terça-feira, 24 de junho de 2014

Resenha Estranha Perfeição.


Título: Estranha Perfeição.
Série: Perfeição.
Autora: Abbi Glines.
Editora: Arqueiro.
Numero de páginas: 208.
Ano de Lançamento: 2014.
Compre: Saraiva.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines. 
Opinião:

“Estranha Perfeição” faz parte da saga Rosemary Beach e passa no mesmo universo que os livros “Paixão Sem Limites” e “Tentação Sem Limites”, embora eu tenho gostado desses dois anteriores eu não cai de joelho e disse "quero mais urgentemente", mas isso aconteceu com Estranha Perfeição.

O livro chegou e eu o devorei no mesmo dia, ou quase, já que quando terminei era 01:09 do próximo dia. Ele é narrado pelo ponto de vista de Woods e Della, mesclando por capítulo.

Você não precisa ter lido Paixão Sem Limites e Tentação Sem Limites, mas se leu vai rever alguns personagens que já conhece. Estranha Perfeição conta a história de Woods e Della que se conhecem em um posto de gasolina e acabam passando uma noite hot juntos.

Como em toda noite de sexo sem compromisso, no dia seguinte cada um foi para o seu lado e esse deveria ser o fim da história. Até que depois de ser enganada, Della recebe a proposta de ir para o apartamento de Tripp e trabalhar num clube. (Tripp é primo do Jace.)

E assim Woods e Della se reencontram, já que Woods trabalha no clube, sendo o pai dele o legítimo proprietário.

Claro que mesmo o pano de fundo sendo clichê, cada personagem tem suas características. Woods está preso num noivado que não deseja, mas que é a única maneira de conseguir a vice-presidência do clube. Della tem muitos problemas por causa da sua infância.

Você se apaixona por Woods de cara. Assim que li o primeiro capítulo meses atrás, eu fiquei animada por esse livro, pois sabia que iria cair de amores por ele, e a medida que vai sabendo mais da história de vida dele, mais caída você vai ficando.

Della é uma personagem forte, que faz com que goste dela imediatamente, diferente de Blaire, ela é mais honesta consigo mesma e tem problemas bem mais pesados também. Adorei a história de vida que Abbi desenvolveu para a personagem, não é algo muito natural de se ver em livros, mas que acontece mesmo na vida real.

É lindo como eles vão evoluindo juntos, se libertando do que os atormentaram a vida toda. Acredito que assim que um bom relacionamento deva ser, um ajudando a melhorar ao outro. 

Tripp me conquistou, quem não iria querer um desses? E espero ler mais sobre ele. Mas também tem personagens que você irá odiar, mas não irei soltar spoilers aqui.

É um romance muito lindo, que embora tenha seus clichês, conseguiu sair do esperado e me conquistar, me deixou com aquela vontade louca de quero mais.




Abaixo podem ver a linha do tempo da saga Rosemary Beach que a Editora Arqueiro divulgou, acho que ela ajuda muito:


Tudo bem. Eu podia fazer isso. Podia esperar até a noite. Mas ainda assim iria atrás dela agora. Nem que fosse apenas para abraçá-la.

A voz de Woods me aqueceu. Eu estava me libertando das lembranças. Elas não iam me pegar desta vez.

- Ela vai cantar no que é basicamente a sua festa de noivado - disse Jace atrás de mim.

- Della é minha. Não se engane quanto a isso.

7 comentários:

  1. Nossa eu quero muito Paixão Sem Limites parece ser muito bom preciso desse livro *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode ler Estranha Perfeição sem ter lido Sem Limites, embora acredite que seja melhor, pois revê personagens.

      Excluir
  2. Confesso que não gosto muito do gênero, mas a resenha me interessou... Vou procurar Paixão sem limites para ler *-*.

    Um beijo,
    Lê.

    ResponderExcluir
  3. Eu li Paixão sem limites e adorei. Estou louca pra ler Estranha perfeição. Woods também aparece em Paixão sem limite e no inicio eu achei ele meio canalha, mas depois que ele foi se mostrando realmente como era fui meio que me apaixonando. Adorei saber que tem um livro com ele como protagonista.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Woods parecia ser um canalha em Paixão Sem Limites e pior(melhor) que não é. *-*

      Excluir
  4. Eu não estou muito acostumada a ler esse gênero literário e não tenho interesse. Então, essa leitura eu passo (:

    ResponderExcluir