quinta-feira, 23 de maio de 2013

Itadakimasu - Elfen Lied

Buenas galera, Haag na area com a Idatakimasu.

Esse post era pra quinta passada. Eu escrevi, deixei programado bem bonito. Quando fui ver na quinta, deu algum bug e o post estava em branco. Não tive tempo de refazer, então atrasou mesmo. :S

Mas tudo bem, hoje ele sai direitinho :D

Com vocês um dos animes mais incriveis e surpreendentes que conheço. E que no Japão recebeu censura 18 anos (e olha que eles nem são frescos como os brasileiros).


Bom, o grande cartão de visitas de Elfen Lied é a musica de abertura. Cantada em latim por um coral, a musica alem de linda e emocionante, ainda aumenta o clima sombrio do animes. Vou até colocar ela para que vocês escutem enquanto leem o post.


Outra coisa, eu vou falar do anime e não do mangá. O anime tem 13 episódios e vai até metade do quinto volume do mangá, que por sua vez tem 12 volumes.

A série conta a história da jovem Lucy. No começo ela esta presa em uma especie de laboratório, mas consegue escapar. E então temos o por que da censura, ela leva cinco minutos para escapar de sua prisão, e nestes cinco minutos ela mata 23 pessoas. Antes de escapar Lucy é acertada por um tiro na cabeça e despenca no mar.

Então conhecemos um outro personagem, Kouta, um jovem que volta a cidade de sua infância para cursar a faculdade junto com sua prima. Quando era criança, Kouta sofreu um acidente que matou seu pai e sua irmã mais nova. O trauma fez com que ele perdesse todas as suas memória anteriores ao acontecido.

Ao visitar a praia, Kouta encontra Lucy perdida, mas ela esta indefesa e calma. Na verdade o tiro que sofreu, fez com que Lucy perdesse completamente sua memória, nem mesmo falar ela consegue. Por algum motivo Kouta resolve leva-la para casa e cuidar dela. Só que o destino destes dois já estava traçado para este encontro a muito tempo.

Conforme a história se desenrola, ambos vão recuperando suas memórias, o que não é uma coisa muito boa para ninguém. Também descobrimos que Lucy na verdade é a nova "mãe" da humanidade, a primeira no novo estagio da evolução humana, os diclonus. Alem dos dois "chifres" na cabeça e o temperamento completamente violento, Lucy também tem os vetores, especies de "mãos" invisiveis e completamente poderosos.

Com o passar dos episódios varias "conspirações" vão acontecendo e personagens entrando na vida de todos, cada um com sua própria história e sentimentos. Isso é o principal ponto de Elfen Lied.

Mais do que a violência, Elfen aborda temas considerados tabus. Como uma das garotas que fugiu de casa após ser abusada sexualmente pelo padastro. Ou o dono de uma das mais poderosas empresas do Japão que esta tentando controlar o poder diclonus para beneficio próprio, passando por cima de quem precisar.

Elfen mostra o pior que existe em cada ser humano da pior forma possivel. Ele nos causa aquele "mal-estar" de impotencia, de querermos mudar algo mas não somos capazes.

Por esses motivos Elfen Lied é considerado uma das maiores obras primas do mangá japones. 

Infelizmente esta é uma obra que não passara na tv brasileira. Já o mangá foi publicado em 2010 pela Panini, mas atualmente é rarissimo de ser encontrado (eu consegui completar :P)

Minha nota para o anime é 4 estrelas. (mas o mangá merece um 5 com fogos de artificio. :P)

Quem tiver a chance se assistir eu recomendo, e quem tiver um tempinho, tente ler o mangá, não é dificil de achar online. Pode ter certeza que vale a pena. :D

Abraços
Haag

8 comentários:

  1. Eu adorei esse anime, embora no primeiro episódio eu fiquei meio perdida.
    Também adorei que deram um final para ele, não ficou naquele hiatus eterno e sem pé nem cabeça.
    Acho os nuances da Lucy muito tri.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade é como eu disse, não deram um final, ele apenas termina no final de um dos arcos do mangá.
      Muitas coisas acontecer após aquilo. E o final da história é ainda mais triste. :S

      Excluir
    2. Sim, eu entendi. =)
      Quis dizer que eles não resolveram terminar o anime e deixar no vácuo como acontece as vezes sabe?

      Excluir
  2. Stephanie Herondale23 de maio de 2013 19:26

    Sim eu vi o anime,e chorei o último episódio.Chorei no 10.5 também. Sério,eu gostei bastante do anime.E não tenho nenhuma opinião ruim em relação a esse anime,o que é coisa rara.Mas como assim o final do anime vai até o quinto volume? E os outros 7? Eu vou ler o mangá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E verdade Stephanie, é realmente dificil encontrar um ponto negativo nessa obra.

      O final do anime é apenas na metade do 5. No proprio volume 5 já tem mais acontecimentos.
      Porém é pesado demais para animar (mesmo caso de Deadman Wonderland). Recomendo que se voce for ler, leia desde o volume 1, pois muita coisa é diferente. :D

      Abraço

      Excluir
  3. Os animes que eu já assisti, são aqueles que todos já assistiram, então é claro que nunca ouvi falar desse,HAHA.
    Ouvi a música de abertura, é uma música legal, mas CADE a bateria e o rockzinho dos animes? HAHAHA, a abertura é realmente boa, mas pra um anime eu achei um pouco cansativa.
    Agora falando sobre o anime em si, parece bem legal embora dê a impressão que ela e uma descendente de chuck norris, porque matar tantos em pouco tempo...
    É estranho e ao mesmo tempo legal, voce perder a memória e andar com alguem que tem a memoria corrompida, aflição master.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que você falou tanto na abertura. Em breve vou começar uma votação para escolher a melhor abertura de anime. Vai ter muita coisa boa.
      Em breve novidades sobre isso :D

      Excluir
  4. Esse parece ser um anime muito complexo, só pela música de abertura e pela censura...
    Ele não faz o meu estilo de anime, prefiro os mais "alegres", já que assisto a maioria por distração mesmo. Não me atraiu a proposta do anime, mostrar o pior do ser humano da pior forma possível.

    ResponderExcluir