segunda-feira, 23 de junho de 2014

Batalhas do Novo Mundo - Resumão 3

Buenas leitores,

O resumo esta saindo hoje porque este arco é meio grande e acabou demorando mais que o previsto para resumi-lo. Semana que vem eu trago o resumo do 4º arco, que é bem menor. :D

Queria agradecer a todos pelo sucesso do primeiro resumo. Eu estava com receio por não ser material inédito, mas o número de acessos foi ótimo, um dos melhores da semana. Para quem não leu, vou colocar o link junto com os para download do livro e dos arcos avulsos. E lembrando que nos títulos dos capítulos vão estar os links para os capítulos aqui no blog.

Resumo 1 e 2


Este é o maior arco do livro, são 13 capítulos. Ele pode ser considerado a espinha do livro 1, pois aparecem personagens cruciais para a trama final, sem contar que alguns mistérios começam a se formar de modo surpreendente.

Sem mais delongas vamos ao resumo.

Antes vamos aquele pequeno aviso: ESTE POST É APENAS UM RESUMO COM AS PARTES MAIS IMPORTANTES. ESTA CHEIO DE SPOILLER.



ARCO III - A BELA E O PRISIONEIRO


Gwenh, Thargon e Laurëa partem em direção ao templo abandonado de Sszzaas, enquanto um orc e um druida discutem na aldeia de minotauros de Malpetrim. Quando o trio finalmente consegue chegar ao templo, eles encontram o local completamente destruido e abandonado. Porém era apenas uma armadilha por um grupo de perigosas serpentes. A luta era difícil e quando Gwenh já estavam quase sendo derrotado, uma forte luz branca tomou conta de tudo e fez com que o elfo perdesse os sentidos.


Jacques finalmente chega a seu destino, mas descobre que foi enganado e agora esta sozinho em meio a um deserto, completamente desanimado, o ladino se rende ao cansaço e dorme. Enquanto isso Vëon chegava a Valkaria e encontra o grande mestre Talude. Milhas e milhas de distância, o sinistro grupo do pistoleiro K conspira enquanto observam ao longe a perigosa tempestade rubra conhecida com Tormenta. Por fim, mestre Talude conversa em sua sala com uma linda mulher sobre o feiticeiro Vëon. Esta mulher é ninguém menos que a deusa da magia, Wynna.


Gwenh acorda em meio ao bosque. Ele havia desmaiado por dois dias após ser atingido por uma magia conjurada por Laurëa para enfrentar criaturas malignas. Depois de discutirem, o grupo decide voltar ao templo, mas ao chegarem no local encontram todas as serpentes destruídas. Ao entrarem no templo, eles são surpreendidos por duas figuras inesperadas: um humano e um orc. O orc é ninguém menos que Morn, que explica a todos que foi enviado por Çaesar para buscar o druida Arwen. Agora o quinteto de heróis precisa partir para a Montanha do Dente do Dragão. Entretanto, algo estranho esta acontecendo com o elfo.


Uma linda garota tenta convencer o xamã de uma aldeia a contratá-la para livrar o vilarejo de um perigoso monstro. Enquanto isso o grupo de aventureiros encontra uma caverna que leva ao interior da Montanha do Dente do Dragão. Dentro dela eles encontraram o que parecia ser um gigantesco castelo subterrâneo. Os guerreiros seguiram pelos corredores encontrando algumas armadilhas mágicas e enormes riquezas, até se depararem com o Rubi que tanto procuravam, porém ele se encontrava dentro de um gigantesco ninho, foi então que os aventureiros perceberam onde estavam: na toca de um dragão. Rapidamente eles fugiram antes que o monstro voltasse, porém ao saírem da caverna foram surpreendidos por algo inexplicável: eles já não estavam mais no mesmo bosque.


Os aventureiros seguiam por dentro da estranha floresta em busca de respostas, porém uma forte explosão colocou todos em alerta. Gwenh decidiu ir investigar a origem dos sons, quando o elfo retornou, ninguém acreditou no que ele dizia. Decidiram então seguir para o local da batalha e encontraram uma linda garota que lutava ferozmente contra um grande dragão. Incapaz de acreditar no que via e se sentindo humilhado pela frágil garota humana, Morn investiu contra o monstro, mas foi arremessado longe pela cauda da criatura. Quando tudo parecia acabado para o guerreiro, Gwenh surgiu na frente e atacou o inimigo. Gravemente ferido, o dragão fugiu. Mas não era mais do dragão que Morn sentia medo, não, ele estava apavorado com o elfo que exalava maldade.


Após uma rápida conversa, o grupo segue com a garota para um pequeno povoado próximo. O nome dela era Linnáe e ela os levou até uma taverna onde aparentemente era conhecida. Nesta taverna eles encontraram uma linda mulher com longos cabelos negros. Ela chamou Gwenh para juntar-se a ela e o elfo prontamente aceitou, o que deixou Linnáe realmente aflita, como se ela conhece-se a outra mulher. Enquanto isso na Academia Arcana, Vëon vasculhava antigos livros quando foi surpreendido pela presença da deusa Wynna.


Todos estavam se divertindo na taverna, Linnáe conversava com o taverneiro enquanto Gwenh seguia com a misteriosa mulher de preto. Então um clima pesado começou a tomar conta do ambiente, em seu interior, cada um conseguia sentir que algo se aproximava, algo perturbador. Em outra parte do reinado, dois irmão se divertiam pescando próximo a uma área de Tormenta, sem perceberem que seus dias de diversão estavam próximos do fim. De volta a taverna, um grupo invadiu o local como se estivessem em festa. Mas todos prestaram atenção no halfling vestido como um bobo da corte. Ele então se aproximou dos aventureiros e fez uma sinistra proposta: eles deveriam caçar uma pessoa e entrega-lo ao palhaço, vivo ou morto.


O grupo de aventureiros aceita a proposta e partem para Vectora em busca do fugitivo Sardo. Enquanto isso, nas Montanhas Uivantes, o jovem Elvellon tenta desesperadamente proteger seu irmão caçula. Porém eles acabam emboscados por um grupo de mercenários que pretende vender Sarcano como cobaia. Na luta para defender o irmão, Elvellon é gravemente ferido. O que despertou a fúria de Sarcano.


Os aventureiros chegam em Vectora e são surpreendidos pela prisão de Linnáe. Nas Uivantes, a fúria toma conta de Sarcano e o garoto ataca os assassinos de seu irmão. Novamente em Vectora, os guerreiros seguem até uma loja de armas e são recebidos pelo dono anão, ele então guia o grupo até uma passagem subterrânea que leva os aventureiros até o submundo de Vectora.


Nas Uivantes, Sarcano acaba matando todos os mercenários que tinham lhe atacado, porém esse momento de vingança teve um pequeno preço e todo o braço do garoto acabou consumido pela estranha casca causada por sua doença. Desesperado, Sarcano arranca sua própria mão e antes que possa cortar o resto do braço ele é impedido por seu irmão. Então Elvellon utiliza suas última energias para fechar a ferida no pulso do irmão e manda que o garoto siga para Valkaria e procure por Vëon, pois o feiticeiro pode ajuda-lo. O jovem humano obedece ao último pedido do irmão e parte sozinho em direção a capital.


O grupo de aventureiros chega ao mercado negro de Vectora e começa a procura pelo fugitivo. Enquanto isso, um garoto acorda em uma estalagem sem conseguir se lembrar de nada referente ao seu passado. Ainda confuso, o garoto decide procurar por informações, mas a única coisa que descobre é seu nome: Sardo. Ele decide então sair pelas ruas, mas não nota que era seguido nas sombras. Algumas horas depois os heróis continuam sua busca na ruas da sinistra cidade quando se deparam com algo inesperado, um humano carregava o corpo de Sardo desacordado. Morn foi o primeiro a reconhecer o perigoso humano, conhecido por todo o reinado como o Demônio Cavendish.


Todos os guerreiros tinham sido derrotados por Cavendish, apenas Gwenh se mantinha de pé. Por algum motivo o demônio parecia ter interesse no elfo, como se já o conhecesse de outros tempos. Mas a diferença de poder entre eles era inacreditável e Gwenh acabou derrotado facilmente, porém antes que Cavendish pudesse dar o golpe de final, duas figuras surgiram e mandaram que o demônio fosse embora, ordem que surpreendentemente o humano obedeceu, como se temesse os recém chegados. Após se recuperar da luta, o grupo de aventureiros decidiu voltar para Vectora, levando consigo o corpo desacordado de Sardo que havia sido abandonado por Cavendish. Porém ao chegarem na loja do anão, foram surpreendidos pelo mesmo. Ele exigia que o elfo escolhesse um dos companheiros para ser morto. Antes que o grupo pudesse entender o que acontecia, a porta da loja foi aberta e por ela entrou Linnáe para ajuda-los.


Após ser ameaçado por Linnáe, o anão deixou o grupo ir embora. Porém a garota não permitiu que Gwenh seguisse com o grupo e obrigou o elfo a fugir sem nenhuma explicação. Sem entender o que havia acontecido, o grupo seguiu para a casa de Linnáe, onde discutiram sobre o que fazer com o prisioneiro. Enquanto isso, Sardo tentava entender por que ele tinha sido caçado e feito refém, foi quando uma voz em sua cabeça começou a falar com ele. Essa voz dizia que sabia como ajuda-lo a fugir, que tudo que ele precisava era ordenar aos outros e eles obedeceriam. Sem acreditar muito, Sardo decidiu escutar a voz e ordenou que Thargon o solta-se e para sua surpresa o minotauro obedeceu, enquanto Arwen foi obrigado a lutar contra Morn. O humano então aproveitou a confusão causada no grupo para fugir. Enquanto isso, na prisão de Vectora, Linnáe recebia uma visita inesperada: Çaesar.


Sozinho, Sardo decide voltar para a estalagem onde acordou. Lá ele encontra seus pertences, entre os quais havia uma bolsa cheia de tesouros que o humano não sabia como havia conseguido. Enquanto isso, Gwenh bebia em uma taverna, amaldiçoando a sorte que lhe faltava. Neste momento, dois elfos se aproximaram dele, Rathafal e Elleonora, o trio parecia se conhecer a muito tempo. Após uma rápida conversa, os elfos vão embora, enquanto entra pela porta o jovem Sardo. Gwenh decide conversar com o humano, mas eles são interrompidos pela chegada de uma bela dama vestida de negro.


Após poucas palavras, a linda Dama Negra convence Gwenh e Sardo a escutarem a proposta de Vectorius. Ao chegar lá, eles se deparam com o resto do grupo de aventureiros, agora finalmente reunidos, o grupo é enviado para uma outra dimensão onde devem encontrar um bracelete de ouro. O grupo então chega a uma masmorra de pedras, nela eles encontram um pergaminho contando a história de um lendário guerreiro que buscava a vida eterna. Eles decidem então procurar pelo bracelete, mas as únicas coisas que a masmorra contém são corredores extensos e salas repletas de caveiras. Quais mistérios estariam escondidos neste lugar?


Após uma luta fácil, os heróis encontram outra sala repleta por caveiras, mas desta vez Gwenh tem certeza que algo esta diferente. Em busca de respostas, o grupo segue por outro corredor, porém desta vez uma neblina toma conta de tudo, enquanto vultos misteriosos sobrevoam a cabeça dos aventureiros. Sem perder a calma, o elfo ordena que todos sigam em frente, até finalmente encontrarem uma porta. Ao atravessarem a porta, o grupo encontra um um mundo diferente, ao invés de uma sala, agora eles estavam em um reino feito de fogo. O chão era de carvão, enquanto o céu estava coberta por uma pesada fumaça causada pelos diversos vulcões. A sua frente havia um abismo, e na outra margem uma criatura de metal aguardava os aventureiros. Mas Gwenh e Morn não se intimidaram, e caminharam em direção a criatura como sem se importar com o abismo, e para surpresa de todos, eles conseguiram.


Livres da ilusão das caveiras, os aventureiros se preparavam para a batalha mais difícil de suas vidas. No lugar onde deveria estar a cabeça da armadura surgiu uma caveira, e imediatamente ela investiu contra os heróis. Morn foi o primeiro a cair, mas graças a magia de Sardo e a força de Gwenh, eles conseguiram destruir a armadura. Porém ela se refez, e uma nova caveira tomou o lugar da antiga, ainda faltavam oito vidas ao inimigo. A luta seguia feroz, apenas Gwenh e Laurëa continuavam de pé, enquanto o elfo lutava contra a armadura, a halfling tentava curar os companheiros feridos. Mas então o inimigo notou as intenções da garota, e investiu contra ela. Mantendo a confiança que tinha em seus amigos, Laurëa não tentou fugir, ela se manteve firme em sua missão, acreditando que Gwenh a salvaria. Então tudo se desfez, todos voltaram para a primeira sala da masmorra, onde um belo rapaz sorria e parabenizava os aventureiros.

4 comentários:

  1. Spoiller eles mi perseguem :P
    To fazendo o download dos livros :P
    Gostei dos resumos *-*

    ResponderExcluir
  2. ADOREI os resumos! Que demais, tudo organizadinho em capítulos. Gostei dos resumos, vou fazer download dos livros.

    Um beijo,
    Lê.

    ResponderExcluir
  3. Esses resumos são ótimos. E os livros também. Baixadinhos aqui.

    Bjok

    ResponderExcluir
  4. Não tenho problema em pegar spoilers, então li tudo e adoreeei (:
    Já baixei os livros, só falta tempo para continuar a leitura.

    ResponderExcluir