sexta-feira, 21 de março de 2014

Parceria: Ana Cristina Melo.

Olá!
Eu já havia falado da autora no Facebook e Twitter, mas vim apresentá-la formalmente para vocês. =)



"Nasci em 26 de março de 1972, no Rio de Janeiro, onde sempre morei. 
Aos 9 anos, descobri a literatura da forma mais simples, por meio dos textos contidos nos livros didáticos. Não tardou para que eu buscasse textos maiores, que me levaram à coleção Vagalume. A paixão pela leitura logo deu lugar ao bichinho-escritor. Daí, não custou para me debruçar sobre a máquina de escrever, datilografando dezenas de páginas de poemas, material que pelo caminho acabei destruindo. 
Aos 14 anos, numa dessas bifurcações da vida, me vi encantada pela Informática, e optei por esse caminho como profissão. Começava aí minha formação técnica, que se estenderia do ensino médio até a pós-graduação. 
Formei-me em tecnóloga em processamento de dados e fiz especialização em análise de sistemas, profissão que exerço até hoje. Mantendo como ocupação paralela, desde os 16 anos, a atividade de professora; até 2010 lecionei  para a graduação e pós-graduação da Universidade Estácio de Sá. 
Publiquei quatro livros técnicos que me fizeram conhecida no meio, palestrei em eventos da área, escrevi artigos para revistas especializadas. Se quiser saber um pouquinho mais da analista de sistemas.
Contudo, em 2005, a paixão pela literatura, até então represada, eclodiu sem que eu pudesse evitar, lotando minhas gavetas virtuais, ocupando os segundos livres do meu tempo, preenchendo os vãos dos meus sonhos.
Para dar voz a essa paixão, comecei a participar de concursos literários, conseguindo várias classificações, que me encheram de ânimo e me deram força para buscar cada vez mais qualidade em meus textos."




O que você faria se encontrasse um computador antigo capaz de conversar com você como se fosse um ser humano? Misturando o antigo e o moderno, numa fórmula recheada com um envolvente clima de mistério e temperada com toques de romance, Ana Cristina Melo nos oferece mais uma bela história que mostra a importância da família e da amizade, encantando leitores de todas as faixas etárias, amantes da Informática, dos esportes ou de um bom livro. Os amigos Fred, Carol, Lena, Gui e Cadu moram num condomínio em Jacarepaguá e estudam no Colégio Ilíada, que está às vésperas de um Torneio Estudantil, com as modalidades de tiro com arco e vôlei, num projeto piloto incentivado pelo Governo com foco nas Olimpíadas de 2016. Durante um treino na quadra do condomínio, a bola cai numa casa abandonada, onde eles descobrem uma voz metálica vinda do meio da sala. A voz é de Billy, um computador CP-500, modelo da década de 80. Billy foi todo modernizado por William, que lhe implantou um complexo sistema de inteligência artificial. Sensibilizados com o sumiço de William e o abandono de Billy, os cinco amigos criam a Turma do CP-500, que terá como primeira missão encontrar Mack, antigo sócio de William e provável hacker que invadiu o Colégio Ilíada. Entre cartões perfurados, campeonatos e muitos suspeitos, eles precisam correr contra o tempo para descobrir qual é a verdadeira identidade desse cibervilão.



Caixa de Desejos é uma novela juvenil. Conta a história da Marília, uma menina que vive com os pais, os avós maternos e o tio paterno, mas tem uma ligação muito forte com a avó materna que mora em outra cidade. Logo no início da história essa avó morre e ela ainda tem que lidar com a chegada de uma meia-irmã que só viu duas vezes na vida. Para ajudá-la nesse processo de perda, Marília conta com uma caixa que a avó lhe deu de presente, antes de morrer. Uma caixa mágica para ela guardar seus desejos. Assim, ela vai se descobrindo, descobrindo a relação com a irmã, aprendendo a conviver na escola e entendendo como lidar com um primeiro amor que surge em sua vida.





Para quem se encantou com a protagonista de Caixa de Desejos, uma menina sensível e inteligente que viveu uma tumultuada passagem para a adolescência, vai se identificar muito mais com essa continuação, quando ela está às vésperas de completar 18 anos. Marília, uma jovem apaixonada pela literatura, prestes a entrar na fase adulta, vive de novo as turbulências desse rito de passagem. Ela, que achava sua vida perfeita, de repente, se dá conta que está no meio de um terremoto, muito parecido com o estado do seu quarto. São muitos os abalos: as brigas dos pais que ameaçam se separar, o namorado ciumento com quem ela não tem coragem de romper, a chegada do vestibular e de um novo amor, o estranhamento de sua melhor amiga e a chegada do enigmático Joca, trazendo sonhos, revelações e suspeitas para sua casa. Além, claro, da volta da meia-irmã Francine, carregando seus próprios problemas de relacionamento. Diante de tantos conflitos, só lhe resta apelar para a caixa de desejos que vó Laurinda lhe deixou antes de morrer. A caixa e a irmã traçam o fio invisível que Marília precisa para se equilibrar e achar novos caminhos. Mais uma vez, Ana Cristina Melo, presenteia seus leitores com uma bela história contemporânea, repleta de sentimentos e descobertas que atingem todas as faixas etárias. Um livro cheio de vida, com um delicioso clima de mistério. De volta à Caixa de Desejos nos mostra que não há idade nem medidas para sonhar. O que precisamos é descobrir nossa caixa, para que ela ajude a iluminar os sonhos mais distantes.

5 comentários:

  1. Oi, tudo bem?

    Parabéns pela parceria.

    Gostei das sinopses de Caixa de desejos e De volta a caixa de desejos.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a autora. Gostei das sinopses também. A capa do primeiro livro me agradou, me lembrou Friends.
    rsrs
    Beijos!
    Que a parceria renda bons frutos.

    http://ymaia.blogspot.com.br/2014/03/concurso-cultural-homenageando-ayrton.html

    ResponderExcluir
  3. As sinopses me encantaram...
    Parabéns pela Nova Parceia *---*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  4. Nossa, livros bem interessantes e não pude deixar de reparam em como "a turma do CP-500" se assemelha bastante com a trama do filme "Her". Gostei e fiquei bem curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  5. Queria ler Caixa de desejos =( Tenho alguns brindes até que ganhei.
    Parabéns pela parceria.

    ResponderExcluir