quinta-feira, 4 de abril de 2013

Trechos De Um Livro... - Ella Enfeitiçada.

Ella Enfeitiçada

- Elas estavam bem intencionadas, eu suponho. Meu pai limpou as lágrimas dos olhos.

- Elas não estavam bem-intencionadas. A mais velha é uma conivente desagradável, como a mãe dela, e a menor é uma tola. Nunca passou pela cabeça delas terem boas intenções. - Sua voz se tornou mais ponderada. - Dama Olga tem muitos títulos e é rica.

O que isso tinha a ver?

- Talvez eu deva mandá-la para a escola de aperfeiçoamento social com as filhas dela. Você poderá aprender a andar como alguém da sua estirpe e não como um elefantinho.

Escola de aperfeiçoamento social! Eu teria que deixar Mandy. E lá me dariam ordens o tempo todo e teria que obedecer, fosse o que fosse. Tentariam me livrar da minha falta de jeito, mas não conseguiriam. Então me puniriam, e eu os puniria de volta, e eles me puniriam ainda mais.

- Por que não posso simplesmente ficar aqui?

- Acho que você poderia ser ensinada por uma governanta educadora. Se eu encontrar alguma...

- Prefiro bem mais ter uma governanta, pai. Estudaria com bastante empenho se eu tivesse uma governanta.

- De outro modo, não? - suas sobrancelhas levantaram, mas eu poderia afirmar que meu pai estava se divertindo. Ele se levantou e foi para a escrivaninha onde minha mãe costumava trabalhar em nossas contas domésticas. - Pode ir agora. Tenho trabalho a fazer.

Saí. Quando estava passando pela porta, falei:

- Talvez elefantinhos não possam ser aceitos na escola de aperfeiçoamento social. Talvez elefantinhos não possam ser educados. Talvez eles... - eu parei. Meu pai estava rindo novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário