quarta-feira, 14 de maio de 2014

Resenha Tapete Vermelho.


Título: Tapete Vermelho.
Autora: M. S. Fayes.
Editora: Matrix.
Numero de páginas: 184.
Ano de Lançamento: 2013.
Compre: Saraiva.
Cortesia da editora.

Sinopse:
Uma jovem garota brasileira resolve se aventurar em um curso de inglês no exterior. Na poderosa LA. Em meio ao itinerário de passeios mesclados com estudos, ela se vê em um torvelinho de emoções ao conhecer subitamente um astro em ascensão do cinema. Seus passeios acabam sendo mais intensos do que poderia sequer sonhar. Ela se vê no poderoso mundo das celebridades, onde o glamour pode deslumbrar ou ofuscar seus ideais. O mais importante, porém... Seria ela capaz de manter um romance onde os holofotes nunca se apagavam?

Opinião:

Tapete Vermelho conta a história de Marina que viaja para L.A. com a intenção de estudar em um curso de inglês. Logo que chega, sua mala é extraviada e Marina deve esperar na sala da primeira classe, enquanto o pessoal do aeroporto a encontra a mala e a envie de volta. É assim que a protagonista conhece James Bradley, um ator super famoso que pede ajuda para escapar do aeroporto.
Eu admito o livro é muito clichê, mas também admito que gosto de um bom clichê.
James fica encantado por Marina e o relacionamento deles acaba se tornando mais que um simples encontro no aeroporto, acontece que Marina só ficará três meses em L.A. depois deve voltar ao Brasil.
O livro trás Nina com 19 anos enfrentando a primeira viagem internacional e o primeiro amor. James tem 25 anos, mas eu achei que ele age como se fosse mais novo, além disso, é aquele esterótipo: ator famoso, dinheiro, que nunca se apaixonou... Mas logo está interessado na garota nova que a principio é só uma garota normal e que termina por se mostrar um cara super protetor.
É uma leitura bem leve que fiz em 4 horas, é divertido acompanhar Nina entrando no universo de glamour, e também se debatendo com aquelas questões básicas de relacionamento: Ele gosta de mim? Estamos só nos divertindo? Como isso vai acabar? Meu coração vai ser feito em pedacinhos quando terminarmos.
Se você gosta de uma romance bem doce, esse é uma boa pedida. Tem os itens clássicos que nunca perdem a graça e faz suspirarmos e desejarmos um romance assim.




- Isso é desculpa pra caras covardes, Nina. tudo bem que às vezes a gente comete uns excessos quando está "alto", mas esse cara, esse cara... Ele te encostou a mão por cretinice, porque você não tinha dado o que ele queria! - bufou. - Eu poderia ensinar uma lição a ele.
- Uau! - exclamei e comecei a rir. Eu estava preocupada em como sairia de dentro daquele casulo quentinho e enfrentaria o frescor do quarto para tomar banho e trocar de roupa. - Agora entendo por que quem mora em lugares com clima ártico fica muito tempo sem tomar banho!
- Um repórter sabia mais do que devia ao seu respeito, Nina. Creio que ele contatou aquela sua amiga da universidade. ele sabia de tudo, que você era estudante de intercãmbio, que é brasileira...

14 comentários:

  1. Pela sinopse e pela sua resenha parece ser um romance bom de se ler, e como sou fã de romances, é claro que vou adicioná-lo a minha listinha.
    Beijos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim um romance bom de ler, é leve e rapidinho de ler. =)

      Excluir
  2. Muito boa a resenha! Ao ler, fiquei imaginando um filme, com os atores de "Gossip Girl" ou outra série similar, interpretando os personagens principais. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro Gossip Girl, rsrs.
      Mas é menos encrencas que em GG, até porque a personagem não é estilo Queen B.

      Excluir
  3. Esse é o tipo de clichê que eu amo! Ainda mais com um protagonista famoso e rico (:
    Não adianta, clichê nunca sai de moda. Eu também imaginei um filme! Uma Marina tipo a Alexis Bledel *-* Gostei da resenha, Cath. Espero poder ler esse livro em breve. Beijos <3

    ResponderExcluir
  4. muito bacana seu blog, a leitura é fundamental para o intelecto parabens
    http://megapracima.blogspot.com.br/2014/05/vaselinameu-produto-de-beleza.html#comment-form

    ResponderExcluir
  5. Oi Cath, adorei a resenha!
    Eu adoro romances de todos os tipos e estou sempre à procura de novos para ler. Acho que ainda não li um no qual o personagem masculino é ator, geralmente eles são CEOs hehe. Esse já está na minha lista. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Adoro romances e não me importo se são um pouco clichês... Parece ser uma boa leitura, mas voltada mais para os adolescentes. Prefiro temas um pouco mais adultos, mas fica a dica anotada!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei muito da sua sinopse. Adoro romance água com açúcar, aqueles que lembram filmes da sessão da tarde. Espero ler esse livro, gostei muito da sinopse.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro e nem a autora. O que li neste post me agradou, parece-me ser um romance muito bom e pretendo ler.

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ter uma estoria bem leve e clichê, quem sabe eu não de uma chance para ele =)

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do Sorteio do Livro DAHRIA

    ResponderExcluir
  10. Parece um livro divertido, pelo menos a parte que Marina encontra o ator super famoso e ele pede pra ela ajudar ele a "escapar" do aeroporto, pois é, mesmo tendo a parte clichê parece bem legal esse livro.

    ResponderExcluir
  11. Achei a capa bonitinha, mas o livro parece ser muito clichê, não é o tipo de leitura que me interessa.

    ResponderExcluir
  12. Parece bem divertido, mas me lembrou o estilo de um livro que já li, Brilhos e Linhas.
    Enfim, de qualquer forma, acho o estilo bem descontraído, leria.

    ResponderExcluir