segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Resenha A Invasão.


Título: A Invasão.
Série: Animorphs.
Autora: K. A. Applegate.
Editora: Fundamento.
Numero de Páginas: 128.
Ano de Lançamento: 2014.
Compre: Link.
Cortesia da editora.

Sinopse:
A Terra está sendo invadida, mas (quase) ninguém sabe disso. A raça alienígena dos Yeerks está entre nós. Eles são criaturas capazes de "possuir" outros seres e estar em nosso meio sem serem percebidos. Os Yeerks já escravizaram civilizações inteiras com essa tática de invasão silenciosa. Mas nem tudo está perdido! Quando os jovens Jake, Rachel, Tobias, Cassie e Marco encontram uma nave extraterrestre e seu piloto moribundo, recebem o incrível poder de se transformar em qualquer animal que toquem. E é assim que eles assumem a missão de combater os invasores. Só que isso não será nada fácil. Afinal, como eles conseguirão identificar um inimigo que pode ser qualquer um? Como enfrentar um invasor que dominou o corpo de alguém que você conhece? Jake e seus amigos precisam achar essas respostas. O destino de todos nós depende disso. A invasão já começou. Testemunhe a batalha final da humanidade.
Opinião:

“A Invasão” é o primeiro livro da série Animorphs (o nome é explicado ao decorrer da obra, e é bem interessante o modo como isso foi introduzido, deixando natural). O livro conta a história de cinco adolescentes: Jake, Rachel, Tobias, Cassie e Marco.

Seria uma noite normal, em que cortavam caminho para chegar em casa, até que veem uma nave extraterrestre. De dentro dela sai um ser estranho, uma mistura de cervo com humano e com muitos olhos. Esse ser não quer fazer mal e sim dar um aviso: os Yeerks estão preparando sua invasão, eles se infiltram nos cérebros humanos e dominam seus corpos.


Minha primeira impressão foi que alguém tinha misturado uma pessoa com um cervo. A criatura tinha cabeça, ombros e braços, mais ou menos onde deveriam estar, embora a pele tivesse um tom pálido de azul. Na parte de baixo, ele tinha pelo, de um azul bronzeado, cobrindo um corpo de quatro patas, que parecia mesmo o de um cervo, ou um cavalinho.

Como Andalita, o extraterrestre está quase morrendo, depois de ter tentado lutar contra os Yeerks, ele só acha uma coisa para fazer, para ajudar esses adolescentes: dar o poder de morfar, ou seja, depois de tocar um animal, podem se transformar nele.

A partir desse ponto, a história se desenrola. Eles aprendem a morfar, tentando decidir se farão algo sobre a invasão ou se não vão se meter, além disso descobrem mais sobre os Yeerks, que podem ser qualquer pessoa, podem até estar bem próximos.


Comecei a pensar que eu morreria engasgado com o nó preso em minha garganta ou por conta da velocidade que batia meu coração - mais rápido que uma britadeira. Então, comecei a achar que estava sonhando.

Eu estava com saudade da leveza com que autores de infanto-juvenil escrevem, é um livro curtinho, mas que consegue manter o ritmo. Mas também não é uma obra profunda, embora tenha sim fatos interessantes para conhecimentos gerais.

Indico para quem gosta de infanto-juvenil. Se não gosta desse gênero literário, provavelmente não vai apreciar o livro, mas se gosta (o que é o meu caso), é um livro bom e super rápido de ler, em poucas horas se termina a leitura e fica curioso sobre o que vai acontecer no segundo volume.


A história proposta em “A Invasão” chega ao fim no mesmo livro, mas tenha em mente que é uma série, para descobrir se os Animorphs vão vencer esses alienígenas e o que vai acontecer com o mundo terá sim que ler as continuações.



Esperei. Nada aconteceu nos primeiros segundos. O Tobias ficou lá, de pé. Olhei para seu rosto. Seus olhos... seus olhos estavam diferentes. As pupilas não estavam mais totalmente redondas como antes. Eu juro que tinha um reflexo de luz esverdeada neles. E sua boca estava um pouco para frente e começava a inchar.
Lutei para conseguir obter o controle, mas o cérebro do lagarto tinha surtado. Ele não sabia onde estava E queria sair. "Sair!"
Tive um pressentimento terrível naquele momento. Olhei para cima e vi Marco. Ele normalmente é bem corado, moreno de sol. Mas seu rosto estava branco. E os olhos, arregalados.

8 comentários:

  1. Cath's!
    Sou apaixonada por ficção e esse tipo de ficção do livro é o que mais gosto. Invasão alienígena, seres que se transformam, batalha entre ets e terráqueos, acredito que o livro deve ser mesmo bem interessante, embora sua opinião tenha sido mediana. E quando o livro é infanto-juvenil, para mim melhor, porque é uma leitura descontraída, cheia de aventuras e conquistas.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei do livro, mas sempre levo minha "nota" no final da resenha em comparação com outros do gênero. É um livro bom que vale a pena ser lido sim Rudy.

      Excluir
  2. OOOOOOOOOOOOOOOOOOI, Caaaaaaaath *-* Tudo bem? ♥ Ai, caraca, meu Deuuuuus! Eu já vi esses lançamentos mais que perfeitooooos e foi amor à primeira vista! Hahahaha! Cara, eu sou simplesmente apaixonada por ficção, aí envolve animais? Pronto, um livro feito pra mim, hahahahaha! *0* E uauuuu, uma nave! Hahaha, que legal, amo extraterrestres! Sim, eu amo, hahahahahaha! ♥ Yeerks... Achei o nome interessante, haha! E ui, se fosse eu, meu irmão e meus amigos naquela situação, com certeza eu seria a única que acreditaria, hahahahaha! E cara, gostei desta deles somente tocaram num animal e se transformarem neles, porque na maioria dos filmes e/ou nos livros, essa transformação não é explicitamente explicada! E cara, acabo de lembrar uma coisa, aushasuhhushuashuas! MORFAR = POWER RANGERS, hahahahahah! E uau, os Yeerks podem estar bem próximos... Agora desconfio até dos pais dos adolescentes! Hahahaha! E siiiiiiiiiiim, eu amo infanto-juvenis, então será perfeito pra mim, hahahahaha! ♥ Caraca, tô apaixonada por esse livro, embora você tenha dado somente três corações, hahahahahahaha! *-*

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro animais Ju! Eu não tinha lembrado dos power rangers e olha que eu gostava muito! Os três corações são uma comparativa com outro infanto-juvenis, eu faço uma comparação dentro do gênero.

      Excluir
  3. Apesar de gostar de ficção, esta série ainda ão me chamou atenção.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Gente, que capa legal! Adorei!! rsrsrs
    Amo ficção, ainda mais quando tem animais junto! Pronto, estou apaixonada pelo livro. Uma pena que é uma série! rsrs vou ter que guardar o nome para o futuro! rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Essa capa me deu agonia
    kkkkkkkkkkkk
    A ideia até é boa, um livro falando sobre invasão alienígena. Embora, eu já tenha visto em filmes, em séries e também em livros.
    Vou deixar passar

    ResponderExcluir