quarta-feira, 26 de junho de 2013

Itadakimasu - BTOOOM!

Bom dia galera,

Itadakimasu na area trazendo uma pergunta interessante: se você pudesse se livrar de uma pessoa que você considere o maior lixo do mundo, quem seria??

Já pensaram isso em algum momento??

Com vocês, BTOOOM! no Itadakimasu de hoje.


BTOOOM! é um mangá escrito por Jun'ya Inoue. Começou sendo publicado em 2009 na revista semanal da Comic Bunch com capitulos de 20 paginas, depois mudou para a revista mensal da mesma editora, tendo capitulos de 50 paginas, atualmente a série tem 57 capitulos divididos em 10 volumes encadernados. Em 2012 recebeu uma adaptação para anime pela Madhouse e que contou com 12 episódios e que mostra os fatos dos primeiros 50 capitulos (na verdade todos os que tinha na época do anime).

Capa do jogo... digo mangá.
O mangá é voltada ao publico seinen, ou seja um publico mais adulto, por causa das fortes cenas de violência, nudez e sexo. Embora no anime esses fatos apenas tenham ficado subentendido, sem cenas explicitas, motivo que fez a censura ser apenas 16 anos.

A série gira em torno de Ryuta, um garoto que passava todos os dias em seu quarto jogando o famoso jogo de video-game BTOOOM!. O garoto era o melhor jogador do Japão e um dos 10 melhores do mundo. Isso o tornou uma pessoa desagradavel, principalmente com sua mãe que o cobrava de não trabalhar e nem fazer faculdade.

Um dia ele acorda em meio a uma floresta. Em sua cintura ele tem um pochete que contem 10 bombas e em sua mão um estranho sensor que o ajuda a "rastrear" seus inimigos. Agora Ryuta precisa reunir 7 sensores para que possa escapar dessa ilha mortal. Ou seja, ele precisa matar 7 pessoas.

Ao longo da serie descobrimos algumas verdades sobre o que esta acontecendo na ilha. Descobrimos que os "jogadores" foram escolhidos por seus amigos (se é que da pra chamar assim) e parentes. Na verdade eles foram escolhidos por serem pessoas que não agregavam em nada para o mundo, ou seja, todos eram foram considerados desnecessarios para a humanidade.

Banner do anime.
Algo que me chamou a atenção em BTOOOM! foram os temas pesados, como a garota que foi enviada
para a ilha pelas amigas de escola. Na verdade essas amigas foram estrupadas por uma banda, e ela foi a unica que conseguiu escapar. As outras ficaram com raiva dela e a escolheram para "desaparecer da face da terra". Existem outros casos, como o guri de 16 anos que matou cinco mulheres, mas por ser menor de idade não pode ser condenado a pena de morte.

Após assistir todo o anime, me deu a vontade de ler o mangá para saber como continua. Me impressionei com algumas coisas. No mangá a arte é muito inferior a do anime, os traços são mais grosseiros. Entretanto o "pesado" da história é muito mais visivel. As cenas são mais fortes e impactantes.

Bom, minha opinião final sobre BTOOOM! é a seguinte: é uma obra para um seleto grupo. Apenas fãs deste tipo de obra. Neste estilo "violência" e "pior da humanidade" ele não chega aos pés de titulos como Elfen Lied ou Deadman Wonderland. Ou seja, não é um anime indispensavel.

Minha nota é 2,9 estrelas para o anime e 3,4 para o mangá.


Até a próxima semana pessoal, finalmente irei falar de uma das 5 maiores obras (para muitos a maior) de todos os tempos.


Abraços
Haag

2 comentários:

  1. Semana passada escrevi um texto que falava disso. Sobre pessoas que a gente quer se livrar. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse mangá, mas adorei ele, e agora eu fiquei pensando se eu pudesse me livrar de alguém e por enquanto não penso em ninguém, por enquanto, adoro mangás e quero muito ler esse.

    ResponderExcluir