sábado, 4 de janeiro de 2014

Resenha: A Última Nota.






Título: A última nota
Autor: Felipe Colbert, Lu Piras
Editora: Novo Século 
Páginas: 260
Ano: 2012
Onde comprar: Link.
Sinopse: Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian. Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.

“O Destino é como uma pauta musical que se reescreve sozinha”

Alícia foi criada em uma típica família grega, e seus pais, sempre rigorosos, querem que sua filha se case com um rapaz grego de “boa família” e se torne dona de casa. Já Alícia quer se tornar uma grande musicista e pra isso teve que enfrentar a ira de seus pais ao se matricular na universidade.

Mas, apesar desse ato de rebelião Alícia não consegue ir contra seus pais quando o assunto é o casamento com Theo, seu namorado há três anos, queridinho da família e um chato de carteirinha.
Um dia depois de sua primeira apresentação como Spalla, Alícia recebe uma misteriosa ligação. Um rapaz está no hospital chamando por ela.  A princípio Alicia pensa ser seu namorado, mas ao entrar no quarto 222 encontra um lindo rapaz de incríveis olhos azuis.

Sebastian não sabe quem é, de onde veio, nem como conhece Alícia. Tudo que sabe é o nome da garota por quem chama. Alícia não fica lá muito contente com isso e vai embora, mal sabe ela que sua vó Cecília decidiu dá abrigo ao rapaz misterioso deixando Alícia desconcertada.

Sebastian é um fofo, gente! Lindo, carismático, paciente e com um ar de ingenuidade que dá vontade de proteger para sempre. Alícia adora esnobar o coitado, mas o fato é que Sebastian mexe com ela de um jeito tão forte que ela própria não sabe como lidar com todo esse sentimento.  

Existe um mistério envolvendo o aparecimento do Sebastian e a música que Alícia tocou no dia de sua apresentação. Um mistério que cresce na mesma sincronia em que o romance entre os dois se desenrola.

No início a narrativa é arrastada, mas isso se faz necessário para que conheçamos melhor a família Mastropoulos. Uma coisa muito legal é que ao longo da história são dadas várias informações sobre a cultura grega e sobre a música clássica.

Embalado com muito amor, mistério e música, esse livro tem o poder de te prender até a última página. 

Trecho:


“Antes de conhecer Sebastian, eu me sentia como as folhas secas que impedem a natureza de reiniciar o ciclo. Depois que o conheci, o que era seco em mim foi substituído por uma vida nova, fresca e viçosa como flores de primavera. Era assim que eu me sentia quando estava com ele. Eu precisava da primavera na minha vida.”

13 comentários:

  1. Lu Piras está sempre em minhas metas de leitura, mas até agora não peguei nada dela para conferir! Rs. Quero começar com o famoso Equinócio. Depois lerei também A Última Nota. E ei... Adorei seu blog!
    Abraço,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha e os trechos! Ainda não conhecia este livro mas parece ser muito bom pois, além de aparentemente tratar de um romance proibido e misterioso, é muito interessante o fato de podermos conhecer a cultura grega e música clássica através do livro! Parece ser muito bom, fiquei curiosa para saber que mistério é este que envolve Alícia e Sebastian!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa que coincidência eu acabei de passar em outro blog com uma resenha desse mesmo livro, até então eu não conhecia ele, mas a sua resenha e a outra me deixaram com bastante vontade de lê-lo além dessa capa incrível *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  4. Sempre escuto falar desse livro, mas não surgiu interesse até então. Até gosto de histórias do tipo, mas apesar de todos os elogios fortíssimos a leitura não me "chamou".
    Mas achei bacana o fato de misturar música, MUITO bacana.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia, mas parece ser bem legal!
    Enjoei um pouco de romances, mas estou começando ao poucos a voltar a ler esse gênero.
    Sua resenha m deixou bem curiosa.

    Marta
    http://aspalavrasfugiram.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bem legal, fiquei bastante curiosa! Além disso, amei a capa!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é muito fofo! E nossa fiquei com mt dó do Sebastian, a Alícia só sabia maltratar o próximo e também achei o começo meio arrastado, na verdade, eu achei o começo chato!#fato mas o livro claramente foi ficando cada vez melhor até que chegou num ponto que eu não conseguia largar o livro e o final, nossa, mt meigo. Adorei a vó da Alícia, tive vontade de pegá-la para mim.

    ResponderExcluir
  8. Gostei porque tem informações sobre a cultura grega.
    Tenho muita vontade de ler.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  9. Esse livro achei bem emocionante só de ver o título e a imagem. E quando eu vejo essa história. Nossa, meu deus, eu preciso desse livro. Bjs,

    ResponderExcluir
  10. Fiquei com vontade de conhecer o enredo definitivamente.
    Histórias que envolvem mistério, sem ser necessariamente algo sobrenatural, naturalmente me encantam. Além do mais, amo a cultura grega e saber que o livro traz isso consigo já me deixa bem mais empolgada. Com música então... aí que meu interesse vai a mil rsrsrs Gostei muito da sinopse e tô com uma pontinha de curiosidade para saber a história do Sebastian!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha e parece ser um livro perfeito para mim.
    Adoro livros que tenham algo a ver com música *-*
    E claro, adoro um romance.

    ResponderExcluir
  12. Eu não posso ler resenhas... sempre fico querendo saber mais, tu ta sabendo que as vezes te peço uns trechos a mais sobre os livros... agora fiquei curiosa... embora o final seja meio previsível né..

    ResponderExcluir
  13. Eu não posso ler resenhas... sempre fico querendo saber mais, tu ta sabendo que as vezes te peço uns trechos a mais sobre os livros... agora fiquei curiosa... embora o final seja meio previsível né..

    ResponderExcluir