quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Resenha: O Livro do Amanhã.









Título: O Livro do Amanhã

Título Original: The Book of Tomorrow
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Ano: 2013

Onde comprar: Link.
Sinopse: Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso. Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.


Opinião: Esse foi o primeiro livro que li da Cecelia, apesar de ter comprado 3 livros dela em uma promoção, optei por ler primeiro esse do que o famoso P. S. Eu te amo.
A autora conta nesse livro a vida da adolescente Tamara Goodwin, uma jovem mimada que nunca precisou se preocupar com nada na vida. Vivia uma vida típica de garota rica e mimada.
Então seu pai acaba se suicidando e tudo muda em sua vida. Ela e a mãe perdem tudo, pois o pai estava falido. Sem alternativa as duas acabam se mudando para a casa do tio de Tamara.

 “Perdi meu pai. Ele perdeu seus amanhãs e eu perdi todos os nossos amanhãs juntos. Agora, pode-se dizer que os aprecio quando chegam. Agora, quero torná-los o melhor que puderem ser.”


Sua mãe começou a apresentar sinais de depressão. Não se levantava mais da cama e dificilmente se alimentava. Tamara então começa a ficar entendida na fazenda, pois não há ninguém com que ela pudesse conversar e conviver além do tio sempre calado e de Rosaleen esposa dele.
Em mais um dia comum e entediante, uma biblioteca itinerante passa pela fazenda e ela acaba conhecendo o jovem bibliotecário Marcus. Os dois começam a se conhecer e a vida de Tamara começar a ficar um pouco mais colorida. Ela acaba pegando um livro da biblioteca, só que está trancado e tem todo um mistério envolvendo aquele pequeno diário. 

“Foi quando me dei conta da importância de cada linha no diário. Cada uma era como aquela trilha de migalhas de pão que desejava jogar desde minha casa até aqui. Cada palavra era uma pista, uma revelação de algo que acontecia debaixo de meu nariz.”
O livro é narrado do ponto de vista da protagonista, o que eu gosto bastante, pois envolve o leitor em seus pensamentos, questionamentos e duvidas.
No inicio, ela é um pouco chata e mimada, mas acredito que tenha esse comportamento por conta da criação que ele teve.

Depois que ela pega o diário, a trama fica muito mais envolvente. Traz alguns mistérios a serem solucionados, que deixam a Tamara muito intrigada e sempre em busca de soluções para as muitas duvidas que ela tem.
Fiquei muito intrigada com o comportamento de Rosaleen, pois ela é o tipo de pessoa que sempre tenta agradar todo mundo e você acaba percebendo que aquele comportamento é forçado, e isso nos traz também muitas duvidas sobre o caráter dessa personagem.
Eu gostei do livro pois é uma historia fácil de ser lida, fluiu rápido pra mim.
Achei o final muito bom e surpreendente.

13 comentários:

  1. Também gosto desse tipo de narrativa, em primeira pessoa, já vi varias resenhas desse livro e ele parece ser bom, me deixou com mais vontade de lê-lo *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo
    Participe do TOP Comentarista de Fevereiro

    ResponderExcluir
  2. A capa do livro, meio que me pareceu no estilo Nicholas Sparks hahaha. Tenho muita vontade de ler os livros da Cecilia Ahern, antes era só a vontade de ler PS. eu te amo, agora veio esse livro. Ainda bem que o livro é em primeira pessoa, acho entediante ler em terceira pessoa, principalmente. Gosto saber os pontos da personagem principal. Acho que vou gostar da história!

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu gostei do enredo desse livro. Nunca li nada da Cecelia, mas as críticas positivas que já li sobre suas histórias me despertam curiosidade. Quem sabe, um dia...
    Ótima resenha. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nenhum livro dessa autora e só conhecia "P.S. Eu te amo" pelo nome mesmo.
    Acho que iria gostar desse livro, apesar de não curtir muito protagonistas chatas e mimadas.
    Gostei da resenha, só lendo o livro pra ver se gosto ou não :s

    ResponderExcluir
  5. Muito boa resenha despertou meu interesse não conhecia o livro,enredo também muito bom ,assim quando surgir oportunidade quero ler!
    Beijinsss!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha, fiquei com vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li esse livro, mas me deixou curiosa o fato de já ter lido muitas resenhas negativas dele. Pois é, negativas. Da autora só li P.S. Eu Te Amo e O Presente, sendo que gostei bem mais do primeiro. Mas enfim, pretendo ler O Livro do Amanhã, até porque já o tenho na minha fila hehe.

    Um beijo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  8. Também gosto de livros que são narrados pelo ponto de vista do personagem principal e meio que entendo o comportamento de Tamara, foi resultado de sua criação. Acho que esse livro não tem grandes pretensões, é bom pra passar o tempo.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Ainda não li nenhum dos livros desta autora, mas gostei bastante do enredo deste! Nunca li nada parecido e achei essa ideia muito original, deve ser mesmo um livro cativante e fiquei curiosa para saber que final surpreendente é este que a estória terá! :)

    ResponderExcluir
  10. Estou esperando receber o livro de uma promoção que ganhei e estou morrendo de vontade de lê-lo! Adoro tramas que envolvem mistérios, e mistérios que envolvem livros são ainda melhores!

    ResponderExcluir
  11. tbm não li nenhum dela! mas esse me chamou muita atenção parece ser mt bom! vou pesquisar mais sobre!

    ResponderExcluir
  12. Só li Onde Terminam os Arco-Íris da Cecelia e achei tão lindo *-* Estou com esse livro em casa desde o natal, vou adiantá-lo na pilha.

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada desta autora, mas gostei muito da sinopse e resenha. Curto livros mais realistas que envolvem superação após uma perda. Que aqui envolve muitas perdas.
    Quero ler e acompanhar o amadurecimento desta jovem :D
    Gostei muito... Bjs

    ResponderExcluir