segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Batalhas do Novo Mundo #43



Livro 1 - Conspiração
Arco V - Senhores da Noite
Cap. 43 - O Louco de Cosamhir



Cosamhir, Reino de Tyrondir, quase dois meses depois.
-Finalmente uma cidade. -festejou a jovem Tarlian.
Eles já estavam na estrada há quase três semanas, e agora a barda não desejava nada além de um bom banho e uma cama confortável.
-Ficaremos aqui por uma semana, para recuperar as energias. Depois partiremos para Valkaria. -falou o líder Maltravan.
O grupo era composto por cinco membros. O líder era um guerreiro sulfure, um dos poucos meio demônios que ainda se aventuravam pelo reinado. Havia também um mago élfico, um halfling ladrão e um bárbaro troglodita. Por fim a mais nova integrante do grupo, a pequena humana Tarlian, uma linda barda que decidiu partir em busca de heróis incríveis para depois cantar seus incríveis feitos.
Foi quanto conheceu Maltravan. Ela partiu com eles, mas algo não a deixava satisfeita, não que seus companheiros não fossem incríveis, pelo contrario, eram formidáveis. Mas no intimo a linda garota sabia que o bando não poderia ser considerado um exemplo de honra e bondade.
-Algo lhe aflige pequena barda? -perguntou o mago Salazir, de todos os companheiros, aquele era o mais próximo de um amigo.
-Nada querido, apenas estou cansada. -mentiu a guerreira.
-Aproveite este tempo para descansar e também para aperfeiçoar seus poderes. -falou o sulfure sem nem virar a cabeça para enxerga-la nos olhos. -Só levaremos para o labirinto aqueles capazes de se defender, não quero peso morto em meu grupo.
Ela entendeu o recado, realmente estava mais atrapalhando que ajudando ao bando. Precisava melhorar muito para seguir ao lado deles.
-Fique tranquila, ele é assim com todos nós. -falou o halfling Goldman. -Não desanime, depois me canta aquela história do gato espadachim.
Ela riu, às vezes era capaz de fazer isso.
__________________________

-Falta muito ainda? -perguntou Morn pela sétima vez.
Não houve resposta, alguns por estarem cansados demais, outros por não aguentarem mais responder ao orc. Vëon estava feliz por novamente viajar ao lado de seus amigos, durante anos ele lecionou na academia arcana, mas nunca havia se sentido tão vivo como ao se aventurar pelo reinado com seus companheiros. Jacques também estava satisfeito por ter recuperado sua memória, embora Sardo continuasse existindo em sua cabeça, lhe lembrando a todo momento das coisas que aconteceram.
-Ah, cale a boca! -gritou o humano já impaciente. Todos se viraram para o ladino, que envergonhado deu de ombros e apontou sua cabeça. -Ainda não me acostumei com ele.
Todos riram, eles enfim estavam completos.
______________________

-Finalmente uma cidade. -gritou o orc arrancando risada dos companheiros.
Um mês e meio de viagem e o grupo finalmente conseguia visualizar a cidade de Cosamhir. Todos se animaram, menos Arwen e Gwenh. O primeiro era um druida, ele preferia florestas ao invés de cidades de pedra, mas o elfo parecia preocupado e desanimado desde que deixaram Valkaria. Apenas Vëon notou.
-O que aconteceu Gwenh? -perguntou o feiticeiro de modo que mais ninguém escutasse a conversa.
-Nada mestre Vëon, apenas quero resolver isso e sumir deste reino. -respondeu o elfo.
O gênio resolveu não insistir, todos tinham seus mistérios.
Após muito debaterem, decidiram partir em direção a uma hospedaria, talvez até encontrassem alguma pista sobre o grupo que procuravam. Jacques buscou informações sobre a melhor da cidade, três conversas e conseguiu um nome: Estalagem Balbi Gram.
Era um lugar gigantesco, o prédio tinha quatro andares e mais de trinta quartos. No primeiro andar, como em muitas hospedarias do reinado, havia uma grande taverna, onde viajantes paravam para contar suas mentiras e moradores aproveitavam para esquecer suas vidas chatas. O proprietário era um elfo mal-encarado, provavelmente um dos sobreviventes da antiga Lennórien e que hoje vivia pelo reino de Tyrondir.
-Quantos quartos? -perguntou seco.
-Se possível apenas um com sete camas, ou dois quartos de frente um para o outro. -falou Morn.
-Tenho alguns para grupos grandes. -respondeu entregando uma chave.
-Só por curiosidade, tem mais algum grupo hospedado aqui? -perguntou Thargon.
-Sim, temos mais três além de vocês.
Já era um começo.
___________________________

Thargon, Morn, Jacques e Laurëa haviam deixado à estalagem em busca de informações na rua, enquanto Gwenh, Vëon e Arwen tentavam investigar os outros grupos hospedados.
Conforme caminhavam pelas pequenas ruas da cidade, os aventureiros iam se impressionando com as diferenças sociais que existiam. Desde as maravilhosas mansões com lindos canteiros, ao mais pobre dos casebres em estreitas ruas de terra. Mas foi na praça principal que eles encontraram algo que chamou suas atenções.
-Eles estão vindo, Hershey já caiu. -gritava o mendigo. -O governo esta tentando abafar, mas aos poucos o exercito inimigo começa a virar seus olhos para o continente.
-Cale a boca louco, pare de assustar o povo com seus delírios. -gritou um guarda próximo.
-Não é delírio, eu sei o que estou falando. -gritava o mendigo em resposta, mas então seus olhos enxergaram Thargon. -Já chegaram, ali esta um deles.
Todos viraram seus olhos para Thargon, que parecia o mais confuso de todos. Morn foi quem tomou à dianteira.
-Do que esta falando maluco? Thargon é nosso companheiro.
-Desculpe, ele tem esse porte de militar, mas acho que isso é da raça mesmo. Desculpe-me se lhe ofendi, mas você me lembrou daquele maldito capitão Arkabu. -falou o mendigo encarando o chão.
O minotauro gelou, era como se seu passado tivesse surgido do nada e o acertado no estômago.
-Do que você está falando afinal?
-Sobre o exército de Tapista. -começou o louco encarando o céu. -Tudo começou em Kagett, mas ninguém prestou atenção que aquele era o primeiro ponto da guerra.
Thargon se lembrou da sacerdotisa morta e do dia em que foi expulso.
-Mas eles não pararam por aí, eles atravessaram o mar e dominaram Hershey. -continuou falando o humano. -Como era uma ilha, foi fácil esconder. Mas podem ter certeza que eles vão atacar o continente.
Todos ficaram em silêncio, alguns acreditavam, outros pensavam se aquilo era mesmo possível, poucos duvidavam das palavras do louco. Mas de repente ele parou e encarou os olhos dos aventureiros.
-Gostei de vocês, fico triste pelo que está para acontecer.
-Como assim? -perguntou Laurëa.
-Vocês sofrerão um golpe muito pesado e dolorido. Uma ferida que talvez não tenha cura, mas vocês terão que tomar uma decisão que poderá mudar suas vidas para sempre. -ele então tomou um gole de sua água. -Mas nem tudo é tristeza, um dia vocês receberão uma ajuda inesperada.
-Que golpe será esse, louco? -Morn já estava exaltado.
O humano encarou novamente o céu, depois percorreu todos os cantos das ruas com seus olhos arregalados, como se procurando inimigos ocultos.
-A escuridão está vindo, eles preferem assim.
__________________________

-Descobrimos que dos três grupos, dois estão indo para Valkaria. -falava Vëon. -Mas não conseguimos nada sobre a Lágrima, se estiver com algum deles, podem ter certeza que eles estão mantendo em segredo absoluto.
-Nós não tivemos sorte também. -começou Laurëa. -Apenas encontramos um louco que não falou nada com nada.
-Melhor deixarmos para amanhã, não adianta ficar aqui pensando no nada. -falou Morn. -Vamos dormir e amanhã começamos novamente.
-Eu farei o primeiro turno, não estou cansado. -falou Thargon.
O minotauro ainda pensava nas palavras do mendigo, ele conhecia Arkabu, não podia ser coincidência.
-Também não consegue dormir elfo? -perguntou sem se virar.
-Não. -respondeu Gwenh. -Honestamente, queria apenas terminar essa missão logo e voltar para Valkaria.
-Eu também. -finalizou o minotauro.
Ambos passaram o resto da noite em silêncio, contemplando as ruas escuras de Cosamhir.

Apenas um notou os três vultos encapuzados que surgiram das sombras durante uma fração de segundo para logo após desaparecerem. Mas ele achou melhor não contar para seu companheiro.
Continua...
__________________________

N/R: Buenas leitores, começou o sombrio arco Senhores da Noite.
Posso adiantar que um segredo inacreditável vai ser revelado e este vai ser o arco mais "sangrento" de todos.
E também é o penúltimo arco deste livro 1. Agora faltam apenas 16 capítulos.

Bom, vamos deixar ele um pouco de lado e falar da promoção.
Antes de anunciar os vencedores, vou colocar aqui as respostas para as perguntas:

01 - Conde Sethof.
02 - Quatro lobos.
03 - Ele pensava em comer um pernil.
04 - Por um buraco que Thargon abriu no muro com uma cabeçada.
05 - Taverna do Velho Orc ou na Alameda das Mentiras (qualquer uma das duas estava certa).
06 - Halfling Kharin – Meio-elfa Dalian – Goblin Gojins – Humano Galiel.
07 - 10 mil PO.
08 - Django – Tailor.
09 - Aji’s – 5 PO cada (ou 10 PO o par).
10 - Cinco membros.
11 - Thyatis – Deus da Ressurreição.

(quem quiser conferir as perguntas e as respostas pode baixar este pdf)

Pois bem, a pessoa que ganhou foi a única que respondeu todas as perguntas. Ela acertou 10 das 11 perguntas, o segundo lugar respondeu 7 e acertou as 7 e o terceiro lugar respondeu 5 e acertou apenas 4.

Com isso a vencedora foi a Daniela Silva.
Amanhã eu entro em contato com ela por email para pegar os dados e enviar o livro. :D

Semana que vem eu volto com a continuação deste arco e os pdf para download.

Abraços.

10 comentários:

  1. Depois vou baixar em pdf para ter a atualização no meu pc.
    Parabéns a vencedora e boa leitura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom Andréia.
      Segunda vou postar o pdf do quarto arco também. :D

      Excluir
  2. Nossa cheguei super atrasado, e não consegui entender totalmente a proposta, então fica para próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposta era assim:
      Durante os 11 capítulos do 4º arco, eu postei 11 perguntas sobre BdNM.
      Vencia quem tivesse mais acertos ao final da promoção. Bem simples. :D

      Excluir
  3. Super ansiosa para o próximo arco e para conhecer esse segredo inacreditável!
    Aii que nem acredito que acertei e ganhei :D
    aguardo ansiosa o contato :)
    Parabéns aos que participaram também, foi muito divertido ler essa aventura!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora essa reta final vai começar a revelar os principais segredos da trama.
      Tenho certeza que todos vão gostar.
      Já lhe enviei o email sobre o prêmio. :D

      Excluir
  4. Ainda não cheguei nesse capitulo, acho que to muito lerda para ler, mas to gostando bastante *--*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você esta gostando Jéssica :D
      Eu fiquei muito feliz em escrever BdNM e mais feliz ainda em ver os leitores comentando. :D
      Muito obrigado.

      Excluir
  5. Olá Flávio, fico feliz de saber que estão gostando da sua historia!!

    ResponderExcluir
  6. Parei no terceiro segmento, mas como ando super atarefada ainda não terminei :(
    Uma pena porque estava gostando tanto!! Acho que parei no capítulo 16 mas vou tentar compensar

    ResponderExcluir