quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Resenha A Libélula no Âmbar.




Título: A Libélula no Âmbar.
Série: Outlander.
Autora: Diana Gabaldon.
Editora: Saída de Emergência Brasil.
Numero de Páginas: 944.
Ano de Lançamento: 2014.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?
Opinião:

Eu não aguentei quando terminei o primeiro livro e li a sinopse do segundo e do terceiro, então eu sabia como terminaria esse segundo, mas mesmo assim cortou meu coração, e eu era a louca no ônibus com lágrimas escorrendo pela face.

Em A Viajante do Tempo, primeiro volume da série, Claire é enviada 200 anos no tempo para o passado, a Escócia de 1943, então ela tem que se adaptar e decidir se volta ao seu tempo ou permanece naquele com Jamie e esquece seu marido Frank.

Eu não considero isso um spoiler, pois está em todas as redes sociais, mas ela escolhe ficar com Jamie, que também é seu marido já que ela casou com ele para se livrar do antepassado de Frank, o Jonathan Randall, que tem gostos para lá de estranhos e estuprou Jamie no livro primeiro livro, quase o levando a morte.

O segundo livro começa com Claire tendo voltado ao seu tempo e além disso tendo se passado 20 anos, então já é um tapa na sua face, pois você não quer que ela volte e enquanto fica brava também fica receosa. Decorrido essa parte, ela começa a contar o restante da sua história na Escócia do século XVIII, eu não vou dizer para quem para não tirar a graça de descobrirem lendo.

Voltando ao século XVIII, Claire e Jamie resolvem tentar impedir o que Charles Stuart tente recuperar a Escócia e a Inglaterra, já que ele perde a batalha em Culloden levando muitas pessoas a morte e a extinção dos clãs.

Assim eles acabam vivendo em Paris um tempo, onde Jamie vira amigo do Príncipe e Claire se ocupa ajudando em um hospital.

Só que como vocês podem notar pelo livro ter 944 páginas muitas coisas acontecem, e isso é algo que gosto muito na escrita da autora, ela da umas viradas, você espera que fique só naquilo e ela te joga para outro lado, como é realmente na vida.

Mas esse terminou sendo um livro mais politico que o anterior, por eles estarem no meio dessas pessoas que querem tomar a Escócia de volta aos Stuarts.

Embora eu tenha gostado mais do primeiro livro da série, seria mentira dizer que não adorei esse, pois me diverti em cada instante da leitura, embora tenha a parte politica dos acontecimentos, tem cenas como Claire e Jamie discutindo sobre depilação, Jamie aparecendo do nada com uma criança e ele lutando com uma salsicha.

E quando você chega no final, é como um soco no estomago, pois mesmo você já sabendo o que vai acontecer, é triste demais e duvido que se tenha tendencias a chorar lendo, não vá derramar algumas lágrimas.

Então a sensação que fica quando o livro acaba é que você precisa de mais e quer pedir a Saída de Emergência Brasil que não enrole e lance logo, afinal você se apega aos personagens.

É uma série que eu não posso dizer "você gosta desse gênero. então leia", pois ela mistura de tudo um pouco, tem romance, tem lutas, tem batalhas, tem perversão, tem politica, tem relações familiares e por aí vai.

Mas eu acredito que a maioria que começar a ler vai querer continuar e se viciar que nem eu, embora claro, se você não gosta de um dos itens que citei acima, vai ter um momento do livro que vai torcer o nariz, mas mesmo nesse momento vai admitir que foi muito bem escrito.

Quanto a capa e diagramação eu nem preciso falar, até o momento a editora arrasa nisso.

E fica aquele pedido, eu não me importo que Jamie vá estar mais velho no próximo livro, eu quero ele logo, não nos deixem velhos também esperando, rsrs.


- Ela puxou meu cabelo - disse ele, pensativamente. - Arrancou um punhado pela raiz. Vou lhe dizer, Sassenach, se eu algum dia tiver necessidade de mudar de emprego, acho que não vou começar a atacar mulheres... é um meio desgraçado de ganhar a vida.
- Falando nisso: dane-se você também, Claire Randall Fraser! - exclamou ele. - Pode ter certeza de que guardo rancor! Tenho ciúmes de cada lembrança sua que não me inclua e de cada lágrima que você verteu por outra pessoa e de cada segundo que passou na cama de outro homem! Danem-se todos!
- Sou um tolo - disse ele finalmente, arquejante, tentando recuperar o fôlego. - Ah, meu Deus, eu sou um tolo. - Deixou cair as mãos, mostrando o rosto, as lágrimas escorrendo pela sujeira da viagem. Passou as costas da mão pela face, mas as lágrimas continuavam a brotar de seus olhos, como se fosse um processo inteiramente fora do seu controle. - Z causa está perdida, meus homens estão sendo levados a um massacre, há homens mortos apodrecendo no bosque... e eu estou chorando por um cavalo! Ah, meu Deus - sussurrou ele, balançando a cabeça. - Sou um idiota.
- Meu Deus, o Senhor me deu uma mulher especial e, Deus, eu a amei demais.

Para melhorar o dia de vocês, rsrs.

21 comentários:

  1. Parece ser perfeito! Amo histórias do tipo, e ainda mais com reviravoltas e coisas do tipo. Além do mais, sou apaixonaaada por séries! Amo, amo e amo! Deve valer a pena, bjs!

    ResponderExcluir
  2. #JamieForever
    Concordo contigo, mesmo quem não gosta do livro, com esta mistura de gênero, não tem como negar que ele é bem escrito. Tem partes meio cansativas, é verdade, mas mesmo assim, em nenhum momento tenho vontade de parar a leitura.
    Que venha logo o próximo volume que já estou morrendo de curiosidade!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #JamieForever
      Eu também não, não da vontade de largar e sim deixa a vontade de quero mais!

      Excluir
  3. Acho massa quando os autores saem misturando gêneros e conseguem dar liga a essa mistura. Só assim, agrada a uma gama maior de leitores. É até compreensível rolarem essas partes mais complicadas, afinal estamos falando de um segundo volume de uma série que tem, nada mais, nada menos do que 944 páginas. Mesmo tendo pânico de livros grandes assim, quero ler todos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena dar uma chance por Outlander, pois mesmo com 944 não é nem um pouco enfadonho.

      Excluir
  4. A cada resenha que eu vejo eu sei que tenho que ler o primeiro livro logo mas não quero lê-lo sem ter o segundo pra poder continuar, dúvida cruel. Acho que eu vou gostar mais do primeiro porque não sou muito fã de politicagem nas histórias, mas o segundo não deixa de parecer muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei mais do primeiro, mas o segundo arrasou meu coração no final. Mas pelo que li o terceiro vai ter mais romance, como o primeiro, embora ainda vá ter a mistura, o que não deixa o livro ser parado em nenhum momento.

      Excluir
  5. Hey, Cath's!
    Hummmmm, livro extenso, não? Tá parecendo a "Bíblia" de Game of thrones, rsrs. Então, eu já havia lido uma resenha sobre esta série e eu não gostei muito. Da resenha, quero dizer. Eu não gosto muito de política (mas deveria). Futuramente darei uma chance para a série.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas ele não tem só política, acho mesmo que deve dar uma chance.

      Excluir
  6. Acho esse livro imeeeeeenso e fico com um baita receio de iniciar a leitura. Não por ser grande, mas porque ainda tem continuação e eu fico mega curiosa.
    Adorei tua resenha e confesso que adoro livros com politicagem. Um atrativo e tanto. E esse soco no estômago no final... Oh god, preciso ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fico ansiosa, mas a sorte é que a SdE está publicando eles rapidamente, se continuar assim não teremos que esperar muito.

      Excluir
  7. Eu ando fugindo de livros muito volumosos, principalmnente, quando o tema é muito próximo de algum que já li no mês. Cheguei a assistir um episódio da série, fiquei intrigada, porém, sinto que não é o momento de lê-lo. Adorei sua resenha, ela foi bem fundada nos argumentos que tornam o livro especial pra você. Estou adorando (sério) acompanhar seus posts nesse mês.

    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Amy.
      Acho mesmo que deve no futuro dar uma chance a série.

      Excluir
  8. Adorei a capa, amei a sinopse e o tema.
    Mas 944 páginas?? Eu terminei recentemente Battle Royale com 664 e isso me deixou com mais de 20 mangás atrasados na leitura. Imagina então se eu pego um livro de quase 1000 páginas. hahahahahahaha
    Como já tenho os de Gelo e Fogo na lista, vou ter que deixar esse pro futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende do seu ritmo de leitura, mesmo tendo 944 páginas da para ler em uma semana tranquilamente.

      Excluir
    2. Sei lá, Battle Royale tem 664 e me cativou de maneira inacreditável (tanto que além do livro, eu ainda comprei a coleção em mangá). Mesmo tendo me apaixonado, levei 2 semanas para ler ele todo.

      Excluir
  9. CAth!
    Tenho desejado por demais essa série, adoro os temas abordados, principalmente a viagem no tempo, é um tema que fascina e gosto de ver a abordagem dada por cada autor que escreve sobre ele...
    E claro, quero conhecer Jamie, porque todas são apaixonadas por ele...kkkkk
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Essa é outra série que eu quero começar a ler.
    Li alguns coisas negativas sobre, mas nada que tenha tirado minha vontade de lê-lo.
    Apesar de ser um livro bem grande, a temática é bem bacana.

    ResponderExcluir
  11. Oie
    Estou bem curiosa sobre essa série, mas aina assustada com o tamanho dos livros, espero que quando eu finalmente comprar o primeiro goste tanto que nem vou me importar com o tamanho dos outros kkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Estou bem curiosa sobre essa série, mas aina assustada com o tamanho dos livros, espero que quando eu finalmente comprar o primeiro goste tanto que nem vou me importar com o tamanho dos outros kkk
    Bjs

    ResponderExcluir