segunda-feira, 16 de março de 2015

Resenha Insurgente de Veronica Roth.


Título: Insurgente.
Autora: Veronica Roth.
Trilogia: Divergente.
Editora: Rocco.
Número de Páginas: 512.
Ano de Lançamento: 2013.

Sinopse:
Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor. 
Opinião:

Divergente começou a contar a história de Tris e seu mundo dividido em facções. Depois que houve uma tentativa de assassinar todos os membros da Abnegação por parte da Janine da Erudição, o pessoal que sobreviveu foi se refugiar na sede da Amizade.

Mas esse tempo não dura muito, pois logo eles tem que sair, já que precisam fazer algo a respeito e a Amizade não quer se meter no assunto.

Eu comecei a ler esse livro assim que saiu, mas, depois de 200 páginas, deixei ele de lado, pois tinha decaído muito perto do primeiro. Agora que está perto do filme, resolvi terminar de ler antes, e aconteceu que depois das duzentas e poucas páginas a obra dá um “up”.

Tris está muito abalada pela morte dos pais e também por ter assassinado Will durante a simulação no primeiro livro, para piorar, sua relação com Quatro está tensa, já que ela desenvolveu uma culpa que a faz arriscar a própria vida. Acho que foi esse o ponto que senti mais, no primeiro livro Tris está sempre indo em frente não importa o que aconteça, e nesse ela quer em uma porcentagem morrer para não ter que encarar a dor.

No final da obra, nós descobrimos o motivo por trás da do ataque à Abnegação. Acontece que eles queriam divulgar algo a todos e Janine não desejava, por isso, recorreu á simulação, que obrigou os membros da Audácia assassinarem os da Abnegação, pois o soro da simulação tirava a capacidade deles pensar por si mesmos, só nos Divergentes que não funcionava.

Porém, eu já suspeitava de metade do motivo, então não foi aquele grande final que me fez dizer "uau" e por causa desses itens o livro não foi tão bom quanto o primeiro, pelo qual me apaixonei. Mas não é um livro ruim, quando chega na página 300 Tris já está parecendo ela mesma e começa a te envolver na agitação e te faz mergulhar na obra como foi durante o primeiro.

Como a escrita da Veronica é em primeira pessoa e da perspectiva da Tris acaba sendo uma leitura bem rápida de se fazer e os personagens são ótimos, com várias nuances. Com exceção dos itens que falei, o livro foi bom e conseguiu fazer valer a pena nas suas últimas 200 páginas, que recompensaram totalmente as primeiras, ao meu ver.




A tristeza não é tão pesada quanto a culpa, mas rouba mais de nós.
Ele desliza a mão sobre a minha bochecha, com um dedo preso atrás da minha orelha. Depois, abaixa a cabeça e me beija, fazendo um calor se espalhar por todo o meu corpo. Agarro os seus braços, segurando-os ali pelo máximo de tempo possível. Quando ele me toca, o sentimento de vazio no meu peito e estômago tornam-se quase imperceptível.
As pessoas são compostas de camadas e mais camadas de segredos. Você pode achar que as conhece, que as entende, mas seus motivos estão sempre ocultos, enterrados em seus próprios corações. Você nunca as conhecerá de verdade, mas às vezes decide confiar nelas.
Às vezes, quando queremos a verdade, precisamos exigi-la.
Escolhas podem ser refeitas.
Não posso falar que preciso dele. O fato é que não posso precisar dele. Na realidade, não podemos precisar um do outro, porque quem sabe quanto tempo vamos durar nessa guerra?
O valor do sacrifício está na necessidade, e não em jogar sua vida fora!

8 comentários:

  1. Gostaria de ler a trilogia Divergente para saber se eu vou gostar tanto como as pessoas amam =) Não pretendo ler agora, pois já tenho alguns livros para ler! Já vi várias opiniões sobre a trilogia, uns dizem que amaram, outros dizem que não gostaram do final, o que me resta é ler e saber qual a minha opinião sobre a trilogia. Insurgente é um livro que desperta a curiosidade do leitor para saber o que ai acontecer posteriormente do que aconteceu no primeiro livro, mas, infelizmente, nem todos gostam do resultado. Espero que o filme faça tanto sucesso quanto ao primeiro. ;)

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler essa trilogia, infelizmente eu cometi o erro de assistir divergente primeiro, então sempre que penso em comprar os livros, fico com medo de ficar entendiada e não ler por já conhecer a história, a resenha ficou ótima, torcendo para que o segundo filme seja tão bom quanto o primeiro.

    ResponderExcluir
  3. Adoro distopias, mas ainda não tive oportunidade de ler essa trilogia. Então, acabei que nem assisti "Divergente" também. Que bom que a trama deu um belo salto de qualidade na segunda metade desse segundo volume. Agora é torcer para que o filme seja fiel, e o desfecho da série seja ótimo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Amei de todo o coração o filme Divergente, mas nunca criei coragem pra comprar o livros, kkkkk, o fato de você ter te decepcionado no começo, me deu uma desencorajada! Mas a resenha ficou incrível :)!
    Ahh, acabei de criar um blog e gostaria que você desse uma olhada na primeira resenha que fiz na vida, rsrs >> http://meumundoempaginasfz.blogspot.com.br/2015/03/resenha-1-o-lado-mais-sombrio-ag-howard.html

    ResponderExcluir
  5. Amei de todo o coração o filme Divergente, mas nunca criei coragem pra comprar o livros, kkkkk, o fato de você ter te decepcionado no começo, me deu uma desencorajada! Mas a resenha ficou incrível :)!
    Ahh, acabei de criar um blog e gostaria que você desse uma olhada na primeira resenha que fiz na vida, rsrs >> http://meumundoempaginasfz.blogspot.com.br/2015/03/resenha-1-o-lado-mais-sombrio-ag-howard.html

    ResponderExcluir
  6. Eu decepcionei com o filme de Divergente, achei que o diretor não soube deixar as cenas de ação eletrizantes como eram no livro. Mas insurgente, apesar de o livro não superar o primeiro, acho que o filme vai ser bom. Quero assistir logo, pois as opiniões estão bem divididas e quero ter a minha... Sendo bem sincera, sou suspeita pra falar porque gosto muito da trilogia :)

    ResponderExcluir
  7. super curto mas ainda não li essa trilogia. Então, também não assisti "Divergente" mais me chamou bastante atenção em querer ler.. ^^

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Li essa trilogia "Divergente" e de todos os livro "Insurgente" foi o meu preferido, me surpreendi muito com o filme pois não tinha gostado de divergente e foi assistir sem muitas expectativas mas simplesmente adorei acho que todos o pontos que divergente me desagradou eles conseguiram consertar com Insurgente!!!

    ResponderExcluir