quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Resenha Amor Sem Limites.


Título: Amor Sem Limites.
Série: Sem Limites.
Autora: Abbi Glines.
Editora: Arqueiro.
Numero de Páginas: 192.
Ano de Lançamento: 2014.
Compre: Saraiva.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.
Opinião:

Eu achava que não tinha como Rush ficar mais perfeito, mas ficou. Nesse livro ele é o destaque, o centro brilhoso.

Blaire está grávida e parecia que tudo ia ser muito simples agora que ela e Rush haviam se acertado, até o pai dele, Dean, aparecer pedindo para Rush ir ajudá-lo com Nan, pois ela estava deixando todos loucos tentando chamar atenção de Kiro, integrante da banda de Dean que ela descobriu ser o verdadeiro pai dela.

Rush primeiramente não deseja ir, mas Blaire insiste, e assim os dois vão. Ao chegar lá, Rush acaba passando muito tempo com Nan, o que é totalmente compreensível, pois ela fica ameaçando se matar (sim, ela continua insuportável).

É nessa parte que Blaire me irrita (ela sempre consegue tal feito), pois embora seja ela que tenha insistido em ir, começa a se ressentir de Rush colocar Nan acima dela e do filho deles. E adivinhem, novamente quando fica magoada ela foge.

Nesse momento realmente eu quis dizer para o Rush: "Não vá atrás dela!" Mas é claro que ele vai e ainda com o rabo entre as pernas. Então é com todas as letras que digo que Rush é o brilho do livro, ele me fez suspirar e isso não anda fácil de se conseguir.

Por outro lado eu entendo Blaire ser como é, mas se torna irritante, pois imagine viver com uma pessoa que foge toda vez que a situação se complica. Ao término da obra, eu fiquei me perguntando se futuramente não terá mesmo mais um livro com eles, embora seja claro que eles vão aparecer um pouco nos outros livros da série.

Também foi apresentada uma nova personagem no livro, que vai vir a fazer par com o adorável Grant, ou seja, mais livros para nós. E no pouco que teve deles nesse livro já é um casal que me conquistou. A Della e o Woods aparecem e me deixou com mais ansiedade para o próximo livro deles, que certamente virá com muita emoção.

Eu creio que Abbi fechou a história de Blaire e Rush muito bem, mas também ficou aquela dúvida, pois conteúdo para próximos livros ela tem, eu vejo margem por causa das situações não resolvidas com a família do Rush e admito que fica aquele desejo por mais Rush.

Achei a capa linda, tem tudo a ver com o livro, não notei nenhum erro de gramática no decorrer da obra, mas eu aponto que a Arqueiro normalmente se puxa na diagramação dos livros.
 
- Você não pode fazer isso porque eu amo você. Eu quero você por perto. Você precisa de uma chance para encontrar a felicidade, Nan. Não faça isso. E nunca mais, NUNCA mesmo, diga uma coisa dessas.
- Também amo você. Mais do que tudo - respondeu ele, me abraçando enquanto beijava o topo da minha cabeça. - Que bom que isso a fez feliz. Eu não tinha certeza se...
- O garoto ama você mais. Sempre vai amar. Qualquer um vê isso, ursinha. Você só precisa aprender a não deixar Nan intimidá-la.
- Sou cheio de surpresas emocionantes - garanti, dando uma piscadela.
- Eu amo você, Blaire. Tenho muito orgulho de que vá ser a mãe do meu filho. Quero que todo mundo saiba. Nunca duvide disso.


3 comentários:

  1. Sou bem supeita para falar desse casal. Eu simplesmente amo a história dos dois! :)
    Li os dois primeiros livros e só falta ler esse.
    A Blaire me irritou um pouco no segundo livro,quando achei que faltou a personalidade forte que ela tinha no primeiro .
    Mas a Nan,superou minha irritação. rs

    Enfim,estou louquinha,louquinha.para ler esse livro.

    ResponderExcluir
  2. Eu me fiz a mesma pergunta. Não achei que o livro teve um fim real. Achei que faltou um ponto definitivo do casal com a Nan. Também não gosto da Blaire sempre fugir. Eu ficaria e enfrentaria, aliás, já teria metido a mão na cara da Nan.
    bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Cath!
    Como não li nenhum livro da série ainda, não posso opinar sobre os casais, mas sempre achei que as resenhas que lei da série são boas e vale a pena acompanhar.
    Pelo visto você é fã, né?
    Bom!
    Desejo um final de semana carregadinho de luz e paz!!!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir