sexta-feira, 27 de junho de 2014

Cine FB. - O Amor Chega Suavemente.


Título: O Amor Chega Suavemente.
Ano de Lançamento: 2003.
Duração: 84 minutos.

Sinopse:
Era o sonho de Marty Claridge (Katherine Heigl) construir uma nova vida na fronteira americana com o seu marido. Mas quando este morre, à corajosa mulher é oferecida uma nova oportunidade, casando-se com um viúvo, numa união de conveniência, que inesperadamente se transforma em amor profundo. Esse é o primeiro dos oitos filmes baseados da série "Love Comes Softly" de Janette Oke.
Opinião:


Esse filme grita clichê! E mesmo assim eu fiquei bons minutos chorando no final. Sim, é muito fácil fazer eu derrabar lágrimas em filmes e livros.

Marty saiu de sua cidade para ir morar com o marido na fronteira americana, acontece que chegando lá o marido morre em um acidente.

Sem ter o que fazer já que não tinha condições de voltar para casa, Marty aceita se casar com Clark, um viúvo, que deseja uma esposa para ser a visão feminina de sua filha Missie. Sem querer a parte física de um casamento.

Como disse vocês podem imaginar o que acontece no decorrer do filme, mas mesmo assim ele se prova gostoso de assistir, tirando a trilha sonora que é horrível.

Encontrei esse filme totalmente por acaso, nem sabia que era baseada em uma série de livros. Queria assistir um filme no youtube pelo celular, porque sou preguiçosa e faço isso quando não estou com sono.  Esse foi o primeiro da lista e por ter a Katherine Heigl eu achei que valeria a pena.

Em resumo, se você gosta de um romance clichê é uma boa pedida. Eu vou olhar os próximos filmes da série e falar minha opinião aqui.





3 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas mesmo sendo clichê, parece realmente ser uma linda história. Também adoro a Katherine Heigl e fiquei curiosa com o filme. Vou procurar aqui também.

    Bjok

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de filmes de romances clichês! hahah vou procurar esse filme. E sobre ''baseada em uma série de livros'', qual série é essa?

    ResponderExcluir