sexta-feira, 11 de abril de 2014

Resenha Uma Vez Na Vida.


Título: Uma Vez Na Vida.
Autora: Marianne Kavanagh.
Editora: Única.
Numero de páginas: 288.
Ano de Lançamento: 2014.
Cortesia da editora.

Sinopse:

Uma história de amor, encontros e.... desencontros! Conheça Tess. Obcecada por roupas vintage, ela está sempre enrolada no emprego que detesta e em dúvida sobre seu namorado bonitão Dominic, que conheceu na universidade. Morando em um adorável apartamento com sua melhor amiga, Kirsty, ela poderia se considerar uma pessoa de sorte. Mas se sua vida é tão perfeita, por que ela se desfaz em lágrimas toda vez que pensa no futuro? Conheça George. Um músico brilhante que divide seu tempo entre brigar com os companheiros de sua banda de jazz e se preocupar com o pai doente. Mas ele sabe que a vida não é só isso. Deve haver mais alguma coisa. Algo especial. Tess e George são duas partes de um todo, almas gêmeas. Para a sorte deles, seus amigos em comum sabem que eles são feitos um para o outro. O problema é que eles não se conhecem e, sempre que a oportunidade aparece, a vida chacoalha os dois para longe. E agora? Se todos têm uma alma gêmea, como o destino faz para uni-los? Acompanhe a história divertida e apaixonante de Tess e George durante uma década de encontros malsucedidos, frustrações românticas e uma dúzia de recomeços. Uma vez na vida é uma comédia romântica moderna e inteligente sobre amizade, destino e oportunidades perdidas e reconquistadas!

Opinião:

Uma Vez Na Vida conta a história de Tess e de George no decorrer de vários anos, ambos tem um grupo de amigos em comum que ficam dizendo que dariam um belo par, mas sempre acontece algo que faz esses dois não se encontrarem.
Eu tinha criado muita expectativa a respeito desse livro, esperei ansiosa chegar achando que ia me tocar demais, só que isso não aconteceu, é uma obra boa, mas só isso.
Tess é uma pessoa bem normal, tirando seu gosto por vintage, estudou, começou a trabalhar, ficou amarrada no mesmo namorado e trabalho com medo de fazer o que realmente queria, fingindo para si mesma que era feliz.
Agora George realmente me irritou, tem o sonho de ser um músico de sucesso, mas vive em um "mimimi" de não consigo, é um capacho, é frouxo e nunca encara a realidade, só fica se lamentando e deixando a vida passar.
Sinceramente, eu achava que Tess merecia coisa muito melhor que ele, não vejo eles como almas gêmeas, pois o vi muito inferior a ela.
Mas eu gostei bastante dos amigos deles, que são sempre animados e com alguma história nova.
A autora também tem alguns pensamentos muito bons, partes em que você pode se enxergar na frase.
Acredito que a ideia do livro fosse mostrar como podem acontecer várias coisas na sua vida e por pior que sejam sempre pode melhorar.
Gosto da ideia apresentada que todos tem sua alma gêmea e que o destino vai reunir vocês em algum momento, seria bom se fosse assim, mas pessoalmente não sei se acredito, tem tantas pessoas que morrem sozinhas, isso significa que o destino trabalhou mal? Até o destino anda preguiçoso, rsrs.
O que me encantou no livro foi a Mia, que não posso contar aqui quem é sem passar spoiler, mas ela é muito fofa.
Um ponto que me incomodou é que as falas dos personagens começam com aspas e não travessão, não sei se é costume meu, mas acho visualmente melhor travessões.
A capa como já comentei com vocês é simples, mas gostei, o livro também é simples, então eles combinam, e eu a achei bonita.
Em resumo é um livro bom, a leitura é fácil, o linguajar também, mas não é aquela obra que vai te sugar para dentro e não irá conseguir largar.




Porque ela não a amava o bastante, pensou Tess. Teve um caso porque não teve peito de dizer na cara que estava acabado. Ja vi isso acontecer uma porção de vezes. Esqueça o que as pessoas dizem. O importante é o que elas fazem. Como dizia minha avó, os atos falam mais alto que as palavras.


As pessoas sempre dizem, pensou Tess, você é jovem demais, ainda não se conhece. Mas não dá pra controlar quando é que você vai encontrar sua alma gêmea. Se tiverem sorte, vocês se descobrem cedo. E se isso acontecer, vocês têm mais tempo pra passar juntos. Vocês têm a vida toda para poder se conhecer.

2 comentários:

  1. Eu comprei este livro hoje na Bienal e estou doida para começar a ler. Pelo o que você disse eu acho que vou gostar, mas não me apaixonar pelo livro, mas mesmo assim acho que vai valer a pena.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não consegui gostar da sinopse, e li a resenha pra ver se minha opinião mudava,mas infelizmente não conseguiria ler esse livro :(
    Essa leitura eu passo...

    ResponderExcluir