terça-feira, 4 de março de 2014

Resenha Simplesmente Irresistível.


Título: Simplesmente Irresistível.
Autor: Rachel Gibson.
Editora: Jardim Dos Livros.
Numero de páginas: 389.
Ano de Lançamento: 2013.

Sinopse:
Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em Seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.

Opinião:
Eu ganhei esse livro em agosto de aniversário, mas como eu tinha vários livros de parceria na frente ele foi para a estante aguardar, então dia 01/03 eu estava ferozmente atrás de um romance e me lembrei dele.
George acaba de fugir do seu casamento com o idoso do Virgil, quando conhece John e pede uma carona para ele. Como John não sabe quem ela é aceita e acaba levando-a para sua casa.
Depois de muita implicância por parte de John e George fazendo o que sabe de melhor: fletar, eles acabam passando a noite juntos. 
Acontece que John não tem nenhum interesse em ter um relacionamento, assim na manhã seguinte compra uma passagem para George e a deixa.
Só que Georgeanne não tem para onde voltar, então vê um anuncio e desiste da viagem para ir se candidatar, quando ela consegue o emprego a história da um salto para sete anos depois, quando George teve uma filha de John e escondeu dele.
Não é por nada os prêmios que a autora recebeu, ela conseguiu em vários detalhes sair do enredo normal desse tipo de livro, quando eu achei "ah, agora eles vão ficar juntos", não, não era.
Além do romance que é o foco do livro, temos o abandono, a dislexia e um pouco dos bastidores de times de hóquei.
Georgeanne demonstra na sua personagem que em determinadas situações inusitadas você pode crescer, tanto que você vai perceber uma reviravolta da personagem quando passa os sete anos dês que foi apresentada a ela.
John demora para deixar seu passado de lado, mas é uma babão pela filha dês que a vê pela primeira vez, e no decorrer do livro vai crescendo.
Um detalhe muito legal, é como a autora demonstra que devido a pré conceitos que eles tem em relação ao outro vão criando brigas que eram totalmente desnecessárias, mas um espera o pior do outro devido a história deles.
Foi uma leitura que mesmo tendo 389 páginas passou rápido, pois a linguagem é simples e a história cativante, eu adorei o livro, era exatamente o que precisava no dia.
Sem falar que a capa é linda, mesmo sendo simples, ela é charmosa.


Acima do barulho das ondas e das gaivotas, uma sonora gargalhada alcançou os ouvidos dela. Em um instante, Georgeanne esqueceu o frio, a areia e a alga. Esqueceu a própria aparência e quis mesmo morrer. Uma raiva crescente correu por suas veias e acionou uma fúria quase descontrolada. Trabalhara a vida inteira para evitar o ridículo e não havia nada que odiasse mais do que ter alguém rindo dela.

Olhos como os dele. Uma sensação inexplicável percorreu seu corpo e ele sentiu como se tivesse colocado o dedo em uma tomada. Agora sabia por que Georgeanne se comportara de forma tão estranha no banquete. Ela tivera a filha dele. Uma garotinha.


15 comentários:

  1. cara eu ando mega traumatizada com o livro q eu li dessa autora, sei lá, achi bem ruinzinho e não to afim de ler o próximo tão cedo.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente amo os livros da Rachel. Ela escreve tudo na medida certa e isso me encanta. Amo este livro e o Sem clima para o Amor.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada dessa autora, mas esse livro parece ser muito bom a estoria bem legal e não muito clichê, quem sabe eu não o leia quando tiver uma chance *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser muito romântico e divertido.... Estou curiosa para lê-lo...

    ResponderExcluir
  5. Gostei da capa, mas não me interessei muito pela história. No entanto, sua resenha foi bem escrita, gostei dela. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. adorei a capa. ainda nao li nenhum livro dessa autora mas gostei da historia apesar de ser cliche parece ser uma leitura leve e divertida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é leve e divertida, conquista mesmo sendo cliche.

      Excluir
  7. Já li apenas um livro da autora, e foi o bastante para me apaixonar por sua escrita. Rachel consegue balancear bem um romance, sem deixá-lo meloso demais, e sempre metendo um enredo bem criativo no meio. Esse livro não me parece diferente. Já quero ler *o*

    Abraços, Mallú Ferreira
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente com o que disse Mallú!

      Excluir
  8. EEu comprei o livro =) Aeeeeeeeee
    Vou ler em breve e ver se vou amar... mas acho que vou. Gosto do gênero e acho que a autora é fantástica nele. Vamos ver =)

    ResponderExcluir