quinta-feira, 1 de maio de 2014

Resenha Chuva Para Lavar A Alma.




Título: Chuva Para Lavar A Alma.
Autor: Anderson Caum.
Editora: Novos Século.
Número de páginas: 248.
Ano de Lançamento: 2013.
Compre: Submarino. - Saraiva.
Cortesia do autor.

Sinopse: 
Um romance sobre as verdades escondidas que influenciam e podem determinar nossos caminhos. Muitas vezes ouvimos falar sobre o jogo de forças que, em vários momentos, parece impedir que conduzamos nossas vidas, como fantasmas que aparecem para atormentar o trabalho, a família... Ana se reúne, há três gerações, com jovens em orfanatos para fazer o que considera sua grande missão: contar histórias. Mas, na verdade, seu principal trabalho é o de resgatar as almas das mãos dos que ela considera serem os “senhores da vida”. E, dentre suas inesquecíveis narrativas, há uma que é frequentemente pedida por todos: a extraordinária história de Emanuel, um menino que, diz a lenda, desde pequeno, e por muito tempo, teve sua vida manipulada por forças sobrenaturais muito perigosas. O que poucos sabem é que esta saga, contada repetidamente por Ana, é real. Uma época de luta, que remete ao Dilúvio, à história do anjo Nicanor, relatados na Bíblia, e se estende a um grande plano traçado por anjos e demônios para a vida de Emanuel e influenciou a todos, como Ana, que viveu uma terrível fase no passado, na tentativa salvá-lo. 

Opinião: 

Durante a leitura do livro eu fiquei meio dividida entre "gostar" e "não gostar", porque algumas coisas faziam muito meu estilo e outras.... Nem tanto. Eu vou tentar dar minha opinião baseada nos tópicos que eu anotei, mas juro que vou tentar não dar spoilers grotescos. 

Adorei o livro começar com a Ana idosa contando a história numa casa antiga. Embora ela não apareça logo de primeira na narração da mesma, sua aparição foi, para mim, a coisa mais empolgante do livro... O ponto master. 

Chuva para lavar a alma se trata de pessoas que acreditam e vêem anjos (e demônios, o que me fez lembrar de Supernatural) e... Bom, não dá pra falar muita coisa a cerca do assunto sem entrar em uma teia de spoilers e então, eu contaria o livro todo.

O livro traz muitas (eu disse muitas) passagens bíblicas, então se você é o tipo de pessoa que prefere distancia da bíblia, eu não recomendo nem um pouco. O autor se mostrou bem conhecedor do livro sagrado, conseguindo encaixar perfeitamente algumas passagens mas devido a esse grande entendimento, algumas horas eu me senti realmente lendo a bíblia (posso ter julgado errado porque eu estou realmente lendo a bíblia e enquanto eu lia o livro, lia paralelamente quase dois livros da bíblia por dia), tornando assim uma leitura meio cansativa. Eu ficava horas lendo e simplesmente não andava... Nunca demorei tanto assim num livro com menos de 400 páginas. Uma coisa bem legal que percebi, é que vários nomes são realmente bíblicos (Sarai denunciou isso logo de cara). 

Se tem uma coisa que me deixou muito indignada logo no começo foi a falta de sincronia entre Emanuel (obcecado pelo trabalho) e sua mulher Raquel (mulher tradicional, simples e louca pelo sobrenatural), que era contra a ida do casal para Londres, o que ocorreria com a promoção de Emanuel. Sério, eu tive muita vontade de matar a Raquel e quem falava comigo durante a minha leitura, sabia que eu estava pra entrar no livro e dar uns tapas nessa mulher pra ela largar de ser besta. 

Achei o final meio previsível, mas o livro como um todo, é legal, embora não seja muito o meu estilo. Alguns podem achar minha nota baixa, mas o livro não atingiu a nota máxima (5) em nenhum dos meus critérios. 





O homem passa a vida desviando de mendigos e se lamentando por crianças que morrem de fome, mas juntam para si mais do que podem carregar e desfilam riquezas pelas ruas, sabedores de que não poderão levar consigo nada do que têm.

16 comentários:

  1. A capa do livro e a sinopse me encantaram, mas pela resenha eu não sei bem se vou gostar do livro. Vou anotar a dica, mas vou deixar para ler quando tiver mais tempo.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... Eu também me empolguei mt com a resenha mas quando li, eu confesso que esperava algo mais surpreendente, mas é uma boa leitura para passar o tempo.

      Beijos, linda!

      Excluir
  2. Bom já pela sua resenha vi que não é um livro que faça meu estilo, mas deve ter bastante pessoas que vão gosta dele...

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  3. Não parece fazer o meu estilo, não porque tenha passagens bíblicas, por que eu gosto de ler a Bíblia, mas como vc disse o livro é meio cansativo e não gosto de leituras que ficam empacando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. assim, as vezes um livro q n me interessou mt, uma pessoa pode achar ele perfeito, mas eu achei a leitura meio arrastada mesmo pq eu gosto de coisas dinâmicas, q vc lê 1 cap e já aconteceu mta coisa!

      Excluir
  4. Eu acho que gostaria sim desse livro... mesmo sendo uma narrativa lenta como a resenha fez parecer...

    ResponderExcluir
  5. Eu não gostei muito da sinopse do livro não,ele não faz meu estilo,se que é que você me entende,mas sua resenha ficou muito boa,parabéns !
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, quando a sinopse n agrada mt, não há resenha q nos faça ter vontade de ler... Obrigada, querida!

      Excluir
  6. Fiquei um pouquinho confusa com a sinopse na primeira vez que li, hahaa. Achei que tem uma história bacana a ser desenvolvida, mas não faz muito meu tipo. Mas quem sabe em algum momento ... Ótima resenha, beijinhos!

    respirelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, pensei q tivesse sido a unica a ler a sinopse algumas vezes! kkkkk
      Obrigada, linda. Beijos!

      Excluir
  7. Olá
    Fiquei meio em dúvida sobre o livro, parece um sobrenatural e ao mesmo tempo um livro religioso. Acho que mesmo assim, gostaria de ler. Parece legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa eu ver se te explico melhor sem spoilers kk Ele tem a ver com o sobrenatural, mas por ser anjos e demônios (e oq eu chamo de anjos caídos), ele tem um embasamento bíblico para explicar algumas coisas... Não que siga bem a ideia da biblia, é meio diferente e me lembra mais um ep de sobrenatural, a série...

      Excluir
  8. Fiquei encantada com a capa e com a sinopse do livro. Mas enquanto lia a resenha meu encanto foi acabando... Parece ser um livro que promete muito, mas que no final desaponta um pouco. Também não curto muito leituras lentas, que se arrastam. Mas enfim, se um dia eu tiver oportunidade lerei pra tirar minhas próprias conclusões. Ótima resenha!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Vendo a capa e o título do livro não imaginei que fosse algo que fizesse lembrar Supernatural... rsrs
    Achei interessante e espero poder ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  10. Gostei da sinopse do livro, mas quando fui lendo a resenha me desencantei um pouco :/
    Leituras assim não me interessam muito, então eu passo.

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhhhhh já não tinha me interessado muito com a sinopse...
    E após ler os pontos negativos, realmente não sinto vontade de ler =( Não me agrada leituras assim.

    ResponderExcluir