quarta-feira, 7 de maio de 2014

Resenha A Filha do Sangue.


Título: A Filha do Sangue.
Autora: Anne Bishop.
Trilogia: Jóias Negras.
Editora: Saída de Emergência Brasil.
Numero de páginas: 432.
Ano de Lançamento: 2014.
Compre: Submarino. - Saraiva.
Cortesia da editora.

Sinopse:
O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos, inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.
Opinião:

Anne Bishop conseguiu criar personagens profundos e um universo inteiramente novo, ao mesmo tempo em que deixou uma linguagem leve. Os outros livros que li da Saída de Emergência tem um linguajar mais complexo, que se você desvia a atenção um momento já tem que voltar e reler, em A Filha do Sangue isso não acontece, a história simplesmente flui.
O primeiro ponto a entender é a importância das joias, você pode receber uma por Direito de Progenitura e outra que pode ser três níveis acima da primeira. Os níveis são esses:
Branca, Amarela, Olho de Tigre, Rosa, Azul-Celeste, Violeta, Opala, Verde, Azul-Safira, Vermelha, Cinza, Cinza-Ébano e Negra.
Os Sangues deveriam ser protetores das Trevas, uma especie mágica e poderosa, mas desde que a Rainha Cassandra morreu tudo mudou drasticamente, Dorothea aos poucos foi tomando o poder e cada vez mais colocando em prática um reinado de terror, principalmente para os homens.
Há muitos anos é feita uma profecia que prevê a vinda de uma Feiticeira que governaria de forma correta.
Saetan é o Senhor Supremo do Inferno, muito poderoso, mas que deixou Hekatah, sua ex-esposa, tomando conta de tudo enquanto ficava em uma sala esperando a Feiticeira chegar.
Daemon e Lucivar são filhos ilegítimos de Saetan com mães diferentes. Daemon tem uma jóia negra, a mais poderosa, e é conhecido como o Sádico, é escravo sexual de Dorothea, ela o manda para varias rainhas, pois deixá-lo por perto é perigoso, não é a toa que ele tem esse apelido. Lucivar também é escravo sexual e Dorothea o enviou para Pruul, sabendo que enquanto tivesse poder sobre Lucivar teria poder sobre Daemon.
Então eu espero que estejam se indagando o porque Daemon sendo muito mais poderoso que Dorothea a obedece, e é aí que entra o Anel de Obediência, são anéis colocam nos pênis dos escravos sexuais, assim quem tiver o anel de controle, normalmente Dorothea + a feiticeira a quem estão a serviço, podem enviar ondas de dor diretamente para o membro.
Daemon acredita que pode se livrar do seu anel, mas como usariam seu irmão contra ele, não adiantaria de nada.
Quando enfim a Feiticeira chega não é como se esperava, Jaenelle tem sete anos e mais poder do que se lembram de alguém ter tido. Além de amigos incomuns, todos os lugares que ninguém se arriscaria a ir, Jaenelle vai e faz amigos.
Saetan começa a ensinar a Arte para Jaenelle, e assim se passam anos e a garota alcança seus doze anos.
Você deve estar pensando que falei muito sobre o decorrer do livro, mas isso é o básico, acontece muito no decorrer das páginas.
O livro começa com uma explicação sobre as jóias e sobre a hierarquia, que você não precisa decorar, pois vai aprendendo ao longo da história.
Embora Lucivar seja um personagem que apareceu muito pouco nesse livro, os momentos em que aparece me cativaram totalmente.
Daemon com sua história extremamente triste também me conquistou, mas foi aos poucos. Saetan ao contrário me deixou um pouco descontente, pois poderia ter evitado muito do que aconteceu a Lucivar e Daemon, mas preferiu agir de outra maneira.
Outro fato que devem entender é que Daemon dês que soube da Profecia considerava que a mulher certa seria a Feiticeira, então imaginem a surpresa quando se deparou com uma criança. Mas aprendeu a lidar bem com a situação e virou o que a Jaenelle precisava: um amigo.
Eu aviso que o livro não é uma leitura leve, é bem sombrio, teve partes que eu contava para o meu amigo que ficava: "Aiii!", sendo que quando terminei de ler ele me disse: "Não me conte mais nada!", pois eles estão vivendo em uma época que não é fácil, acontecem cenas mais fortes, como colocarem óleo de bacon no membro de um homem e largarem ratos para comer.
Ao mesmo tempo que o livro é forte, também demonstra sentimentos como amizade, bondade, proteção. Mas o livro começa e termina com uma importante lição: tudo tem o seu preço. E no decorrer do livro esse preço é varias vezes cobrado dos seus personagens.
A cada momento da leitura algo está acontecendo, é um livro que te captura a cada página, Anne não deixou cair o conteúdo em nenhum momento.
O que acredito que possa incomodar há alguns é a parte sexual, é uma obra que embora não use em nenhum momento palavras chulas está liganda a essa servidão que exigem dos personagens, o que pode também incomodar há outros é Daemon continuar apaixonado por Jaenelle mesmo ela sendo uma criança, eu não achei nada demais, pois ele não faz nada do estilo sexual com ela, mas há amou e esperou por anos e continua sentindo isso.
Pessoalmente, adorei a leitura, os personagens são complexos com várias nuances e a autora trás ingredientes importantes embora tristes que te capturam cada vez mais, seus sentimentos enquanto lê vão mudando junto com os dos personagens.
Quanto ao formato físico do livro, a Saída de Emergência Brasil continua focando forte, é muito lindo, tanto a parte exterior quando a interior, letras, papéis, diagramação, correção, tudo muito bem feito e com cuidado.




Desgraçado egoísta. Havia formas de contorná-lo. Será que ele pensava que depois de todo este tempo ela não sabia qual era o seu ponto fraco? Tinha sido bem divertido vê-lo contorcer-se, o eminente Senhor Supremo acorrentado pela honra, enquanto aqueles dois filhos que ela mesma tinha ajudado Dorothea a criar eram espancados ano após ano, século após século. Eles agora o odeiam, Senhor Supremo. Que bastardo não odeio o progenitor que não o aceita?


Daemon entrou de rompante no quarto, bateu a porte, despiu-se, tomou banho e voltou ao quarto. Vagabunda. Vagabunda estúpida e chorona. Como se atrevia? Como se atrevia?


- Parece que não são só  as senhoras que gostam de parecer misteriosas - disse Jaenelle friamente, dirigindo-se à porta. - Mas a algo errado com o seu dedo, Príncipe. Há dor nele.


O bem e o mal existem em todos os povos. Atualmente, quem domina é o mal que existe entre nós.

13 comentários:

  1. Oi, Cath's
    Estou louca para ler esse livro. Adoro livros de fantasia e já vi resenhas super positivas sobre ele.
    A capa está muito bonita.
    Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muitooo a pena Monica!
      Achei um livro excelente!

      Excluir
  2. Ahhhhh *-* ansiosa pra ler, agora!
    Amei a resenha!
    E, na boa, a SdE tem que parar de divar com a diagramação, hahaha Eles arrasam demais!

    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! *-*
      Até meu primo que é um chato baba na diagramação da SdE, kk.
      Eles sempre divam.

      Excluir
  3. Amei a resenha!! Toda vez que me falam sobre esse livro me dá mais vontade de ler, e realmente, a SdE tá arrasando nas capas/diagramação, o que só aumenta minha vontade, pq essas coisas são a primeira coisa que eu noto num livro haha parabéns pela resenha e parabéns à editora <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem consegue não levar em consideração uma capa bonita? kk.
      Ao entrar numa livraria vai te chamar atenção o visual, então é que pega o livro, se não foi com nenhuma ideia em mente é claro.
      E o livro vai além do visual, ele é incrível. =)

      Excluir
  4. Adorei a resenha,mas o livro não faz meu gênero e acho que não conseguiria ler .
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Eu compraria esse livro só pela capa!! É muito linda!! Depois que li a resenha fiquei meio assim: uau! Tenho que ler esse livro. Esse com certeza será minha próxima aquisição!!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Esse é um livro que eu necessito ler, parece ser uma estoria incrível com cenas fortes e personagens bem construídos e essa capa esta linda, provavelmente compraria só pela por ela =)

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do Sorteio do Livro DAHRIA

    ResponderExcluir
  7. Vejo muita gente comentando desse livro e minha curiosidade e vontade de ler só ta aumentando, e gosto muito desse estilo, é fantastico *-*

    ResponderExcluir
  8. Que livro lindo! Já achava a capa super bem feita, e agora depois de ver todos esses detalhes acho ele ainda mais bonito, a editora caprichou!
    Adoro a história também, é muito interessante.

    ResponderExcluir
  9. Que livro lindo! Fantástico.
    Estou querendo muito ler ele.... tudo que você comentou só me faz querer ler muito mais (E já falei que esse selo é incrível), enfim, espero conseguir adquirir em breve.

    ResponderExcluir