quarta-feira, 11 de junho de 2014

Resenha: A Inversão: Prelúdio.

 

Nome: A Inversão: Prelúdio.
Autor: Franklin Santos.
Editora: Clube dos Autores.
Páginas: 138.
Ano de Lançamento: 2013.
Compre: Link.

Sinopse: Nicolas de Priamo Narf, ou simplesmente Nilk, é um jovem comum que vive uma vida comum em um lugar comum. A única faceta peculiar da sua vida é sua apurada habilidade auditiva que o permite até mesmo detectar mentiras. Pratica piano, mesmo sem nunca ter estudado de forma disciplinar. De repente ele se vê preso na ratoeira de um grande estrategista com um plano malévolo. Ele e seus amigos aos poucos se envolvem em meio a uma trama de ramificações internacionais, que pode afetar todo o país. Mas Nilk está mais do que disposto a provar para todo o mundo, que envolvê-lo nisto foi um grande erro para seus inimigos.
Opinião:

“Preludio” conta a história de Nicolas. Quando ele era mais novo,uma tragédia aconteceu no lugar onde sua mãe e seu melhor amigo, Calvin, trabalhavam. Ela acabou morrendo. A partir daí,as únicas companhias de Nicolas eram seu pai (Gabriel) e Calvin. 

Com o tempo, eles desenvolveram um jogo chamado “Pelouá”, onde conseguiam identificar quem estava mentindo apenas pela entonação da voz. Nilk vai se aperfeiçoando nessa técnica, sua audição se torna tão boa, que ele acaba aprendendo a tocar piano sem precisar fazer aulas, tanto que ele nem sabe por onde começar a ler uma partitura.

Sua vida, que já não era normal, piorou quando Elias tornou-se professor de história na sua classe. Certo dia, o professor ligou para Nilk informando que ele iria participar de um concurso (que ele não se inscreveu), onde vários outros candidatos já haviam sido selecionados. Nilk nunca havia comentado com o professor que tocava um instrumento, mesmo assim decidiu aceitar. 

Então, começa sua viagem para Recife para participar do tal concurso. Chegando lá, conhece Raquel, uma jovem muito atraente que lhe chama atenção. No resultado das audições, se descobre que somente ele e Raquel passaram para a próxima fase. Quando estão sendo encaminhados para o lugar onde irão ter o curso que ganharam como prêmio do concurso,os dois são sequestrados. Acabam sendo salvos por Carlo e Maestro Angelo Paroccinio, respectivamente tio e avô de Raquel. 

A aventura de Nilk começa quando descobre que não consegue entrar em contato com seu pai de dentro da mansão dos Paroccinio, e descobre que todos os seus passos dentro da casa são vigiados através de câmeras escondidas. Qual será o motivo de toda essa segurança pra um simples jovem que toca piano? O que essa família esconde de tão importante? Essas são apenas as primeiras perguntas que ele se faz e assim começa a investigar.

Vou parando por aqui porque não vou revelar quais os segredos que Nilk acaba conhecendo ao longo do livro. 

O livro é bem pequeno, letra em um tamanho bom, com bastante ação. Achei a história muito interessante e totalmente diferente do que li até agora, tendo como assunto principal a música. Tudo muito criativo e o autor está de parabéns, pois consegue prender a atenção do leitor do início ao fim.

Adorei o personagem principal, embora com o passar do tempo ele fique um pouco convencido até cair na real e ver que não é a pessoa mais inteligente que existe.

Pelo que percebi o livro teve começo, meio e fim bem definidos, não deixando nada a desejar, e talvez deixando uma brecha para a possibilidade de uma continuação.


Bom dia a todos. Meu nome é Carlo Paroccinio, e eu serei o fiscal e juiz sênior do teste de seleção para o programa. É importante que saibam que eu sou uma prova viva de que o programa funciona. Hoje sou capaz de tocar todo e qualquer tipo de instrumento.
O teste se passava da seguinte forma: Alguém era chamado pelo nome completo, o musico da vez ia ate o palco e expunha o instrumento que tocava, após isso, Carlo, o fiscal, dava-o uma partitura musical de alguma peça e pedia para que eles tocassem. Simples, talvez pense. Porém, para a infelicidade de Nilk, as suas habilidades não incluíam leitura de partituras. Para ele, isso era o abismo. Não sabia se se preocupava com o que fazer quanto aquela situação, ou se preparava mentalmente o discurso da derrota para sua iminente volta vergonhosa para casa.



9 comentários:

  1. Não conhecia esse livro e nem o autor, mas a história realmente parece ser muito interessante. Cheia de aventura e mistério e ainda fala de música. Fiquei bem curiosa pra ler e conhecer melhor Nilk. Adorei uma personagem com meu nome.

    Bjok

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bem legal. Não conhecia o autor e o livro.
    Uma leitura muito rápida é parece que é bem agradável. Fiquei curiosa.
    Bjs Mi *-*

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente, adorei essa capa. Segundo, não gostei da premissa do livro. Assim, é interessante mas parece que tem informações demais em tão poucas páginas. Na minha opinião, deveria ter mais páginas para não ficar confuso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na realidade o que fica confuso é porque tive que resumir muita coisa em poucas frases, mas no livro ele esta bem divido as informações...

      Excluir
  4. Desta vez não gostei da capa e não me interessei pelo enredo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Oiii. Li esse livro e fiz uma resenha a pouco no blog. Adorei o livro, estou ansiosa pela continuação. Que vem em outubro. De começo, nem me chamou a atenção, mas em pouco tempo, eu já estava sendo arrastada pela história de Nilk.
    Abraços
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir