sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Resenha Enfeitiçadas.


Título: Enfeitiçadas.
Trilogia: As Crônicas das Irmãs Bruxas.
Autora: Jessica Spotswood.
Editora: Arqueiro.
Numero de páginas: 272.
Ano de lançamento no Brasil: 2014.
Cortesia da Editora Arqueiro.
Onde comprar: Link.

Sinopse:
Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido?

Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.

Opinião:
O livro chegou dia 22 e eu terminei de ler dia 23, é daqueles livros que te faz querer ler mais, tanto que quando ele terminou eu fiquei brava, mas isso falarei no final da resenha, mas podem ficar tranquilos que sem spoiler.
Ana tinha o poder mental, entre as bruxas isso é raro e perigoso, quando ela morreu pediu a filha mais velha, a Cate, para cuidar das duas irmãs, Maura e Tess.
Por causa disso Cate muitas vezes parece uma chata, pois deixou de ver as irmãs como amigas e passou a se sentir mãe delas.
No mundo em que elas vivem ser bruxa é extremamente perigoso, pois mesmo as que não são, só se agir estranho os Irmãos (A Fraternidade) já podem querer mandar para o navio-prisão ou para o hospício. Se isso já não fosse horrível, para os Irmãos as mulheres não podem pensar, estão abaixo deles e se alguma tenta algo diferente eles a acusam de bruxaria e as enviam para um dos locais citados acima.
Assim as garotas tem que ir a aulas para ouvir falarem de como as bruxas são cruéis e também a missa, você só pode faltar se estiver doente e olhe lá.
Como Cate cresceu tentando proteger as irmãs, ela quer que usem o menos de magia possível, já que ela encara isso como algo perigoso, que pode fazer os Irmãos prestarem atenção nelas e as enviarem para algum local ou a matarem (pois há meninas que somem e ninguém sabe onde foram parar).
Enquanto Cate é toda protetora e coloca suas vontades em último plano, Maura é uma garota sozinha com seus livros, mas que age com infantilidade, Tess mesmo sendo há mais nova é a mais madura das três, sua magia é forte, ela gosta de usá-la, mas tem responsabilidade quanto a ela e além disso pensa como uma adulta.

Cate está chegando na idade que deve se casar ou ir fazer parte das Irmãs (como um convento), ela não sabe o que faz já que quer ficar perto das irmãs para cuidar delas.
Além disso descobre que tem uma madrinha que também é bruxa e foi presa há 10 anos e que consegue mandar um recado: ache o diário da sua mãe.
Então descobre que ela e suas irmãs podem fazer parte de uma profecia que prevê que a mais poderosa de três irmãs bruxas poderá causar uma segunda era do terror ou a vitória para as bruxas.
Com todo esse enredo ainda tem a parte do romance, eu nem gosto de romance neh, tem o melhor amigo de Cate que volta de Nova Londres, ela não o vê há anos, mas ele deixa claro seu interesse. Mas e Finn, o rapaz que ela achava com uma aparência de chato, sempre enfiados em livros, mas que agora trabalha como jardineiro para seu pai, (Cate tem um amor por seu jardim), e que do nada começou a fazer ela se sentir mais e mais interessada?
Além de tudo isso agora tem uma governanta em casa, a Elena, que é uma Irmã. Se Maura e Tess forem descuidadas, ela pode descobrir que são bruxas.
O livro se passa entre Cate ter que descobrir mais sobre a profecia e o que fazer com ela, sua relação com as irmãs, descobrir mais sobre a magia, sobre sua mãe e o que fazer sobre os seus "romances".

Eu sei que a resenha está ficando gigante, mas eu realmente gostei do livro e estou animada, então desculpem.
Agora vem minhas opiniões mais descontroladas.
Me deu vontade de sacudir Cate algumas muitas vezes, tudo bem que a mãe dela pediu para ela proteger as irmãs, mas se vocês descobre uma profecia como essa, você pega e conta para as suas irmãs, afinal elas tem que saber o risco que estão correndo também.
Então eu entendo Maura ficar com raiva dela, claro que Maura lida muito mal com todas as coisas, mas se minha irmã escondesse tudo de mim sendo que me diz respeito e ainda não quisesse que eu usasse magia, eu ficaria brava.
Na questão romance não da para querer bater muito nela, ela até que não fez nhenhe para admitir o que sentia.
Mas agora eu devo dizer que o final é para te quebrar, quando você acha que está tudo decidido e vai ter um final como esperava, a autora vai lá e te joga a cara no chão. Tudo muda de uma hora para outra no final.
E quando acabou eu quis realmente bater na Cate, talvez eu seja meio perigosa, mas se ela for a escolhida entre as irmãs, acha que vai vencer os Irmãos como? Conversando? ¬¬' Então quando precisa e ela não mata um deles eu realmente quis bater na Cate, afinal era as pessoas que ela amava correndo perigo e ela fica lá como uma idiota, isso me estressou.
Não posso falar mais do final para não estragar, mas se você já leu o livro ou quando ler, vem conversar comigo para eu poder me expressar totalmente sobre ele, haha.
Como vocês podem ver ao final dessa imensa resenha eu adorei o livro. Leiam! =) E venham comentar comigo.

Classificação: 05/05.


Ela o amava mesmo assim, mas sinceramente, não vejo como aquilo podia ser considerado um casamento.

Fico irritada. Uma coisa é eu decidir, de maneira voluntária, a abrir mão do casamento e me juntar às Irmãs para trabalhar em nome da causa delas. Ainda não eliminei essa possibilidade. Mas não gosto de ser forçada a fazer nada. Por mais segura e bonita que seja, uma jaula é sempre uma jaula.

Kit que a Arqueiro mandou. Livro, marcador de página e chapéu. *-*

20 comentários:

  1. Oie :)

    Só tenho a dizer que depois desta resenha eu necessito desse livro. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Desde que vi esse livro pela primeira vez, já fiquei com vontade de ler e parece que eu estava certa! rs Gostei da resenha, você leu super rápido e acho que é mesmo um ótimo livro, quero ler em breve :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive a mesma impressão que você Dani, ele me cativou a primeira vista.

      Excluir
  3. Achei a capa desse livro muito bonita e eu adoro livros com bruxas mas não senti vontade de ler esse não sei pq :/ essa é a primeira resenha que eu leio de Enfeitiçadas e acho que vou esperar o lançamento dos próximos livros para ver sesurge uma vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você gosta em livros de bruxas Andréia?

      Excluir
  4. Adorei a última foto! Sua coruja me fez lembrar da Edwiges ♥
    Enfim... Estava realmente procurando uma resenha sobre o livro e foi um alívio ler a sua! Me interessei quando vi a capa e a sinopse, então agora com a sua opinião e empolgação, posso realmente acreditar que este livro é bom e querer tê-lo o quanto antes. Gosto muito de histórias fantásticas e essa coisa de bruxas e repressão me deixou bem contente. Ah, é uma dádiva saber que a Cate não fez o gênero bleh quando assunto é romance; realmente ODEIO triângulos amorosos embromados demais, onde a protagonista é totalmente indecisa e sem iniciativa, sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é a Edwiges, minha prima trouxe do parque de HP para mim. *-*
      SIM, eu também detesto aquele bláblá, você deve saber de quem gosta u.u

      Excluir
  5. Já queria ler esse livro desde que eu vi ele em uma lista de lançamentos, a estoria parece ser muito boma e a trama parece ser bem desenvolvida, goste de você comentar que Cate não fica de enrolação na hora de decidir com quem vai fica, não sou fã de romances com esse tipo de enrolação *-*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me incomoda muito enrolação entre esse e aquele, ainda mais quando não escolhem o que eu quero, haha.
      O livro vale a pena Jéssica! =)

      Excluir
  6. Interessante.. Interessante mesmo.. Talvez recomendasse.. Devia ler.. Mas to com sono agora, então fica pra próxima.. hahahha.. Mas é legal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário me fez rir, leia o livro sem sono. haha.

      Excluir
  7. Quero muito ler esse livro e agora que você disse que o final é meio assim eu quero mais ler ainda!!! Acho que vou gostar :D

    Beijos
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final me deixou parecendo o Tas, o demônio da Tasmânia.
      Quero o próximo!

      Excluir
  8. Quero muuito ler, tudo o que tem a ver com bruxaria me atrai. Me fala o final!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você não sumisse eu te emprestaria o livro. =P

      Excluir
  9. Que bom que achou a leitura assim tão boa. Eu quero muito este livro, e aliás estou concorrendo a um exemplar, espero ganhar e iniciar a leitura :)

    ResponderExcluir
  10. Olá Cath's!!
    É a primeira resenha que leio desse livro e fiquei ainda mais ansiosa para ler! O enredo parece ter tudo para me prender, um pouco de magia, mistérios e três irmãs que parecem ser totalmente diferentes entre si, estou louca para poder ler !!

    ResponderExcluir
  11. queria ler só pela capa, lendo a resenha amei mais ainda, adora essa coisa de bruxaria e poderes e tudo, tudo isso...

    ResponderExcluir
  12. Amei a capa, amei a resenha mais ainda, to querendo. Mais um pro meu listão.

    ResponderExcluir