacionamento de Iona e Boyle, o segundo, Feitiço da Sombra, no romance entre Meara e Connor e então temos o esperado (por mim) desenrolar da história de Branna e Finbar.

Fin é descendente de Cabhan, por isso quando ficou com Branna, na adolescência, a marca, que Sorcha amaldiçoou todos os descendentes a terem, apareceu e Branna encerrou o relacionamento que tinham. 

Quando Iona surgiu na Irlanda Fin voltou para casa, pois sabia que tinha que fazer parte da derrota de Cabhan e aos poucos Branna foi aceitando a participação dele no grupo, mas agora eles tem que trabalhar juntos nas poções e terminam se reaproximando, por consequência, o amor que nunca morreu fica ainda mais evidente.

Eu adorei que o romance entre eles não é meloso e nem faz o livro parar, temos primeiramente aquele debate entre princípios, mas quando Branna finalmente resolve que vão ficar junto o livro não fica enjoativo e sim acrescenta mais um ingrediente.

O problema ao meu ver é que você já sabe basicamente o que vai acontecer, pois a autora usou o mesmo rumo nos três livros, primeiro começa com lembranças dos filhos de Sorcha, os primeiros três, então os atuais três se debatem para saber como e quando destruir Cabhan, depois o casal fica junto e no final do livro temos a batalha. Acho que a autora podia ter mudado um pouco a ordem para não ficar tão previsível.

A revisão desse ficou muito melhor que dos anteriores, mas teve umas horas que um personagem falava e logo após parece que foi outro personagem que falou e trocaram os nomes, não sei se é algo da autora ou da revisão.

Mas no geral a história de Branna e Fin foi a que eu mais gostei, não só por ter cachorros (haha), mas eu adoro uma história meio trágica de amor. Embora ao meu ver Branna fez um auê quando terminou com Fin na adolescência que podia ser evitado, mas adolescentes são emocionais (eu ainda sou e não sou mais adolescente) então é entendível.

Admito que não achei Nora Roberts tudo aquilo que falam dela, porém eu apreciei muito a trilogia e acho que vale a pena ler se gosta de romance. Cabe salientar que romance é o foco, a magia e aventura é o pano de fundo.

Quando a capa ficou muito bonita e retrata aonde eles moram e o cachorro da Branna, o Kathel.


Algodão egípcio, tigelas de porcelana e uma almofada adamascada, pensou Branna. O cão do estábulo se tornara um pequeno príncipe.

- Pode me chamar de idiota, porque eu mereço. Não pensei nisso, mas agora vejo claramente. Não pensei na primeira coisa que você falou, porque você não tem nada a ver com o que Cabhan fez, o que tentou fazer comigo. Eu não pensaria nele quando você me tocasse, Fin. Nisso você está errado. Era o que ele queria que você pensasse, e parece que conseguiu.

- Então isso que aconteceu enquanto o velho estava deitado morrendo. Irrompeu, não é? Arremessando-nos de volta, quebrando qualquer feitiço sob o qual estivéssemos. E estava frio, você se lembra? Sentiu isso? Ficou brutalmente frio por um instante antes de aquilo acabar e eu acordar em minha própria cama.

7 comentários:

  1. Cath!
    Um romance que se passa na Irlanda já chama minha atenção e ainda mais sendo da Nora, melhor.
    Tem alguns livros dela que deixam mesmo um pouco a desejar, mas os primeiros são maravilhosos.
    “Sonhar é acordar-se para dentro.” (Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  2. Cath, sempre que via essa serie, imaginava sim, que a magia e aventura fosse o grande foco dela, já que as capas nos mostram um pouco disso.
    Vejo muitos elogios para Nora Roberts, mas ainda estou insegura em relação á leitura, pois até hoje não me vi atraída por suas obras.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cath....
    bom nao li nada da autora...mas essa trilogia parece bacana...gosto quando o romance e o foco ...e a aventura e magia apenas plano de fundo....me parece que e um briga antiga com esse bruxo...muito legal...bom e isso.....otima resenha....obg pela dica....bjs...

    ResponderExcluir
  4. Reconheço que não foi um dos melhores da autora, mesmo assim gostei muito da trilogia. Espero que você leia outros livros dela e comprove o quanto ela é boa.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  5. Bem eu nunca li nenhum livro da autora infelizmente, mas sempre leio comendatários positivos como o seu. Gostei da trama da historia me pareceu ser muito boa!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Li uma serie da Nora Roberts para conhecer sua escrita e gostei muito, fiquei interessada nessa serie dela, li a resenha dos primeiros livros e gostei do tema que ela aborda e do cenário e fiquei interessada !!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu fiquei bem empolgada logo que essa trilogia foi lançada, mas depois de ler algumas resenhas vi que não era bem o que estava imaginando... Pensei que a magia seria o foco. Já li alguns livros da Nora e gostei, talvez essa trilogia não seja uma das melhores da autora. Para falar a verdade nem sabia que o último livros já tinha sido publicado hahah
    Beijos

    ResponderExcluir