sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Cine FB. - Percy Jackson e o Mar de Monstros.


Filme: Percy Jackson e o Mar de Monstros.
Lançamento: 16 de agosto de 2013.
Diretor: Thor Freudenthal.
 
Percy Jackson (Logan Lerman) e seus amigos Annabeth (Alexandra Daddario) e Grover (Brandon T. Jackson) levam uma vida normal no Acampamento Meio-Sangue, apesar de Percy sentir falta do pai, Poseidon, que nunca mais manteve contato. Um dia, o local é atacado por um monstro enviado por Luke (Jake Abel), que consegue romper a proteção mágica do acampamento. Com o local em perigo, Percy e os amigos partem em uma aventura em busca do Velocino de Ouro, um objeto místico que pode revitalizar a árvore mágica responsável pela proteção do acampamento. O que eles não esperavam era que Luke estaria atrás do mesmo objeto, já que deseja trazer à vida o poderoso Cronos, derrotado por Zeus, Poseidon e Hades há milênios atrás.
 Olá!
O filme de hoje tem tudo haver com o universo literário... ou não. E novamente a queixa é essa, como PJ não foi fiel aos livros.

Pessoalmente, eu gostei muito dos livros de PJ, mas não posso dizer que eles estejam no meu alto patamar com HP, IM e Hush Hush entre outros. Só que tendo lido os livros sei que você tem duas opções:
a - encarar o filme isoladamente e então poder gostar dele.
b - encarar como fã dos livros e ficar p*.


Algo a dizer é que finalmente Annabeth está loira. rsrs. 
Logo no começo já temos uma diferença, o Grover invés de estar como noiva no começo do filme está com eles, então Luke o captura e é assim que ele acaba lá, e não tem os sonhos do Percy com ele.
Não espere ver a cena da Annabeth com as sereias, ou Percy em formato porquinho ou mesmo a luta dele com Luke, o máximo que temos é Luke tentando alcançar Percy.
Mas alguém que foi uma surpresa boa foi a atriz que faz a Clarisse, todos esperavam uma Clarisse feia e vem aquela atriz bonita, mas que nossa: incorporou a Clarisse. Eu adorei, mesmo que ela esteja mais agradável do que no livro. Também gostei do Tysson, mas simplesmente mataram muito da maneira como ele chega e como Percy encara ele.
Sem falar no final o que eles inventaram com o Cronos,  quero ver eles explicarem no próximo isso, agora meteram um atestado de burro no Luke (que alias eu adoro o ator agora, ele me ganhou como o Ian haha).
Não digo que o filme é horrível, ele não é mesmo. Mas que eles novamente decepcionaram os fãs dos livros isso é. Só que sugiro que olhem no cinema, pois eles depende da bilheteria desse para decidirem se terá o próximo, então vamos gastar para garantir um próximo, pois mesmo eles decepcionando eu adoro ver adaptações. haha.

Classificação: 07/10.

9 comentários:

  1. Vou escolher a opção que mais combina cmg:
    a - encarar o filme isoladamente e então poder gostar dele.
    hehe
    Mesmo pq esse não é o tipo de leitura que eu curto ;)

    ResponderExcluir
  2. Primeiro: ainda não assisti, porque no cinema daqui está passando dublado ¬¬

    e eu sou apaixonado pelo mundo criado por Rick Riordan, tanto que no momento estou lendo 'A marca de Atena' (equivalente ao 3º livro da "segunda saga" percy jacksson), então significa que sou fã.

    Não preciso falar nada sobre a primeira adaptação, foi um livro bom, mas levando em conta que era pra ser uma ADAPTAÇÃO, ficou extremamente porca... ouvi muitos boatos que essa segunda adaptação ia ser muito fiel e tals,mas depois de ler o que voce escreveu,já estou repensando se vale a pena gastar dinheiro com cinema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não preciso falar nada sobre a primeira adaptação, foi um FILME bom*

      Excluir
    2. Sim, todos acreditavam que ia ser bem mais fiel.
      Mas sempre vale ir ao cinema. *fala a viciada em cinema*

      Excluir
  3. Eu não assisti ao filme e muito menos li os livros. (Não me matem por favor)
    Conheci PJ apenas no primeiro filme e, honestamente, me surpreendi ao saber que o segundo ia ser lançado.
    Vendo a forma que os fãs tem recebido os filmes e até mesmo a forma com que os filmes vão saindo, tenho a impressão que PJ caiu na sindrome de Narnia.
    Quem já leu As Cronicas de Narnia, com certeza já pensou em porque o filmes foram feitos daquela forma, com "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa" - "Principe Caspian" - "A Viagem do Peregrino da Alvorada", quando estes seriam apenas o 2º, 4º e 5º livros na ordem cronológica. (apenas agora estão gravando O Sobrinho do Mago, que deveria ter sido o primeiro).
    Eu vejo da seguinte forma: eles são tapa buracos enquanto não aparece uma série nova.
    Eles são apenas uma forma de "manter" o publico fã de livros dentro dos cinemas enquanto não sai uma série nova.
    Não comparando, apenas dando um exemplo de como eu vejo:
    "Acabou os Harry Potter?? Manda Narnia" "Acabou Twilight?? Manda Percy Jackson"
    Por esse motivo vejo os filmes sendo feito de qualquer forma, sem precisarem se importar muito em fazer algo perfeito. Afinal é apenas um tapa buraco até a nova febre aparecer.
    Essa é a unica explicação que eu tenho parar esses filmes fracos. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho meio exagerado seu ver F.
      Acredito que PJ tem muito potencial, mas que sempre "cagam" em adaptar.

      Excluir
  4. Eu não vou dizer que odiei o filme, mas no entanto não posso dizer que adorei.
    Eu queria a cena com as sereias u.u
    Eu achei legal a Annabeth loira, mas preferia a Alex com os cabelos na cor natural, igual no primeiro filme.
    Adorei a Clarisse, o único motivo pelo qual gostei de ter visto o filme.
    Bem, eles sitaram a profecia, então temos que ver o Percy com seus 20 anos derrotando Cronos, de uma vez por todas. Muito nada a ver essa cena do final, mas ficou bem legal, eu até gostei.
    Enfim, se tiver continuação, assistirei com toda a certeza...

    ResponderExcluir
  5. Eu não sou fã dos livros porque nem cheguei a ler, mas quero ver o filme. Acho que não vou me decepcionar tanto quanto os leitores, mas enfim, com tantos comentários sobre o que faltou fico pensando se eu também não vou sentir falta de algo, porque o primeiro filme não foi assim tão incrível quando eu esperava.
    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir