quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Resenha - Assassination Classroom.

Buenas pessoal,

Resenha de mangás chegando, e hoje com uma tentativa nova de resenha.
Depois me digam se preferem elas assim ou como eu fazia antes. :P

Com vocês o novo "fenômeno" da Jump: Assassination Classroom.


A série Ansatsu Kyoushitsu, ou Assassination Classroom, começou a ser ser publica nas páginas da Jump em julho de 2012. A obra criada por Yusei Matsui conta atualmente com 55 capítulos e 6 volumes encadernados, e tem a previsão de virar anime em 2014.

Capa do vol. 01
A sinopse da série é algo bizarro.
Terra é ameaçada por uma poderosa criatura que destruiu 70% da lua com o seu poder. Esse monstro em forma de polvo, afirma que dentro de um ano a Terra também será destruída por ele, mas oferece aos homens a oportunidade de evitar esse destino. Ele então começa a trabalhar de professor na classe 3-E da Kunugigaoka Junior High School, onde ele ensina a seus alunos não apenas assuntos regulares como Matemática e Ciências, mas também as formas de assassinato. O governo japonês promete uma recompensa de 10 bilhões de ienes para quem matar o "professor". No entanto, esta parece ser uma tarefa quase impossível, ja que ele tem varias habilidades sobre-humanas, incluindo a capacidade de deslocar a vinte vezes a velocidade do som.

E com esse enredo pra lá de diferente, Assassination conquistou os japas e o resto do mundo. Prova disso é que não foram poucas as vezes que a série desbancou One Piece no primeiro lugar da Jump. E a revista percebeu isso, não são poucas as ações de marketing para cada vez mais aumentar os números do mangá. É só vocês verem essa foto de uma loja vendendo o volume 1. Ano que vem a tendencia é que isso aumente com o lançamento do tão aguardado anime.

Mas a obra não fica apenas focada nas tentativas de assassinato. O monstro age como um verdadeiro professor, muitas vezes virando quase um "pai" para seus alunos. Sem contar que a obra envolve coisas mais complexas, como o fato da turma 3-E ser considerada a pior turma da escola, por causa de suas notas. Porem a escola (mais precisamente seu reitor) não faz nenhuma questão de mudar esse panorama, pelo contrario, até incentivam essa discriminação. Como vocês podem ver nesse trecho do mangá:


O fato é que a série conseguiu (não no mesmo nível obviamente) se aproximar das gigantes Dragon Ball e One Piece não só em popularidade, mas também em qualidade ao mesclar doses de comédia e ao mesmo tempo "seriedade" sem se tornar chata e repetitiva. Se os números dizem que apenas 1 fenômeno acontece a cada década, podem ter certeza que a dessa se chama Assassination Classroom.

Espero apenas que não demore muito para o mangá desembarcar no Brasil. :P

Até a próxima galera.

Um comentário:

  1. Não leio mangás =/ Infelizmente, acho que vou começar a pensar em ler alguns, quem sabe né?
    Se eu fosse ler, com certeza anotaria o nome deste, parece ser uma ótima obra pra se começar nesse gênero.

    ResponderExcluir