sábado, 16 de novembro de 2013

Resenha: Os Desafios de uma Dama.

                                                               


Título: Os Desafios de uma Dama - Harlequin Historicos nº 122
Título Original: How To Disgrace a Lady
Série: Lordes Irreverentes 1/3
Autora: Bronwyn Scott
Editora: Harlequin Books Brasil
Ano: 2013
Páginas: 256
 Sinopse: Sua busca por devassidão é digna de nota. A vida escandalosa de Merrick acaba de passar por um revés. Pego em uma situação um tanto quanto comprometedora com lady Alixe Burke, ele é intimado pelo pai da moça a encontrar um pretendente para ela. Caso contrário deverá desposá-la! Mais feliz na biblioteca do que no salão de bailes, Alixe é um diamante bruto. Merrick, por sua vez, jamais recusa um desafio, e seus conhecimentos vão muito além da mera etiqueta social. Ele não se deixa enganar pela modéstia de Alixe, por isso decide que deverá ensinar-lhe todos os seus truques de sedução!

Aos 26 anos, tudo que lady Alixe Burke quer é que sua família abandone de vez o desejo de vê-la casada, e entenda que, para ela, uma biblioteca se mostra mil vezes mais interessante do que bailes de alta sociedade, cavalheiros respeitáveis e vestidos da moda.

Mas aparentemente seu sonho de paz está longe de ser realizado. Diante da recusa de Alixe em frequentar a temporada em Londres, todo ano sua família organiza uma grande festa em sua propriedade rural com a esperança de que o futuro marido de Alixe esteja entre os convidados.

Merrick St. Magnus é um libertino com um currículo extenso de transgressões. Para fugir de seu pai decide aceitar o convite para a festa do conde Folkestone e no meio do caminho conhece Alixe de uma forma muito, muito inusitada. Porém, apesar da circunstância constrangedora Merrick não consegue resistir ao desejo de envergonhar e irritar a pobre moça, não só durante o incidente em que se conhecem, como também durante as duas semanas que passam juntos.

Até que, no meio de uma conversa entre cavalheiros, Merrick é desafiado a beijar alguém na biblioteca. E quem aparece lá se não nossa mocinha? O que não era esperado de jeito nenhum era a presença do pai de Alixe, que não fica nada satisfeito com a situação. Merrick é consciente de que qualquer pai exigiria o casamento, por isso fica surpreso quando o conde faz uma proposta. Ou faz com que Alixe fique atraente o suficiente para arranjar um bom casamento na próxima temporada, ou ele mesmo terá que desposá-la!

Alixe era considerada uma garota esquisita pelos seus pais. Sempre mais interessada em manuscritos antigos e, tentando a todo custo, evitar a realidade de um casamento arranjado, vazio e infeliz.  Ela é uma garota inteligente que odeia ter que esconder sua sabedoria a fim de não assustar os homens que, naquele tempo, julgavam de péssimo gosto que uma mulher entendesse de algo além de babados e cortinas.

Já Merrick tem em sua bagagem uma fama de devasso que o precede e uma infindável lista de conquistas. É esse homem de moral extremamente duvidosa que vai tirar Alixe uma vida monótona e apresenta-la aos “prazeres da carne”.

Apesar de ter sim vários pecados Merrick se mostra um homem carinhoso e muito preocupado com os sentimentos de Alixe. Ele sabe que não pode dar um futuro digno a jovem, e por isso, tenta manter suas intenções as mais claras possíveis. Mas, para a infelicidade de Merrick por detrás dos vestidos sem graça, se esconde uma moça determinada, inteligente e bonita. Todas essas qualidades recém-descobertas só conseguem deixar Alixe ainda mais encantadora aos olhos dele e ao mesmo tempo mais difícil de vê-la se casar com outro que não fosse o próprio Merrick.

 A Dama e o libertino, mais clichê impossível, não? Verdade que livros com enredo similar existem aos montes. Também é verdade que eu já li dezenas deles (Pronto, falei! Rsrs’). Entretanto, mesmo sabendo de cor e salteado a história, não consigo resistir a esses tipos que largam a vida de prazeres em favor de um grande amor.

Os Desafios de uma Dama tem sim uma história batida, mas isso não a torna menos bonita. A autora conseguiu fazer um ótimo trabalho, principalmente no que diz respeito a personalidades dos personagens. Alixe está longe de ser uma garota afetada e sem sal, enquanto que Merrick... O que falar desse homem “cabelos cor de soro de leite e olhos azuis intensos”? Nada menos que apaixonante em minha humilde opinião. 


Trechos:

“— Já viu algum? Um libertino? Como você saberia? Ah, eu esqueci, você viu Davi. Bem, para sua informação, eu também conheço mulheres como você, que pensa que não tem muita utilidade para os homens, mas isso é por que não conheceu o homem certo.”

“Acho que gosta de ser invisível. Isso lhe dá permissão para navegar pela vida sem ser notada, tornando-a inexplicável. As pessoas só podem falar das coisas que veem.” 

2 comentários:

  1. Olá Denise, tudo bem??
    Confesso que curto muito ler livros de banca, pois amo suas historias "meio" cliches e já algum tempo não leio nenhum livro deste gênero, mas achei este bem interessante.
    Bjus ♥

    ResponderExcluir
  2. Adorei a protagonista! Ela meio que remete a como nós leitoras somos hahaha fiquei bem curiosa para ler, vou colocar no meu skoob pra já.

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir