terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Resenha Os livros de Esteros.


Título: Os livros de Esteros.
Autor: Aldemir Alves.
Editora: Selo Jovem.
Numero de Páginas: 408.
Ano de Lançamento: 2014.

Sinopse:
Fedors: — A minha consciência é atormentada por milhares de vozes e cada uma traz-me milhares de histórias, e a cada história sou o vilão condenado. Voltarei no tempo para consertar meus erros, eu quero me redimir, ofertarei o meu reino, todo o meu ouro, e também se necessário a minha própria alma. - Esteros nos leva a um mundo medieval, onde reis se tornam homens individualistas, crianças são incentivadas a fazer o bem acima de qualquer coisa, até mesmo o mal deixa de ser temido. Entretanto, a inocência é algo inevitável para um povo que só preza a paz. Vamcast o menino que desejou dominar o mundo aos 13 anos não tinha amigos e buscava constantemente o afeto do pai, cujo era um homem frio e descuidado e por esse motivo errou na criação do seu filho. Um governante descuidado traz o caos ao seu povo, mas um homem sensato precisa corrigir seus próprios erros.
Opinião:

Você será apresentado a um universo medieval, mais precisamente a um reino, e mais precisamente ainda a um Príncipe, o Príncipe Vamcast.

Vamcast sempre ficou rancoroso por seu pai, Mussafar, não parecer gostar muito dele, mas evidentemente adorar seu irmão mais novo. Assim ele se esforça cada vez mais para ser melhor em luta e também em magia, ao mesmo tempo que sua magoa vai progredindo.

Se aproveitando disso um amigo do Rei que na verdade inveja o trono e está do lado do mal começa a ensinar magia negra a Vamcast, que cada vez se torna mais sombrio, até que isso estoura, e Vamcast resolve se voltar ao lado do mal e começar a tomar o poder.

Assim que comecei a leitura do livro imaginei se o autor gosta de RPG, pois me lembrou muito um desse jogos.

O enredo é bem clichê, mas a leitura é simples e rápida, contudo sem grandes surpresas e sem aprofundamento dos personagens, embora o autor criou algumas criaturas legais.

Ademais, a editora (ao menos na primeira edição) fez um trabalho terrível de revisão, erros de português e concordância estão por todo o livro de forma grosseira até (tanto é que eu que não sou uma profissional em português os notava na hora).

O material do livro parece aqueles impressos em gráficas pequenas, e não tem uma grande qualidade.

No fim, eu acabei achando que o autor pode melhorar a escrita, mas que para um primeiro livro é compreensível. Saliento que a edição da obra ficou bad.

.O caráter de Vamcast mudava muito facilmente.
O jovem usou uma magia poderosa de ataque, a qual destruiu todas as armaduras adversárias de uma só vez, encerrando a partida imediatamente. Olhando para os lados, assustado com o que acabara de fazer, Vamcast saiu correndo para o dormitório, deixando todos sem entender nada do que acontecera ali.
Mussafar errara muito em não escutar Panderios, afinal o menino, muito jovem, não demonstrava desequilíbrio algum em seu caráter.
- Meu senhor,  eu o vi nascer e crescer como um menino esforçado e dedicado a seus pais. O amor que vejo em sua família por você jamais vi igual da minha vida. Hoje eu vim diante de você não para matá-lo, mas sim para levá-lo a seu pai.

12 comentários:

  1. Nossa, já me falaram tanto desse livro que eu quase comprei ele.
    Mas pra você dar apenas 2 pro livro é porque ele realmente não é tudo isso.
    Vou deixar pra lá.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, a trama me parece bem clichê, mas isso eu até deixo passar, pois me amarro em histórias com essa pegada Medieval. Mas essa questão da revisão fazer (ou não) um trabalho de revisão porco desses é de matar qualquer um. E sem falar que a parte gráfica também não ajudou muito, né?!?! Enfim, pode ser que leia, mas teria que ser em uma nova edição.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a revisão incomoda e olha que não sou muito chata para essas coisas.

      Excluir
  3. Cath's, confesso que a obra não me atraiu. Senti que faltou alguma coisa. Odeio revisão mal feita e acho que o autor não merece passar por um sofrimento desse. Até porque se a editora se comprometeu em fazer um serviço, deve fazer a sua parte.
    É uma vergonha, eu sei, mas já vi muitos casos assim.
    Porém, devo dizer que pelo menos a capa foi muito bem feita, eu gostei.

    ResponderExcluir
  4. Uma pena o livro não ter agradado =(
    Já li bastante resenha positiva dele.... mas saber que falhou na revisão já é um ponto negativo para mim =/

    ResponderExcluir
  5. Cath!
    Sempre tive a maior curiosidade em poder ler esse livro e ler sua resenha me deixou no mínimo decepcionada. Achei que o autor criaria seres fantásticos extraordinários e que o enredo, por ser livro de ficção/fantasia, fosse bem atrativo...
    Obrigada por sua avaliação criteriosa.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Hey!
    Por mais que a história em si pareça ser legal e o tipo de gênero que eu leria com certeza, não chamou minha atenção. Eu não compraria. Mas, se eu ganhasse, ou algo do tipo, não deixaria de ler.

    Abs

    ResponderExcluir
  7. Eita Cath's, troquei esse livro no skoob faz pouco tempo, deu uma desanimada agora :/
    Pelo menos o meu é 2° edição, espero que tenham arrumado os erros.

    ResponderExcluir
  8. Ahh que pena :\ olhei ali e vi uma capa e uma história que aparentaria ser bem legal, mas pelo jeito não é né? Uma pena...

    ResponderExcluir
  9. Eu já não estava muito interessada no livro, acabei de me desinteressar ainda mais.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Eu não conhecia o livro e depois da sua resenha não fiquei muito interessada pela leitura... Gosto quando os autores se aprofundam mais na história e personalidade dos protagonistas e acho que uma edição com tantos erros ia acabar me irritando...
    Bjs

    ResponderExcluir