sábado, 20 de abril de 2013

Outside The Wall. - Favelas.


http://1.bp.blogspot.com/_QdCyYd1epts/TKiMALGOMTI/AAAAAAAAAcQ/NSeW3TKyhKM/s1600/DSC07335.JPG

Bom Dia! =)
Hoje vim falar de algo que vai fazer as pessoas me detestaram muito, as favelas do Rio de Janeiro.
Esses dias eu estava pensando nisso. Eu fui um ano para o RJ, dois ou três anos atrás, minha memória é péssima!
Quando estavamos nos aproximando do RJ você vê toda aquela água linda e aquele verde... e as favelas. Sério, as favelas estragam tudo! Estragam toda a vista!
Dai vai vir alguém e me falar: mas as favelas é uma demonstração da cultura do RJ.
Mas porra, é essa a visão que você quer para o RJ? Porque se for eu diria para você se preocupar com sua mente.
Então você vai me perguntar o que você espera que façamos com as pessoas que vivem lá? Eu vou lhe responder: criem casas (não estou dizendo palacios, mas casas simples, que mesmo assim serão melhores que como vivem hoje) e reacoloquem as pessoas. Sim, vai ter aquelas que não vão querer ir, simples: desaproprie, destrua as casas atuais, coloque policiais a supervisionar e vá preso quem tentar invadir. Essa parte é muito simples!
O problema é para onde realocar, mas eu penso que pode colocar essas pessoas num abrigo que seja, demolir as casas e reconstruir no mesmo local, mas casas dignas. Sim, vai demorar, então destrua por partes, agora o que não podemos é dizer que as favelas fazem parte da cultura do RJ! Elas destroem o RJ isso sim.
Então vamos pensa outro angulo também: vai chega a Copa (Cath´s odeia futebol, mas ok) o que eles vão fazer antes? Mandar novamente os policiais irem se matar para tentar limpar dos criminosos as favelas, e o que acontece? Morrem policiais, morrem cidadões e... o crime continua! o/
Logo tem que eliminar as favelas, pois além de limpar a visão do RJ vai limpar de criminosos, vai diminuir o tráfico de drogas e etc.
Então me perguntem: mas os criminosos vão ficar lá.
Para isso se coloca a policia a trabalhar, criem mais policiais! Você pega e a parte que já arrumou coloca policiais capacitados para não deixar "sujar" novamente.
Se você quer um passe de mágica não vai ter, mas tem que tomar medidas para arrumar as coisas!

Agora vem a Copa ao invés de índios loucos, os brasileiros vão ser conhecidos lá fora por serem criminosos. Que lindo neh? NÃO!

PS: não é só o RJ, mas RJ é mais conhecida junto com SP por isso. 
PS2: sim, pessoas tem direito de escolha, mas em desapropriação não.
PS3: sim, não tem crime somente em favelas, mas tem muito lá também.
PS4: Alex me apelidou de Hitler agora vocês entendem o porque.

--

Ok, agora quem vai me matar? haha.

26 comentários:

  1. Olha, ao contrário de você, eu acho que as favelas fazem parte sim do RJ. Com o fim da escravidão os senhores do engenho expulsaram os negros das fazendas e como não tinham onde morar eles construíram as casas umas em cima das outras em situações precárias e devido a marginalização a violência cresceu. Não estou defendendo os traficantes, mas de certa forma eles são consequências de um mau governo, de um mau sistema, tem muita coisa errada nesse Brasil! Pensa: Por que essas pessoas caem no mundo crime? Porque ganha-se mais dinheiro e se você for preso com uns trocados você sai da cadeia, simples assim! Você não viu o absurdo daquela história que o bandido matou o cara e ainda por cima sairá com a ficha limpa porque ele ainda tinha 17 anos sendo que faltavam apenas 2 dias para ele completar 18? É um absurdo!!!

    Acho que te muuuuita coisa para o Brasil resolver, começando pela educação, depois ajudar (ainda mais) as pessoas carente, fazendo moradias, saneamento básico. Expulsá-los das favelas não vai resolver o problema. Acho que a policia tinha que ser bem mais severa, tipo, pena de morte, cadeira elétrica.. não adianta o sujeito cumprir 5, 10 anos de pena sendo que quando for preso ele continuará cometendo crimes. :/

    Sério, só de pensar na copa já me da vergonha, na moral...

    Beijokas amiga ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo que as favelas fazem parte do RJ atual, só digo que isso não é cultura e que não deveriam fazer.
      A escravidão já passou há tempos, isso só demonstra como as coisas já deveriam ter mudado.
      Eu acredito que há no minimo dois tipos de pessoas: aquelas que mesmo com chance acham mais fácil o crime e aquelas que sem chance são levadas a isso.
      Eu não digo que isso seria a primeira coisa há mudar no Brasil, não. Teríamos que começar pela educação e pela saúde, pois sem educação não criamos brasileiros que pensam e sim brasileiros que vêem novelas onde os bonzinhos são os que não estudaram e acreditam que tem que ser assim e sem saúde não temos vida, então eu colocaria essas duas coisas como começo.
      Eu vi a história e vou discordar de você, eu sou contra passar a maioridade penal para 16 anos, absolutamente contra. Nossas prisões já estão super lotadas, se você ouvisse meus professores delegados falando ia ver como está horrendo a situação atual. O que eu acredito fazer: cometeu um crime sendo menor de idade? Vai para um reformatório, onde te dêem educação e te ensinem a trabalha para depois você poder ser integralizado novamente na sociedade. Agora enche as cadeias forever e depois colocar pessoas piores na rua não da. Por exemplo, pega um cara que furtou dinheiro e coloca junto com um que assassinou alguém, ele tem duas chances: ou apanha/morre/virar a p* do assassino ou se tornar pior que o assassino para sobreviver.
      Agora vêem outra coisa que vão querer me matar, hehe. Eu acho que ajudar as pessoas carentes têm que ter limites. Porque? Por exemplo, tem pessoas que tem filhos somente para pegar bolsa e deixa as crianças jogadas por ai.
      Na outra parte concordo com você deveriamos usar o dinheiro para retirar as pessoas de "malocas" e coloca-las em casas, o que se você for vê é parte da minha ideia sobre as favelas.
      Mas também se você deixa por essas pessoas escolher muitas delas não vão querer mudar, pois é a vida que elas conhecem. Agora eu nunca vou aceita as pessoas continuarem medíocres (com medíocres eu quero dizer trancadas no mesmo lugar mental a vida toda e não me referindo a casa delas), por isso que eu não sou a favor de escolha nesse caso.
      MAS BAAAH! Eu estou rindo aqui, agora vamos mudar de lugar, eu sou totalmente contra pena de morte! E para mudar isso como você quer iria ter que mudar a Constituição Federal, que é a base de todas as nossas leis.
      Porque eu sou contra a pena de morte, primeiro, nós temos um Brasil corrupto, muitas pessoas param na prisão sem dever estar lá, isso seria um dos motivos, matariamos muitas pessoas inocentes. Outro é que mesmo os culpados tem que pagar pelos seus crimes, não simplesmente morre. O que eu acredito é em outro modelo de prisão (assunto para outra postagem haha).

      Sim, a copa vai vir para alimentar uma imagem péssima do Brasil no exterior.

      Excluir
    2. Vou discordar um pouquinho da Carol,HAHAHA...
      Sou a favor de diminuir a maioridade penal, por tantos motivos que vemos TODOS os dias.Estes fazem a algazarra que querem, pois sabem que não vai dar absolutamente NADA para eles,por serem menor de idade."Mas a pessoa com menos de 18 anos não tem mentalidade do que é certo ou errado"...NÃO TEM??? Pessoas com 16 anos já sabem muito bem o que é certo e o que é errado,não tem essa não, ou então ter alguma punição para os pais, já que esses adolescentes não sabem distinguir, então são espelhos dos pais que tem por obrigação educa-los.O que mais vale, o nível do crime cometido ou a idade do infrator? Até mesmo é bom pra eles, porque os CRIMINOSOS usam eles como escudo, jogam eles na frente das coisas porque sabe que não dá nada mesmo,dai poupariam esses jovens...
      Agora usar argumento de superlotação não dá né...sabemos como está a situação dos presidios atualmente,mas..
      "A Presidência da República (PR), por exemplo, empenhou (reservou em orçamento) R$ 61,8 mil para a aquisição de 15 poltronas giratórias"(um pouco antiga a materia, mas...) BITCH PLEASE , 61mil reais já dava pra comprar tijolo suficiente pra construir um presidio ao inves de trocar as cadeiras...mas nos conhecemos o país que vivemos né,então termino por aqui porque esse post meu já me deixou com raiva..HAHA

      Excluir
    3. Mais lenha na fogueira.

      http://www.youtube.com/watch?v=lA9QpfOlD7g

      Excluir
    4. Mais lenha na fogueira.

      http://www.youtube.com/watch?v=lA9QpfOlD7g

      Excluir
    5. Eu sou contra, mas acho que a maioria das pessoas que são a favor não sabem como é as condições das prisões de perto e que isso invés de educar um criminoso, vai fazer mais assassinos.
      Então eu sou contra, porque não acho que precisemos de mais assassinos, isso entre outros motivos.

      Excluir
  2. Uau, escrevi um baita texto, rsrsrs. É que esse assunto me deixa nervosa.

    Hei, você mudou o layout, ficou bem mais bonito!!!

    Beijokas da Mylloka :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ganhei de você! Acho que o texto ficou maior que a postagem! HAHA.
      A ideia dessa coluna é exatamente essa fazer as pessoas pensarem e darem sua opinião. *-*
      Adorei seu mega comente.

      Sim, mudamos o layout, eu amei esse! Obrigada! *-*

      Excluir
  3. Como a Mylla disse, as favelas são sim parte do Rio, são parte da história deste. Outra coisa, resolver a questão da violência não tem nada a ver com acabar com as favelas. Não sei se você sabe, mas elas estão sendo pacificadas, ou seja, policiais estão fixando unidades lá, eu acho a iniciativa super válida, porém, sabe qual foi a consequência? Minha cidade na baixada, beem longe das favelas do centro do Rio, está ficando cada vez mais violenta e com mais tráfico (porque sim, todo mundo daqui sabe que sempre teve tráfico aqui mesmo não sendo favela), pois os criminosos das áreas pacificadas simplesmente migram pra áreas desprotegidas. Pra resolver a violência na qual o Rio está imerso, o governo precisa dar chance das pessoas não irem pra este meio e punir exemplarmente quem já está nele, simples. Além disto, dar estrutura pras pessoas não significa necessariamente tirá-las dos morros, mas que o governo e os benefícios que este pode prover cheguem até lá.

    Beijos
    fromafallenangelsheart.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, é Caroline ou Carolina? Eu sou Caroline.
      Sim, são história, assim como esses anos de agora no futuro também são história. Assim como a sua época de bebê atualmente é história, mas não é porque é história que devemos ficar presa a ela.
      Sim, eu sei que elas estão sendo pacificadas, lembra quando começaram? Virou um horror o RJ e SP, tendo os civis como apavorados porque podiam morrer no meio, é uma das coisas que coloco.
      Mas eu concordo totalmente com você, temos que investir em bons policias (o que acho de policiais história para outra postagem hehe) e não somente em um local, mas em todos, temos que ter mais policias que criminosos, eu mesma amo sair de noite, não de festa, mas para caminhar na noite, eu sou louca por como o céu fica e o ar, mas é algo que não da para fazer, pois não tem policia e tem criminosos.
      Eu lembro de algo que F me disse há anos, que aqui em Gravataí tinha duas equipes de policia só a noite. Imagine duas equipes para uma cidade, é ridículo de mais!
      Eu acho que tem que ser dado educação, saúde e novas casas. Gastamos alimentando um monte de presos nas prisões porque não fazemos eles trabalharem e investimos nisso?

      Beijos.
      PS: Estou indo lá no seu blog.

      Excluir
  4. Já debatemos bastante sobre este assunto e tu sabe minha opinião.
    De aparências não se faz uma nação, aparências podem ser manipuladas, a vida das pessoas vai além.
    Não vai ser arrancando as pessoas das casas delas, que o país vai deixar de ser conhecido pelo futebol, mulheres seminuas e pobreza.

    Antes de tirar a casa, dê educação, dê saúde, dê muitas coisas antes de começar a tirar.

    Em todos os lugares tem favela, eu já trabalhei praticamente dentro de uma e tu encontra pessoas incríveis alí, que tem orgulho de terem construído suas casas, por mais simples que pareçam aos de fora, e elas não querem esmola, não querem uma casa bonitinha, querem apenas trabalhar e poder sustentar seus filhos de acordo com seus costumes, moral e afins.

    Não concordo com desapropriação para deixar 'bonitinho' pra quem vê, isso é fútil demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Debater com você Alex é pior que debater com uma porta e acho que você diz o mesmo de mim, ninguém concorda com ninguém! SHUAHSUAHSU.
      Alex amada a vida das pessoas vai além, mas um país tem que se importa com a imagem exterior sim!
      Não, mas dando educação, saúde e moradia sim. Essa é somente parte da minha ideia do que tem que fazer, eu não coloquei minhas postagens da coluna em ordem de importância, haha.
      Sim, eu sei que tem pessoas assim, por isso que digo que não pode ficar na vontade delas, além de deixar bonitinho para quem vê como disse, eles vão ter casas que não irão desabar, estragar, e que será confortável.
      Agora eu nunca vou acreditar que você queira dar saúde e educação e não condições de moradia, porque se você acha que viver um em cima do outro sem estrutura é, eu discordo.
      Eu acho muito engraçado as pessoas, vamos lá na favela/vila (coisas do gênero) levar comida e roupas usadas, mas não vamos dar mais que isso há elas, condição de vida melhor? Não. Vamos somente fazer isso para deixar com sensação que fez algo.
      A|gora se o governo quiser dar casas melhores, saúde e educação, vai começa assim: eles ficam lá, comendo com nosso dinheiro, a gente paga imposto para isso, é um roubo! (Sem que as pessoas nem sabem o que é roubo, roubo é quando tem agressão junto, furto é sem agressão, logo roubo nem se enquadra nisso que eles dizem, mas ok).
      Que nem as pessoas falam das prisões agora.
      É isso que eu basicamente detesto nos alunos de assistência social, eles olham para um lado e esquecem de olha para outro. Acham que somente de falar palavras bonitinhas fazem a diferença, ou fazer manifestações sem nem entender nossas leis para saber se são possíveis o que pedem.

      A doro-te ok? Mesmo você fazendo assistência social. haha.

      Excluir
    2. HEIL HITLER

      Adoro debater contigo, no final eu sempre me divirto. Não aguento minhas colegas A.S. doces e delicadas hahahahhah

      Carol, queridinha e PORTA da minha vida. Nós fazemos cursos que são 'primos' prova disso é a nossa balança. O que nos diferencia é bem simples, os do direito vão para a parte prática de bens e mimimi, nós vamos para a parte humana e nhém, nhém.
      Isso vai ser sempre assim, e é o que eu mais gosto da nossa diferença. Ideal seria se os dois se completassem e brigassem menos, daria p aproveitar melhor as leis E se preocupar com o lado humano. Mas enquanto isso não acontece, a gente fica brincando de puxar cabelos.

      Beleza, dar casa para as pessoas, o problema é não dar direito de escolha para elas. Não acho certo EU decidir por elas, assim como se eu libero bolsa família, EU não tenho o direito de dizer q ela tem que usar p comprar feijão ao invés de bolacha.

      Por exemplo: eu trabalhava com a coleta de lixo [tu sabe disso, né?], tinha um Gari que sonhava ser médico. Se tu perguntasse pra ele, quer uma casa nova ou uma chance de estudar? Ele ia escolher a segunda opção.
      Calma, recolha a arma, não to querendo dizer que são as mesmas coisas, só estou falando q muitas vezes eles não dão mt bola para a casa deles, aí a gente vai lá e diz q eles tem q dar bola p isso.

      Não concordo em impor esse tipo de mudança, só pq eu acho bonitinho e certinho. Tu não gostaria que eu me metesse dessa forma na tua casa.

      Ah, sabia que tu é a única que faz direito que me dá dor de cabeça? Os outros são mais tranquilos hahahahahahahahah

      "É isso que eu basicamente detesto nos alunos de assistência social, eles olham para um lado e esquecem de olha para outro. Acham que somente de falar palavras bonitinhas fazem a diferença, ou fazer manifestações sem nem entender nossas leis para saber se são possíveis o que pedem."

      Pegou pesado, pq tu como representante do direito tbm só está olhando pra um lado, o que TU considera certo.
      E nós, Assistentes Sociais, estudamos um pouco de direito, logo temos conhecimento da parte das leis que nos afetam,e não saímos por aí fazendo manifestações a torto e a direito como tu pensa, temos bastante coisa p fazer pelas pessoas, e sobra pouco tempo p sair por aí com plaquinhas. Vale lembrar que até semana passada tu não sabia que Serviço Social era uma graduação.

      Ah, e eu não faço Assistência Social...hahahahahahahahah

      Excluir
    3. Haha, também adoro discutir com você, pois sempre termino rindo.
      Mas hoje está piorando minha dor de cabeça. haha.

      Mas como eu te digo de novo, eu não disse que tem que fazer isso antes de melhorar a educação, logo a intenção é a pessoa não ter que escolher entre educação, saúde e moradia. Para mim isso é o modelo ideal.

      Ah, assistência social/serviço social da no mesmo, eu sei no que trabalham, só não sei o nome da faculdade haha.
      Eu acho que é muito difícil nossas áreas trabalharem juntas, seria o ideal, mas é algo que raramente funciona.
      Eu vejo pelas cadeiras que já fiz junto com serviço social, pedagogia e psicologia, eu tinha vontade de sair da sala com os papos das mulheres (alias é um bando de mulher nessas áreas neh.
      Então vocês aprendem direito muito básico e por isso a gente sempre vai se chocar. Por que eu nunca vou entende como você pode pensa isso e você nunca vai entende como eu penso isso.

      Eu falo o que penso basicamente sempre, por isso acabo sempre pegando pesado. haha. Heil Hitler!

      Excluir
    4. Estamos longe de um modelo ideal, e essa tua forma radical de obrigar a se mudar, só vai servir p alguma coisa depois q tu conseguir dar um jeito em toooooodas as outras coisas. Então não adianta achar feio o lugar onde eles moram hahahahhaha

      Assistência social e Serviço Social não são as mesmas coisas menina. ai ai ai sua adevogada!

      E se tu sabe o que a gente faz, deve saber que não vamos para rua bater panelas.
      Nossa função é BEM simples : defendemos a liberdade, a igualdade, a justiça social, contribuímos para a promoção, proteção, restituição e exigibilidade dos direitos.

      Tenho contato com alunos do direito, uma até vai se formar no fim do ano, e ela é bem mais tranquila. Claro que não é tão humana quanto um assistente social, mas não é tão ao extremo como o Hitler.

      Tu é problemática Hitler heheheheh

      Ah e claro que eu vou aprender direito básico, o que me convém, o resto fica para os alunos de direito, hahahahahah
      Para isso vocês existem, p estudar todo o resto.

      Excluir
    5. Eu acredito em espera que um dia eles dêem um jeito em todas as outras coisas sim.

      Eu não disse que era, disse que a maioria do pessoal fica sempre dã nas aulas, isso que disse.
      Minha mãe anos atrás comentou que você sabe certinho quem é dessas áreas pelo jeito e é verdade.

      Você viu que agora a moda é fazer manifestação pelada? haha.

      Você me chama de Hitler já por eu ter opiniões que ninguém mais gosta. shaushaushau.

      Mas vocês deviam no mínimo ter toda a CF e código penal, no mínimo.

      Excluir
  5. A questão das favelas é histórica como a Mylla ressaltou e as ações que você descreve são muito boas, na teoria, mas na prática não é assim que funciona. Avalie quantas pessoas desabrigadas existem no Brasil, quantas pessoas precisam ser realojadas por estarem em situação de risco (vide as pessoas de Petrópoles que toda vez ficam desabrigadas). A questão principal é política, que ao invés de dar oportunidade de desenvolvimento ao cidadãos oferece esmola para que as pessoas fechem os olhos para o real problema. É a politica do pão e circo pura e simples.
    Devemos lembrar também que não existem somente criminosos nessas áreas e que o "embelezamento" do Rio não deveria ser o principal motivo para tirá-las de lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tiram muito dinheiro de coisas importantes, a União pega mais do que deve dos Municípios, isso sem falar em quando não furtam dinheiro.
      Mas eu espero que um dia tenhamos um Brasil melhor, faço direito por esperar isso.

      Excluir
  6. * Pessoas de Petrópoles que toda vez que chove ficam desabrigadas

    ResponderExcluir
  7. Não consegui ler todos os comentarios.
    Mas li um trecho da Ale perfeito: Antes de tirar a casa, dê educação, dê saúde, dê muitas coisas antes de começar a tirar.

    As favelas fazem parte do RJ assim como de varias outras cidades. Fato.

    O que se pode fazer é dar casas melhores. Mas isso nao adianta de nada sem educação e saude.

    Esse papo de que acabar com as favelas vai acabar com os bandidos é outra besteira. E igual afirmar que a legalizacao vai acabar com o trafico.
    Não é a favela que faz os bandidos e sim o oposto.

    Na copa vai ser simples. As favelas nao vao ser mostradas.
    Ou tu acha mesmo que a Africa do Sul nao tem pobreza?

    Antes de pensar em desapropriar familias de suas casas, vamos desapropriar os politicos do congresso.

    Existe coisas mas importantes que as favelas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca disse que não teria que dar isso antes, até comentei em algum lugar desses comentes que acredito que precisa de coisas antes.

      Fazem parte, mas podem não fazer mais, virar história.

      Terceiro item respondi no primeiro creio.

      Não disse que terminaria com bandidos, disse que ajudaria. Nada terminará com os bandidos.

      Mas os estrangeiros vão vê-las, mesmo que não sejam mostradas.

      Repito que não disse que isso era mais importante que o resto, mas ok.

      Excluir
  8. Não acredito que favela seja cultura e sim também acho que tem uma aparencia horrivel, mas é como no mundo de admiravel mundo novo, marginalizaram os 'Ipsilon', sem dar oportunidades, a unica maneira deles foi ir,exatamente como diz o nome, as margens da cidade para morar.
    Concordo com a frase do Haag acima "Não é a favela que faz os bandidos e sim o oposto.", o que não pode é generalizar,dizer que favela é lugar de bandido, isso eu discordo.

    Mas o nosso governo,ao invés de tentar dar uma condição melhor pros moradores de favela, fizeram de lá um 'ponto turistico', tanto que todos artistas internacionais visitam a favela.Creio mesmo que aos outros paises somos vistos como indios capoeiristas moradores de favela...

    Acredito que muita coisa deveria ser mudada...sim, não acho que ninguem gosta de morar na favela, mas fazer o que, os responsaveis por isso não fazem nada pra mudar, enquanto eles não tem voz pra fazer nada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não generalizei, eu só disse que tinha lá e não que todos eram.

      Sim, eu acho horrível isso, invés de ajuda ele acham bonito!

      Eu acredito que como Alex disse tenha pessoas que gostam, mas que outras não. E tinha que ter uma melhora de condições de vida.

      Excluir
  9. Não tive vontade de te matar, só acho que você foi radical demais!!
    Nunca fui no Rio de Janeiro, mas, pelo que vejo na televisão, acredito as favelas deixam a paisagem da cidade feia e muitas vezes oferecem perigo aos moradores.
    Muitos ali procuram melhores condições de vida e têm muito orgulho das suas comunidades, então acho invasivo expulsá-los e mandarem demolir suas casas, com exceção aquelas casas que estão em áreas onde é possível o deslizamento de terra!
    Quanto à criminalidade, o seu agravante é o tráfico de drogas. Acredito que a solução para isso é o investimento na educação, para evitar que as crianças entrem na vida do crime, e em casas de recuperação, para que os dependentes possam abandonar o vício e voltar a viver com dignidade. Além do investimento nas prisões, para que os criminosos possam sair de lá melhores do que entraram e para que futuramente, quando a justiça for mais exata e eficiente, possa existir a prisão perpétua.
    Na minha opinião, por causa da chegada da copa do mundo e das olimpíadas, o governo está querendo encobrir o sol com a peneira e isso não vai resolver em nada os problemas do país!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sou radical, sou basicamente em tudo assim.
      Sim, eu acredito que a educação é a base de tudo, por isso é tão deixada de lado, que politico que cidadões que pensem?

      Excluir
  10. Acredito que seja praticamente impossível mudar a cidade do Rio de Janeiro. Acho que dar fim às favelas é algo muito radical, não acha? Óbvio que eu desejo muito que as favelas sumam de vista, mas infelizmente né! As pessoas que vivem lá merecem casas mais dignas, vidas mais dignas, mas cadê que a prefeitura age em relação a isso né? O governo geral do nosso país só dá atenção ao que é de interesse deles. Aqui mesmo na minha cidade, a universidade está de greve já faz quase 2 meses, acho, ainda bem que está acabando. Mas, acredita que no primeiro mês de greve em NENHUM MOMENTO, o governo se pronunciou, nem sequer uma palavra? Sim, é um absurdo!
    Bem, voltando a falar das favelas do Rio.. É isso, é radical esperar que aconteça tais medidas vindas do governo para resolver isso. É uma pena! E quando começar a COPA, o mundo lá fora terá uma visão nada agradável do nosso país!

    p.s: não sei se consegui transmitir bem meu recado, mas está aí!
    Beijos :*

    ResponderExcluir