quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Resenha - Beelzebub.

Buenas galera,

Hoje vamos falar de uma das comédias mais hilárias nos últimos anos.

Se preparem para delinquentes violentos, demônios malucos e o melhor bebê (pelado) que já se viu nos mangás.

Beelzebub é a resenha de hoje.


A obra de Ryuhei Tamura foi publicada pela primeira vez como um one-shot para a disputa da Gold Future Cup 2008, um concurso que visa revelar novos mangakas. Após vencer a disputa, a obra começou a ser trabalhada para virar série, o que só aconteceu em fevereiro de 2009. Em 2011 a série ganhou uma versão anime que contou com 60 episódios (mais de 1 ano de exibição. Atualmente é uma das principais obras da Jump, tendo ultrapassado a marca de 200 capítulos publicados, mas passa por sérias dificuldades e corre risco de cancelamento.

Em 2012, para surpresa de todos, a obra desembarcou no Brasil pela (infelizmente) Panini. A série é bimestral, tem o valor de R$ 10,90 e já esta no volume 8.

Beelzebub é a história de Tatsumi Oga, um delinquente que recebeu a fama de “O Legendário”, mas de uma hora para outra acabou se tornando o pai de um bebê que sai do corpo de um velho ao abrir-se pela metade (oO). Mas tudo acaba fazendo sentido, quando uma exuberante garota aparece e diz que esse bebê é filho do Gran Lord Demônio, e que no futuro será o novo Rei Demônio, mas antes ele precisa crescer e destruir a humanidade (oO²). 

Por algum motivo o bebê esta afeiçoado por Oga, que aparente é capaz de controlar o poder demônio da criança e ajuda-lo em seu desenvolvimento. Mas o delinquente não quer criar um bebê e a unica forma de se livrar do pequeno Beel é encontrar alguém mais forte e "mal" do que ele. Porem sempre que Oga encontra alguém assim, ele acaba batendo na pessoa (oO³) e aumentando seu vinculo com o bebê.

Em meio a esse enredo sem pé nem cabeça, Beelzebub se torna incrível por seu humor escrachado. É impossível não rir com essa obra cada vez que ler.

Mas infelizmente a obra parece ter encontrado seu "limite" e provavelmente não consiga alcançar nem mesmo metade de 2014. Mas enquanto não chega ao fim, Beelzebub é uma ótima opção para quem procura boas gargalhadas. Como nessa sequencia, logo nas primeiras páginas do cap. 01, quando Oga conta a seu amigo (de forma completamente imparcial) como ele encontrou o bebê.


Como falei antes, Beelzebub esta sendo publicado no Brasil pela Panini. Não é difícil encontrar os mangás para comprar, sites especializados tem todos os mangás já publicados e as bancas de revistas vendem os volumes atuais.

É sem duvida uma ótima opção de coleção.

Até a próxima. o/

5 comentários:

  1. Respostas
    1. O anime realmente não foi grande coisa mesmo :/
      Mas o mangá é completamente superior. :D

      Excluir
  2. Olá Flávio, sou uma daquelas que nunca viu ou leu nada sobre mangás, mas tenho curiosidade de conhecer. É uma das minhas metas para as férias. Tem alguma indicação??
    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelli, tudo depende do tipo de obra que lhe agrada.

      Se você quiser ler um mangá pela internet, as opções são as mais variadas:
      Uma obra séria e cativante como Death Note, ou uma comédia Beelzebub. Pode tentar também os famosos One Piece, Dragon Ball ou Naruto, ou quem sabe algum romance como Kimi Ni Todoke ou Maid Sama. Ou a melhor alternativa (se você tiver estômago) é o terror Elfen Lied.

      Se você quiser ler impresso, ai as opções reduzem um pouco:
      A melhor opção é para o fenômeno Shingeki No Kyojin que desembarca no Brasil na semana que vem, é uma alternativa para acompanhar uma obra desde o volume 01 sem dificuldade.
      Se quiser procurar um pouquinho mais em sites especializados, você pode conseguir os primeiros volumes de obras como Cardcaptor Sakura, Tiger & Bunny, Blue Exorcist entre outros que depois você só precisará acompanhar nas bancas conforme for sendo publicado. :D

      Espero que você se anime e descubra as maravilhas de ler um mangá.
      Ao contrario do que muitos pensam, mangás não são apenas obras de lutinha, tem para todos os gostos. :D

      Abraço

      Excluir
    2. Olá Flávio, muito obrigado pelas indicações, com certeza irei procurar por elas, pois é sempre diferente conhecer coisas, gêneros de leitura que não conhecemos, para diversificar e aprendermos coisas novas! Quero poder incentivar meu namorado que sempre gostou de desenhos deste gênero.

      Excluir