sexta-feira, 5 de julho de 2013

Resenha Easy.


Autor: Tammara Webber.
Editora: Verus.
Numero de páginas: 305.

A primeira vez eu vi este livro não dei nada por ele pela sinopse, vou colocar ela aqui para verem:

"Quando Jacqueline seguiu o seu antigo namorado para a faculdade de escolha dele, a última coisa que esperou era um rompimento.
Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para a sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma faculdade estadual, em vez de um conservatório de música, é ignorada por seu antigo círculo de amigos, perseguida pelo irmão de fraternidade de seu ex, e está faltando aula pela primeira vez em sua vida.
Seu professor de economia lhe dá um endereço de e-mail de Landon, o tutor de sua turma, que lhe mostra que ela ainda é a mesma garota inteligente que sempre foi. À medida que Jacqueline se torna interessada em obter mais de seu tutor do que uma nota melhor, suas respostas provocativas fazem o sentimento parecer mútuo. Há apenas um problema, suas interações são apenas por e-mail.
Enquanto isso, um cara da sua turma de economia prova seu valor na primeira noite em que ela o conhece. Nada como o seu ex-popular ou o seu tutor inteligente, Lucas senta na última fileira, desenhando em um caderno e olhando para ela. Em um clube no centro, ele desaparece depois de várias danças que a deixam pegando fogo.
Quando ele pergunta se pode desenhá-la, sozinha em seu quarto, ela concorda, esperando por mais.
Em seguida, Jacqueline descobre uma conexão entre seu incentivador tutor e seu colega de turma sedutor, seu ex volta em cena, e seu perseguidor aumenta a sua atenção, espalhando rumores de que eles transaram. De repente, as aparências são tudo, e saber em quem confiar não é nada fácil."

Com essa sinopse eu pensei: Jacqueline vai ser uma daquelas protagonistas fracas que fica esperando ajuda do garoto e ainda vai ficar dividida sendo óbvio qual é a decisão correta, então isso me desanimou muito a ler.
Um dia em um blog que sigo (eu não me lembro qual, eu sigo bastante até) eu vi a resenha de Easy e nessa resenha o livro me lembrou Losing It que eu adorei, então resolvi: vou ler Easy!
Agora posso afirmar para vocês que a sinopse não faz jus ao livro, como Stolen que vem com o tema Estocolmo, Easy vem com o tema violência sexual contra a mulher, mas não pensem que isso torna o livro chato, pois não torna, é um romance bem desenvolvido e que também aborda isso.
Jacqueline foi sim burrinha em ir para a faculdade seguindo o namorado (aliás não fiquem com aquela ideia do pessoal do direito, Kennedy é bem ordinário) e se arrepende disso quando Kennedy rompe com ela para ficar com outras garotas.
Como ela faz uma aula de economia com ele, acaba faltando duas semanas, assim perde uma prova, quando volta a única chance dela é fazer um trabalho para recuperar a nota, para isso ganha um tutor: Landon. Mas por divergências de horários ela termina só falando com ele por e-mails.
Nessa aula de economia tem Lucas, o qual ela somente percebeu depois que ele a salvou de ser estuprada por Buck na saída de uma festa. Jacqueline embora se atraia por Lucas sabe que ele não é o cara certo por suas tatuagens e por nunca prestar atenção a aula já que está sempre desenhando.
Mas Erin, sua melhor amiga, a convence a usar Lucas para se divertir. Agora ela fleta com Lucas que é um enigma e conversa com Landon que também é um enigma. Apesar disso não vemos no livro um triângulo amoroso, e eu pelo menos de cara sabia quem era Lucas e quem era Landon.
Ele vem com a premissa:
"Uma garota que acredita que a confiança pode ser colocada no lugar errado, promessas são feitas para serem quebradas e a lealdade é uma ilusão.
Um rapaz que acredita que a confiança é algo relativo, mentiras podem esconder insuportável dor e culpa é eterna.
O que eles encontrarão um com o outro comprovará tudo isso ou provará que ambos estão errados?"
No começo eu não entendi essa parte do Lucas, mas o livro te surpreende com uma surpresa quando você achou que estava tudo claro.
No meio disso temos como uma pessoa lida com a tentativa de estupro, ou com o fato de ter sido efetivado o estupro e também se vai prestar queixa ou não e como as pessoas ao redor lidam com isso.
Gostei muito do livro, você se apaixona pelo Lucas, mesmo ele sendo um enigma ou talvez por isso, ele é o cavalheiro da armadura brilhante sem a armadura brilhante e para as garotas que babam no Travis, Lucas tem tatuagem e é bom de briga também, mas eu gosto BEM mais do Lucas, pois ele também é inteligente.
Como essa resenha está ficando imensa vou terminar por aqui, mas é uma leitura que eu indico.

Personagens.
Jacqueline: ela não é uma protagonista fraca, o que mais gostei dela é que podia ser eu ou você, ela tem atitude e não fica somente se lamuriando e é humana.
Lucas: como eu já disse Lucas é um enigma, forte, talentoso, bad boy e gostoso, mas seria somente isso?
Landon: aquele cara inteligente e com bom papo.
Erin: é a melhor amiga de Jacqueline, popular, mas sem ser chata, é uma boa amiga.
Kennedy: ex da Jacqueline, idiota ao extremo.
Buck: acho que Buck demonstra como as leis ainda são falhas.

Enredo: Você falar de um assunto sério como estupro e conseguir expressar isso no meio de um livro de romance é muito bom, pois tem muitas pessoas que ficam caladas e o livro é um incentivo, mas além disso eu amei o romance, adorei o enredo.

Capa: eu adorei a capa, mas achei que o homem não faz jus ao Lucas, não é assim que imaginei ele.

Escrita: a escrita é muito boa, é como se estivesse na mente da Jacqueline.

Classificação: 10/10.

"Eu não podia olhar para Lucas durante a aula de segunda-feira sem pensar na noite de sábado. Seus olhares disfarçados me fizeram pensar que ele estava tendo o mesmo problema. Depois que eu peguei ele com um olhar penetrante na parte de trás da cabeça de Kennedy, não me virei de volta. Quando a aula acabou, Kennedy virou e sorriu para mim. Eu forcei meus lábios em uma linha e me virei de costas para ele para arrumar minhas coisas. Esta classe, este semestre não poderia terminar tão cedo, por razões demais para contar."



16 comentários:

  1. Alguns livros têm a sinopse perfeita e quando vamos ler, nem é o que esperávamos. A questão do estupro me chamou atenção. É um tema bastante polêmico. Precisa ter coragem e talento para escrever sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acontece muito isso comigo também.
      Realmente é um tema polêmico e já admiro a autora por escrever sobre isso.

      Excluir
    2. Rossana, muitas vezes acontece o contrário também. Já aconteceu de eu achar a sinopse de um livro péssima e mesmo assim dar uma chance. No final, acabei me surpreendendo.

      Excluir
  2. Ainda não conhecia essa autora. Ela tem outros livros lançados no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou curiosa para saber. Espero conhecer mais sobre a autora.

      Excluir
    2. Gostei da resenha da Cath, eu daria uma chance a EASY sem problema nenhum.
      Traduzindo ao pé da letra EASY seria FÁCIL de ler.
      rsrsrs

      Brincadeiras à parte...

      Excluir
  3. Como assim? Realmente a sinopse não tem nada haver com o livro.
    Quando você falou eu fiquei achando que o diferente seria pouco, mas eu nunca ia imaginar que é uma história com tema violência sexual contra a mulher! Fiquei pasma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "promessas são feitas para serem quebradas e a lealdade é uma ilusão".

      Separei esse trecho porque achei um momento de revolta com a vida, com tudo que está em volta. Meio louco isso, mas muito instigante.

      Excluir
  4. A capa é linda! E como eu compro muitos livros pela capa esse é um dos que compraria.
    Assim como o Ygo eu também não conhecia a Tammara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ver em um site alguns livros dessa autora. As capas são tão parecidas...

      Excluir
    2. Muitas possuem um casal de mãos dadas. Imaginei os livros do Nicholas Sparks, onde quase todos são um casal QUASE se beijando.
      rsrs

      http://ymaia.blogspot.com.br/

      Excluir
  5. Eu posso dar uma dica ?
    Seria legal botar sempre nas resenhas o ano em que o livro foi lançado. Eu queria saber o ano...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Rossana. O ano de lançamento é importante. Nas resenhas que eu faço no meu blog eu sempre coloco.

      fica a dica.

      Excluir
    2. Rossana, fui pesquisar sobre o livro na internet e vi um comentário em um site dizendo que esse livro será lançado (no Brasil) no dia 30 de julho.

      Excluir
  6. Não dava nada pelo livro u.u Pronto Falei! Ahahahah
    Lendo a resenha eu fiquei com cara de tacho na parte que você falou que ela não dá muito boa por causa do cara ser tatuado (Sério?) e não prestar atenção nas aulas (Essa parte eu entendo ahahaha)
    Lucas melhor que o Travis hum lembro que ao ler Belo Desastre eu não me encantei muito com o Travis (É que eu tinha a sensação que ele iria descer a mão na Abby quando "estourasse" demais, achei ele meio violento rsrs) fiquei curiosa quanto ao enredo, quero ver como a autora lidou com um assunto sério como estupro. Bláh falei d+ :P

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente anda dizendo que se a pessoa gostou de Belo Desastre já é meio caminho andado para gostar de Easy.
      Mas fizeram uma crítica também com relação ao gênero estar virando modinha.

      Excluir