quinta-feira, 17 de julho de 2014

Resenha Geek Love.


Título: Geek Love - O Manual do Amor Nerd.
Autor: Eric Smith.
Editora: Gente.
Numero de páginas: 208.
Ano de Lançamento: 2014.
Cortesia da Editora.

Sinopse:
Eric Smith sabe mais do que ninguém que existem prazeres imensos na vida geek. Amigos incríveis, conversas até de madrugada sobre realidades alternativas ou até mesmo o simples prazer de ler aquele lançamento de quadrinhos. No entanto, chega um momento na vida de todo nerd em que o amor bate à porta e daí vem a hora de jogar o xadrez tridimensional que é o mundo dos solteiros. Não se desespere, jovem Padawan! Deixe Smith guiá-lo por esse caminho e descubra que amar é muito mais do que flores e bombons. Afinal, nada é normal na vida do nerd, e o amor não é senão o mais extraordinário dos fenômenos humanos.
Opinião:

Foi uma incógnita como faria resenha desse livro, afinal ele não tem um enredo que se desenvolve, pois é um manual.

Eu não posso ser considerada nerd, ao menos penso assim, mesmo com esse fato consegui me divertir com o livro. O autor fez um manual de passo a passo para conseguir e manter um relacionamento com referencia a ícones nerds.

Todo feito em estilo jogo, ele te chama de Player 1 e vai te mostrando fase a fase como se portar, colocando o que deve fazer x o que não deve fazer. Como um manual para jogos que, admita, você deve consultar online em alguns games.

Mas tenha em mente que é um livro de auto-ajuda, o foco é ajudar um nerd a encontrar um relacionamento.

O autor vai de dicas como site de relacionamento à ir em locais novos para encontrar pessoas diferentes. E aponta o que gostamos de ignorar: não fique procurando pessoas idênticas a você, que goste do mesmo jogo, livro ou HQ.

Admito que eu babei no trabalho gráfico da editora Gente, ficou muito bem feito, e você se sente em um jogo do Mario (sim, esse eu já joguei, não sou tão terrível assim, rsrs).

Vou deixar abaixo algumas imagens do livro para verem, além de olharem o gráfico, peguei alguns trechos, as fotos não ficaram lindas, pois sabem como sou horrível em fotografia, mas acho que dá para ter uma noção.










Nenhum comentário:

Postar um comentário