sexta-feira, 27 de junho de 2014

Lançamentos: Porto de Ideias.




Olá queridos leitores,
Vamos aproveitar para atualizar nossa estante com esses novos lançamentos. Tem pra todos os gostos...





A diferença entre os iguais

"A Diferença entre os Iguais" é uma pesquisa etnográfica realizada entre os Humangili, falantes do Hresuk e moradores da ilha de Ataúro, Timor-Leste. Os Humangili declaram-se cristãos, sendo adeptos da Igreja Católica ou da Assembleia de Deus. Porém, o cristianismo convive com símbolos e práticas ancestrais que evocam os espíritos dos mortos e da natureza. Tendo como fio condutor a relação entre o catolicismo e a cosmologia baseada na crença em espíritos, Alessandro Boarccaech discute os sistemas hierárquico, político e econômico, as formas de resolução de conflito, as disputas de poder, os arranjos matrimoniais e o significado do cristianismo para os Humangili. Na última parte do livro encontramos o dicionário Hresuk-Português. Este trabalho, realizado durante os dois anos de convívio com a comunidade, é uma importante contribuição para a preservação desta variedade linguística, transmitida essencialmente de forma oral.
 

Trabalho e Subjetividade no Capitalismo Contemporâneo

Na obra, a autora nos convida à reflexão sobre a produção em tempo real que produz a desapropriação do privado pelo capital e a usurpação dos espaços públicos para a circulação das mercadorias. De acordo com Terezinha Ferrari, as políticas locais exigem participação popular empreendedorista. Dentro e foras das fábricas ocorre um bombardeio de concepções que levam os trabalhadores, também, a serem participativos criativos e críticos, desde que correspondentes a uma suposta interface análoga entre homem-máquina. Em meio a esta exigência, uma decantada tecnologia libertadora surge como mais uma forma de controle e condicionamento.
Sagrada maldade: caçada aos multiplicadores

Em 1975, num pobre vilarejo da Etiópia, dois misteriosos homens recrutam um jovem para uma enigmática e ambiciosa experiência. Porém, algo sai errado, e o resultado desse experimento é o maior vírus da história da humanidade. Quase quarenta anos depois, em Los Angeles, o passado ainda cobra seu preço, e três vidas serão colocadas numa jornada de vingança, redenção e justiça, onde a colisão parece ser inevitável. Mistério e muita ação são os elementos principais desta obra de Rodrigo Domingues.
As vozes do Eu

Nesta obra, o autor nos convida a conhecer, com originalidade e humor, o processo de como tornar-se pessoa. O português João Ramos de Almeida questiona os atuais padrões do mundo e a incoerência do ser humano moderno e evoluído, mas vazio, indiferente e superficial. Discorre ainda sobre o conformismo com o rumo das coisas, desafiando os preconceitos, concepções rígidas e o sucumbir à massificação, entre outras questões. E é neste processo que somos presenteados com diálogos riquíssimos do autor com Deus, com sua pátria - Portugal, com o medo, com a morte e outros, que nos fazem refletir sobre a habilidade do autor retratar o visível e o invisível da existência.

4 comentários:

  1. Nenhum dos lançamentos chama minha atenção

    ResponderExcluir
  2. Dessas sinopse, a que eu achei mais interessante foi a de Sagrada maldade, parece ser uma história bem interessante.

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. O mais interessante é sagrada maldade pelo fato de retratar uma história assim, as vozes do eu também chamou a minha atenção por causa das reflexões, e do fato de citar um Deus, gosto de ler coisas que questionam a todo tempo a existencia das coisas, afinal no mundo em que vivemos não temos certeza de nada

    ResponderExcluir
  4. Concordo com as meninas dos comentários acima sobre Sagrada Maldade. Parece um tanto sombrio e envolvente. Já coloquei na lista de desejados!

    ResponderExcluir