quinta-feira, 27 de março de 2014

Resenha Tamanho 44 Também Não é Gorda.



Título: Tamanho 44 também não é gorda. 
Autora: Meg Cabot. 
Editora: Galera Record. 
Número de páginas: 416. 
Ano de Lançamento: 2009. 

Sinopse: 
A ex-estrela pop Heather Wells está de volta, e como de costume vai se envolver em uma perigosa investigação. Ela é inspetora de um dormitório feminino da universidade de Nova York, e está acostumada com festas e brincadeiras estranhas das estudantes. Quando jovens começam a aparecer mortas no dormitório, Heather acha que pode ajudar, como já fez no passado. Mas quem está por trás desses assassinatos fará de tudo para se proteger e uma inspetora gordinha não ficará em seu caminho. 

Opinião: 

NÃO! NÃO É DE AUTO AJUDA! 

Simplesmente amo a série Mistérios de Heather Wells! Minha irmã me indicou há alguns anos e procurei muito o primeiro volume, Tamanho 42 não é gorda, mas eu infelizmente não achei (Acabei de achar em pdf! Imaginem minha alegria!!! Ah, e não se preocupem, poucos detalhes tem relação com o livro anterior, mas dá pra entender perfeitamente). Na minha humilde opinião, esta série é uma das melhores da Meg, pois não é muito menininha, então garotos, vocês tem passe livre para este! 

Em Tamanho 44 também não é gorda, Heather, a ex estrela pop acima do peso, se envolve em mais uma investigação de morte no alojamento da morte, enquanto liga com as aulas de reforço de matemática, o ex noivo, Jordan que agora está noivo da nova estrela, Tânia, seu colega de apartamento e irmão de Jordan, Cooper. Também temos Tom, Magda, Gilian e muitos outros. Como se não bastasse tanta confusão, seu pai sai da prisão e onde ele decide passar uns tempos? Exatamente! 

Tamanho 44 também não é gorda é uma história muito interessante e engraçada, mas que aborda muitos temas da vida universitária de Nova Iorque, com uma protagonista gordinha que não é muito levada a sério. Eu super indico este para as pessoas que curtem uma investigação mas que também buscam uma pitada de comédia, vocês não vão se arrepender! Meu desejo é que essa série vire filmes, porque ela é simplesmente fantástica. Por um filme onde a protagonista não seja um projeto de Barbie \o/ 



- Eu sei que você não está dormindo, Gavin - digo, severa. - Abra os olhos.
As pálpebras de Gavin se movem.
- Por Jesus Cristo, mulher! - ele exclama. - Não vê que estou passando mal? - E aponta para a sonda de soro espetada em seu braço.
- Ah, faça-me o favor - digo, enjoada. - Você não está passando mal. Só é  burro. Vinte e uma doses, Gavin?


8 comentários:

  1. Eu já li e agora pretendo reler essa série. Eu adoro os livros da Meg e esse é dos meus favoritos.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a única série da Meg que eu acompanho.. Estou com tds da princesa Mia para ler em pdf mas falta a vergonha na cara kk

      Obrigada!

      Excluir
  2. Serio a primeira vez que vi a capa desse livro pensei que era de auto ajuda, mas depois de ver algumas resenhas como a sua percebi que a estoria é bem legal e com certeza pretendo ler essa serie *---*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, Jessy (criando intimidade pq sim xD), vc vai amar! Eu sou meio viciada nessa série kk To doida pra comprar o 4º volume!!!

      Excluir
  3. hahahahahah quero ler a série toda, sem contar que amo essas capas coloridas e o título é muito criativo! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho os dois primeiros volumes da série, mas ainda não tive vontade de ler.
    Na verdade, comecei o primeiro, mas acabei deixando para depois, quem sabe eu dê uma chance futuramente né? =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu to louca pelo primeiro <3 Não deixe elea de lado, a história é muito envolvente!

      Excluir