domingo, 15 de junho de 2014

Resenha O Universo, Os Deuses, Os Homens.



Título: O universo, os deuses, os homens.
Autor: Jean-Pierre Vernant.
Editora: Companhia das Letras.
Número de páginas: 209.
Ano de Lançamento: 2000.

Sinopse:
Prometeu roubou o fogo do Olimpo, Urano foi castrado, Perseu cortou a cabeça de Medusa. Baco promoveu orgias. Hércules foi sempre o mais forte. Afrodite, a mais bela. Ulisses, o mais perfeito. Aquiles teve sempre um ponto fraco. Era uma vez a Grécia, conta-nos Jean-Pierre Vernant. Retomando a vocação mais autêntica dos mitos - a de serem relatos que passam oralmente de geração em geração - Vernant, neste livro, não é apenas o pesquisador que há meio século atribuiu-se a missão de reviver a herança da Antiguidade Clássica. É também o avô que toda noite contava a seu neto histórias e mais histórias da Mitologia Grega, um tesouro polissêmico que desde sempre ensina os homens a conhecer seu lugar e seus limites no mundo.

Opinião:

Antes de tudo, resolvi não me prolongar muito nesta resenha pelo livro não se tratar de uma história corrida, mas uma coletânea.

Este é um dos meus livros preferidos acerca da mitologia grega, pois apesar de contar praticamente a mesma história de todos, tem uma narrativa aconchegante, uma visão única e claro, as palavras rebuscadas estão incluídas no pacote.

Jean conta a história desde o Caos, o primórdio e o desenrola até chegar nos deuses que conhecemos e os heróis, além de conter um apêndice maravilhoso no final. Simplesmente adoro a explicação de Jean-Pierre porque ele foi o primeiro (que eu vi) que falou sobre Bía (ou Bíe, do grego "βίη" que significa "Força").

Sou muito suspeita para falar desde livro, pois sou completamente apaixonada por mitologia desde sempre e este volume em especial significa muito para mim, porque foi um presente do meu professor de filosofia do terceiro ano. E a narrativa é simplesmente maravilhosa e sim, eu disse isso anteriormente.

O livro em si é simplesmente fantástico, detalhado e direto. Uma leitura bem interessante para quem deseja se aprofundar mais na mitologia grega.


A primeira mulher está ali, diante dos deuses e dos homens ainda reunidos. É uma estátua fabricada, mas não à imagem de uma mulher, posto que não existe nenhuma. É a primeira mulher, o arquétipo da mulher. O feminino já existia, porquanto havia as deusas. Essa criatura feminina é modelada como uma parthénos, à imagem das deusas imortais.

8 comentários:

  1. Não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa pra ler e conhecer mais sobre a mitologia grega. Conheço apenas alguns deuses, mas não conheço bem a história de nenhum deles. E além do mais, esse parece ser um livro bem interessante mesmo de se ler.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele bem conta detalhado, dando explicações é ótimo pra conhecer e entender mais sobre os deuses. Obrigada pelo coment!!

      Excluir
  2. Confesso que não conheço muito sobre mitologia, mas é um assunto que eu quero sim, me aprofundar. E por que não começar por esse livro? Já que é detalhado, é ótimo para começar a aprender mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim como eu disse pra pessoinha de cima, é um ótimo livro para se começar a... estudar a mitologia grega. Espero q goste. Beijos!

      Excluir
  3. Comecei a gostar de mitologia grega depois de ler Percy Jackson <3 Depois de ler fiz uma breve pesquisa sobre os principais deuses e uns nem tanto. Achei super interessante a historia de Atenas que nasce da cabeça de Zeus enfim passei a adorar a mitologia grega *-*
    Esse livro parece ser bem interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a gostam bem antes, por isso eu amei PJ kk Indico o livro caso queira aprender ainda mais! Bj!!

      Excluir
  4. Vou anotar esta sua dica, até porque acho muito interessante mitologia grega, é um assunto que me interessa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir