sábado, 1 de novembro de 2014

Participe do livro SEDE - Contos distópicos sobre um futuro sem água.

"Até 31 de dezembro de 2014, a Andross Editora estará recebendo contos pós-apocalípticos em que a humanidade sofre com a escassez da água”
 

A Andross Editora está recebendo contos de novos escritores para publicação no livro “Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água ”, a ser lançado em maio de 2015 no evento Livros em Pauta.

Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site 
www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 31 de dezembro de 2014.
Paola Giometti
















“A recente crise da água em São Paulo nos fez pensar em como seria um futuro onde esse item essencial à sobrevivência se tornasse escasso. Existem filmes em que outros itens essenciais à sociedade se tornaram raridade, como terra, em Waterworld, e gasolina, em Mad Max. Mas histórias em que o mais básico à sobrevivência fosse o que mais faz falta, isso a gente ainda não viu por aí”, explica Paola Giometti, a organizadora do livro. “Queremos tramas que explorem todas as dificuldades que uma sociedade sofreria, como economia, criação de animais, agricultura, criminalidade... É claro que em contos é difícil contemplar todos esses aspectos. Portanto, esperamos receber contos que se foquem em um ou dois deles”, completa.

 SINOPSE DO LIVRO:
2013: o clima seco além do normal não chamou atenção do governo.
2014: com menos de 3% de capacidade do reservatório de água da capital paulista, o governo declarou que está tudo sob controle.
2017: a água quase desapareceu das regiões sudeste e nordeste do país, com uma parcela pequena de pessoas com acesso a ela.
2049: a população brasileira caiu vertiginosamente para 8%.
O ano atual é 2065. A falta de um recurso tão essencial nivelou pobres e ricos em uma única categoria: sobreviventes. A conhecida frase da ficção “em um futuro não muito distante” nunca foi tão aterrorizante.


SERVIÇO: 
Livro:Sede - Contos distópicos sobre um futuro sem água” 
Organização: Paola Giometti
Envio do texto: até 31/12/2014
Lançamento: Maio de 2015 (no evento Livros Em Pauta
Regulamento: no site www.andross.com.br 
Realização: Andross Editora

8 comentários:

  1. Legal a ideia dos contos,falando sobre um problema tão sério.
    Tenho certeza que não vai faltar criatividade nesses contos distópicos.

    ResponderExcluir
  2. Cath!
    Para quem tem o dom da escrita e é criativo, boa ideia participar.
    Distopias ligadas a um determinado tema específica deve ser ainda mais difícilde escrever.
    Boa sorte para quem for participar.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cath.
    Muito bacana esse projeto. Além da temática ser super legal também.
    Boa sorte a todos que forem participar. É legal ver que estão incentivando os novos escritores.
    Beijos!!!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Um livro com um tema mais do que atual. Vamos esperar por muitas revelações.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. OOOOOOOOOOOOOOOOOI, CAAAAAAATH *---* Sentiu minha falta? Não?! Pois eu senti a tua, hahaha <33 Gente, devido a alguns problemas pessoais aqui em casa, não ando tendo tempo pra nada! Nem pro meu próprio blog!!! Que absurdo, uahauahsuauahs! Mas tô voltando aos poucos! *u* E aí, Cath, como você está?

    Mas genteeeee, fiquei com uma vontadezinha de mandar meu texto, auahauuahaus! Não sei se ficaria bom, mas enfin, hahaha! Achei essa ideia simplesmente perfeitaaaaaaa! É a oportunidade de novos e aspirantes e escritores crescerem e florescerem, né?? Hahaha *--* Que tudooo! Acho que irei mandar... Rsrsrsrs!

    BEIJOOOOS, LINDAAAAAAAA *u*

    Juu-Chan, Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
  6. Esse projeto é muito interessante!
    Pode realmente dar visibilidade a um autor desconhecido, além de ser um grande exercício de escrita que por si só já é um ato primordial. O tema também é bastante incrível. Cada um de nós já deve ter se perguntado o que acontecerá com o mundo daqui a décadas e juntar isso com a participação de diversas pessoas dispostas a escrever é uma iniciativa e tanto. Parabéns a editora por concretizar algo tão legal.

    ResponderExcluir
  7. Achei a ideia super interessante.
    Porem não irei participar, devido minha falta de criatividade.

    ResponderExcluir