terça-feira, 12 de maio de 2015

Resenha Enquanto eu te esquecia de Jennie Shortridge.


Título: Enquanto eu te esquecia.
Autora: Jennie Shortridge.
Editora: Única.
Número de Páginas: 384.
Ano de Lançamento: 2014,
Cortesia da editora.

Sinopse:
Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente. Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação? Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.
Opinião:

Enquanto eu te esquecia conta a história de Lucie, uma mulher de 39 anos, que perde a memória e acaba em outra cidade sendo encontrada na beira do mar totalmente confusa.

Quando Lucie chega ao hospital começam a procurar sua família, já que fica claro que ela está com amnésia.

Assim alguns dias depois aparece seu noivo Grady e embora ela tenha uma boa impressão sobre ele não consegue se recordar de nada. Acontece que quando Lucie volta para casa fica claro que ela está totalmente diferente da Lucie anterior, que gostava de coordenar tudo, era reservada e apreciava passar o tempo trabalhando.

Só que a nova Lucie não gosta da Lucie anterior que acaba descobrindo aos poucos por meio de outras pessoas e começa a se questionar se Grady consegue gostar desse seu novo eu, ou ama só a antiga.

Porém, nessa busca de Lucie por respostas ela acaba descobrindo muito mais do que esperava, especialmente sobre a sua infância, e o que a tornou aquela pessoa reservada.

O ponto alto da obra é que mostra não somente o ponto de vista de Lucie, mas do de Grady e de sua tia também, então pode ver como a mesma situação afeta três pessoas.

Outro ponto que gostei muito foi que o livro poderia ser uma história que encontra no mundo real, ele é vívido, os personagens são humanos, tanto nos acertos quanto nos erros.

Eu me via em alguns traços da Lucie antiga e outros na nova, foi como olhar de fora e pensar "Isso deve ser meio chato para os outros" como minha mania de programar tudo, especialmente as adaptações que desejo ver no cinema, que tem um cronograma de meia hora antes para não dar nenhum atraso e problema para a sessão.

O livro cativa na sua simplicidade, é algo que pode acontecer com qualquer um, mas eu não vou dar spoiler a vocês. Mas aviso que a obra não tem muita ação, não vá querendo uma grande aventura, pois a aventura da Lucie é mais interior.

Achei a obra linda, só fiquei com uma sensação de quero saber o que acontece depois no final e a capa condiz com o enredo, já que Lucie foi encontrada na Baía de São Francisco antes de ser levada para o hospital.



"Machuquei você?", ela perguntou, e ele sacudiu a cabeça. "Você precisa me contar as coisas". "Um monte de coisas. Tudo".
O homem, Grady, tinha sido o exemplo perfeito do informal. Parecia confortável, como se não ligasse muito para roupas, o que agradou Lucie. E por mais que estivesse reagindo contra tudo isso, sabia que ele estava falando a verdade. Ele a conhecia. Tinha viajado tudo aquilo por causa dela. Devia amá-la.
Mordeu o lábio. Os melhores segredos sempre estavam ao fundo ou na parte de trás de uma gaveta.

7 comentários:

  1. Oi Cath's, eu ganhei este livro, mas infelizmente ainda não tive tempo de ler. Me apaixonei pela capa assim que ele foi lançado. Espero ler muito em breve e matar a curiosidade.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. adoro tramas nesse estilo: amnésia e tal
    estou doido para ler este *-*
    comprei ele, mas ainda está na minha estante parado... =/
    parece ser ótimo!

    ResponderExcluir
  3. Oi, já tinha visto o livro e a capa e o nome me chamaram a atenção. O livro me interessou, quero saber o que vai acontecer com Lucie. Bjus.

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do enredo do livro, pois apesar do livro envolver a amnésia, ele acaba contendo mistério para que o leitor reflita sobre o que realmente aconteceu com a personagem!

    ResponderExcluir
  5. Cath!
    Ando precisando ter uma amnésia dessas..kkkk
    Deixar o passado e começar a viver uma nova história sem me lembrar de ninguém..kkkkk
    Brincadeira!
    Agora quero é saber como ficou a Lucie e se ela recobra a memória?
    “Nada é por acaso...Acredite em seus sonhos e nos seus potenciais....Na vida tudo se supera..”(Mema velame)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, mas infelizmente o livro não pe o meu estilo, então não pretendo ler por enquanto.

    ResponderExcluir
  7. Gosto de tramas em que a narrativa é dividida por mais de uma persongem, pois, assim, podemos ampliar mais um pouco nossa visão dos acontecimentos. Outra coisa legal é essa proximidade com o real. Enfim, se river oportunidade, dou uma conferida.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir