quinta-feira, 20 de junho de 2013

Trechos De Um Livro... - Amores Imperfeitos.


Pronto, somente em quatro aulas eu estaria sozinha, nas outras eu estaria sempre acompanhada. Terminado o formulário, guardei novamente as outras listas e sai do quarto com o formulário preenchido nas mãos.

Atravessei correndo o corredor e desci as escadas até o primeiro andar. Os três me aguardavam encostados na parede conversando.

― Tudo certo? ― perguntou Mandy se aproximando para descermos as escadas restantes juntas.

― Sim, aqui está ― disse entregando a ela meu formulário preenchido. Ela o pegou e leu em voz aula as escolhas que eu tinha feito e eles pareceram gostar das minhas escolhas ― Legal, então vamos ficar juntas em algumas aulas.

― Você vai fazer Taekwondo? ― Lian estava admirado enquanto Leonard sorria me olhando mais detalhadamente.

― Vou, porque, não acredita que eu dê conta? ― Perguntei imitando de forma errada propositalmente um dos golpes que ele tinha demonstrado anteriormente. Todos riram quando eu simulei perder o equilíbrio ao chegar ao final da escada.

― Longe de mim, duvidar de você senhorita, mas vamos torcer para que ninguém seja enviado para a enfermaria, não é! ― disse Lian abrindo a porta para nós. Saímos na sala comunal que ainda estava apinhada, mas os alunos já estavam se levantando para dirigirem-se as salas de aula.

― Onde é a enfermaria? ― perguntei com fingida preocupação. Novamente eles riram.

― É naquela porta do outro lado da secretaria ― respondeu Mandy ainda rindo enquanto saíamos do prédio dos dormitórios e voltávamos para o prédio central.

― Certo, é bom saber ― disse eu enquanto corríamos e subíamos as escadas para entrar.

Fui direto a secretaria, que se mostrou ser uma sala de tamanho mediano perto das que eu já vira nesta Academia, com muitos arquivos e apenas duas mesas, onde havia duas moças trabalhando.

A moça que me atendeu, chamada Mallory, disse que eu já estava previamente matriculada nas aulas de piano, que só me faltava escolher os dias, então eu já poderia ir direto para a aula agora. As outras ela iria comunicar os professores.

Então saímos as secretaria e subimos a escada da direita, que levaria ao corredor das aulas extras, assim como muitos outros alunos já estavam fazendo.

O primeiro a parar foi Lian, para sua aula de baixo, logo depois foi chegou à sala de Mandy, para sua aula de guitarra.

A minha sala era a próxima, estava com a porta aberta e a professora estava parada com uma lista de presença nas mãos. Leonard se despediu de mim e foi para sua sala que era mais a frente, eu parei a frente da professora.

― Boa tarde, sou Dominick Lowe ― disse me apresentando. Ela sorriu para mim e fez uma marquinha de presença na lista que segurava.

― Olá Dominick boa tarde, fico feliz em conhecê-la, estava ansiosa desde que Irmã Lizbeth me falou sobre você ― disse ela se aproximando e me dando um abraço lateral – eu sempre fui fã da sua professora sabia.

Eu percebi a admiração na voz dela. Isso me deixou muito feliz, significava que eu não teria dificuldades. Estava um pouco ansiosa achando que não iria conseguir fazer os exercícios aqui, mas não havia motivos, o que eu aprendi com Mãe Syra é universal.

― Fico feliz em conhecer a Senhora também, mas tenho que confessar que já passei aqui pela sua sala para ver seus pianos ― disse eu quando ela me soltou e mais dois alunos pararam para ela anotar suas presenças.

― Ora, me chame de Giana, no máximo Professora, senhora é muito formal e eu me sinto velha ― disse sorrindo para os garotos que entraram e foram se acumulando em torno dos pianos ― não tenha medo de vir aqui, a sala sempre estará aberta, eu sei que às vezes tudo que precisamos é tocar um pouco para tudo se encaixar.

― Obrigada pela compreensão Professora Giana ― agradeci sinceramente. Ela realmente entendia a devoção ao piano. Ela sorriu mais uma vez para mim e fez sinal para que eu entrasse.

Dentro da sala havia 7 alunos contando comigo. Em uma escola com tantas opções de aulas extras era um número muito bom de interessados em piano. Fizemos uma meia lua em torno dos pianos, aproveitando os espaços vagos enquanto a professora começava sua aula.

 

5 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa de fazer essa coluna em que você posta os trechos de livros. Isso é importante para o leitor decidir se quer ou não ler o livro. Gostei desse trecho e quem sabe um dia eu possa ler AMORES IMPERFEITOS.

    BEIJOS!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É divertido, pois acabo conhecendo mais dos livros também. Fico feliz que gostem.

      Excluir
  2. Não conhecia o livro :/ nunca tinha ouvido falar mesmo... gostei do trecho, vou procurar saber mais dele :)

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não achei em nenhuma loja online para vender.

      Excluir
  3. Eu não conhecia o livro, mas por esse trecho dá de perceber que ele é bem legal e eu adoraria ler ele, mas onde encontra?

    ResponderExcluir